Fazendo as malas. Da série “Vou viajar, e agora?”

Procrastinador. Se você não conhece essa palavra, saiba que o adjetivo já deve lhe ter sido atribuído muitas vezes, pois o brasileiro é especialista na arte de deixar pra mais tarde! E se você adora viajar como eu, pelo menos no quesito Fazer as Malas não deve procrastinar, não! Eu faço as minhas malas com ao menos uma semana de antecedência, mas confesso que já fiz no dia da viagem, também. Mas tudo deu certo! After all, practice makes perfect…

Este post traz dicas – que não estão em ordem de relevância – de como fazer sua mala e outras que podem ajudar nessa tarefa – sem precisar ficar sentando sobre a mala para que ela feche! Pode ser até engraçado, mas acaba com a mala!

  • Clima e temperatura. Os sites especializados trazem previsão com 10 dias de antecedência, então use e abuse dessa ferramenta para saber o que levar para seu destino, que pode estar com clima e temperatura bem diferentes dos de sua cidade! E nada de achar que carregar guarda-chuva é mau agouro. Em algumas cidades a chuva faz parte da paisagem. Um site que costumo usar é este aqui.
  • O volume da sua mala vai depender de seu nível de desapego, do clima do destino (mais frio, mais camadas de roupa!), da duração da viagem, de sua disponibilidade para usar os serviços de lavanderia dos hotéis ou de Laundromats. Eu só uso lavanderia quando fico mais de 10 dias e isso se houver facilidade para usar lavanderia. Roupas íntimas, lavo no banho e penduro no varalzinho do box para secar.
  • Gosto de arrumar as malas com uma semana de antecedência. Assim tenho a chance de lembrar de algo, principalmente na nécessaire que deixo no banheiro e sempre alguma coisa esquecida pula nela.
  • Nas primeiras viagens, eu fazia listas do que levar, o que também me ajudou bastante.
  • Se você pretende trazer lembranças do destino ou fazer compras, use a técnica das Matrioskas: coloque uma mala média dentro de uma mala grande. Sua roupa vai na média. Na volta, você conta com uma mala inteirinha para rechear com as compras. Leia sobre franquia de bagagem em Extravio, Violação e Excesso de Bagagem. 
  • Utilize sacos plásticos com fechamento a vácuo. São do tipo usado na cozinha, ziploc, mas grandes e com uma válvula. Coloque em cada mala um desses sacos, encontrados em lojas como Leroy Merlin, Camicado, e tenha um bom relacionamento com a camareira para pedir o aspirador de pó emprestado para sugar o ar. A Ordene desenvolveu sacos menores, próprios para viagem, que dispensam o uso do aspirador. Leia da física: o ar ocupa espaço!
Tem quem ache que vai na mala!
Tem quem ache que vai na mala!
  • Produção de moda: faça os looks que vai vestir, monte sobre a cama (se preferir, vista) e fotografe. Leve em consideração uma alteração de temperatura inesperada. Por exemplo, um casaquinho mais leve e outro