Com que mala eu vou? Da série “Vou viajar, e agora?”

$_57As malas não mudam tanto quanto a moda, mas caminham com a tecnologia. As primeiras não passavam de baús pesados de madeira. Foi só em 1970 que um americano fabricante de malas teve a ideia de adicionar as salvadoras rodinhas. As mais modernas e acessíveis têm quatro rodas que giram 360 graus, o que traz muito conforto, pois podem ser levadas em pé, o que mantém todo o peso sobre as rodas, exigindo esforço mínimo para empurrar. Verifique se os rodízios são resistentes. Quanto menores e menos aparentes, melhor, pois estarão mais protegidos. Este é o item que tende a quebrar primeiro em uma mala.

summer-gadgets1_1430103iUma empresa britânica criou o Porsch da bagagem: mala motorizada com bateria 12 V e autonomia de duas horas. Capacidade para 30 kg. Além disso, dê uma olhada na alça: que sai da base, onde estão os rodízios – e que rodízios, totalmente protegidos! Como é que ninguém pensou nisso antes!

Bem, voltando à nossa realidade, de Porsche a Celta, as malas rígidas (ABS ou policarbonato) oferecem maior proteção para o conteúdo e também são melhores pela limpeza e leveza, além de serem impermeáveis. Mas também mostram mais amassados e riscos do que uma mala de nylon ou tecido. Mas relaxe, uma mala surrada é sinal de que você viaja bastante e isso é tudo de bom! Confira a resistência da alça da mala que você está para adquirir, pois ela será muito usada pelo pessoal que embarca e desembarca o compartimento de carga do avião. Malas de nylon ou tecido não protegem o conteúdo, mas são melhores para viagens de fim de semana e/ou de carro.

Se você vai visitar muitos destinos e usar trem ou ônibus, pense em investir em uma mochila de… mochileiro. Eu não tenho (perdi essa etapa da minha vida), mas acho que cabe bastante coisa e tem a vantagem de deixar suas mãos livres para subir e descer do transporte público e manipular o que for preciso. Lembre-se de escolher uma de material impermeável.

Mala de Bordo (mala de mão)
A mala tamanho P é a que pode ser levada a bordo, que você vai armazenar no compartimento sobre sua cabeça. Se ela for de material maleável, melhor, pois se ajustará ao disputado espaço disponível. Por outro lado, as de material rígido protegem o conteúdo, importante se você, como eu, leva itens frágeis nela, como câmeras fotográficas e outros itens de valor. Veja no post Vou viajar, e agora? Arrumando as Malas as especificações da mala de mão, o que não pode ser acomodado nela e o que não pode faltar.

Mala para Crianças
A partir dos 4 anos as crianças já podem levar uma mala tamanho P, mas colabore com os demais passageiros e despache-a no momento do check in. Os objetos que seu filho ou filha vai usar podem ser colocados em uma mochilinha que ele ou ela mesmo pode carregar nas costas, mais fácil de acessar (crianças pedem algo a cada 5 minutos) do que ficar abrindo o compartimento de bagagem de bordo.

Leia detalhes sobre a mala de crianças em Viagem com
Crianças II

Tipos de Fechamento em Malas 

20140929_112824A foto ao lado mostra um detalhe muito importante, que pode ajudar a evitar a violação de sua mala no aeroporto, no chamado Golpe da Cesariana. Leia a respeito no post Extravio, Violação e Excesso de Bagagem (link abaixo).

130411_rbh_rodeodrive_tsa_1_1_1_1
Fechamento com sistema TSA

Atualmente, há malas com fechamento no sistema TSA, que além de evitar o Golpe da Cesárea é útil para quem vai aos Estados Unidos, pois os agentes federais possuem uma chave mestra que abre malas para inspeção de conteúdo, procurando por bombas, principalmente. E nem é preciso ser terrorista para ter a mala aberta, basta ter alguma coisa que qualquer MacGyver ou Walter White conseguiria transformar em bomba. Caso sua mala seja vistoriada, um formulário é deixado dentro dela para que você entenda o que aconteceu. Se você não tem esse sistema, o cadeado é rompido.

001 (2)
Em troca da invasão de privacidade, você ganha este folheto.

 

Minha caixa de cadeados e adaptadores
Minha caixa de cadeados e adaptadores

Se você não tiver o sistema TSA, Cadeados são essenciais, seja o de chaves, seja o de código numérico. Leve sempre duas cópias de chaves de cada mala e deixe um jogo no cofre do quarto de hotel. Ele estará seguro em caso de perda de um dos jogos. E no hotel, mala fechada, também!

Identificação e Personalização de Malas
Essa dica é antiga, mas vale lembrar: personalize a sua com fitinhas coloridas, adesivos, etiquetas com seu nome. E confira se é a sua mesmo, assim que retirá-la da esteira. Eu costumo ficar de olho também nos outros passageiros para ver se não pegaram a minha mala por engano. Acontece, acredite! Meu marido já teve que voltar a Guarulhos porque só quando fomos abrir a mala em casa vimos que não era a nossa…

Se você quiser investir um pouco mais, há empresas que vendem pela Internet malas com a opção de imprimir a imagem escolhida pelo comprador, na tampa da mala, que é transparente. A impressão vai do lado de dentro, protegendo-a de riscos.

As capas de mala também são ótima opção não só para personalização, mas para proteção. Eu testei uma capa de uma dessas empresas, a StarBags. O tecido é bem grosso para resistir aos agentes do aeroporto, mas é flexível e fica como uma luva em sua mala. A capa é fechada com cadeado na parte inferior da mala, que vem junto com o produto, e vira uma bolsinha quando está fora de uso. Você pode escolher as estampas disponíveis no site deles ou enviar sua própria foto, optando pelo tamanho e pela cor. Eu tenho a G, que serviu em uma mala tamanho XL. Outra coisa legal da StarBags é que as capas são numeradas (a minha é a 4006), então mesmo que outra pessoa tenha a mesma foto que você (quem não quer uma foto linda dessas de Paris, né?), o número impresso não deixa dúvidas de qual é a sua.

A Capa da StarBags personaliza e protege sua mala
A Capa da StarBags personaliza e protege sua mala

Vantagens da capa:

1. além de deixar sua mala estilosa, protege-a de riscos e arranhões.

2. a personalização facilita sua visualização no meio de tantas outras na esteira.

3. a principal: seria um trabalho maior desencapar a mala para violá-la com o Golpe da Cesárea, então sua querida mala está em vantagem sobre as malas que estão sem proteção.

4. Você não precisa pagar pelo filme plástico disponível nos aeroportos para proteção toda vez que viajar.

A capa voltou de viagem intacta, embora a parte que tem a impressão tenha mostrado bastante sujeira, por ser mais clara. Precisei limpar com sabão neutro sem esfregar muito para não danificar a impressão. Mas sem dúvida é uma ótima maneira de proteger a mala de danos e violação.

Aluguel de Malas
Se você quase não viaja ou não tem espaço para guardar suas malas, hoje há opção de alugá-las. Confira a idoneidade da empresa em sites como Reclame Aqui e em fóruns de viajantes.

Nécessaire
Há lindas e femininas nécessaires, mas a de que mais gosto, pela praticidade, é a do Homem Casado Viaja. Tem vários bolsinhos e o indispensável gancho, pois às vezes não há espaço sobre a pia ou a nécessaire acaba molhada, o que não me agrada, mesmo sendo impermeável. Penduro no toalheiro e os itens de higiene ficam à mão sem precisar tirar de lá.

20140928_120400
Então corra e compre sua mala e acessórios no capricho. No próximo post da série MALAS, let’s pack! Dou uma mãozinha na arrumação da mala. Até lá!
Posts relacionados

Fazendo as malas

Extravio, Violação e Excesso de Bagagem

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Com que mala eu vou? Da série “Vou viajar, e agora?”

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s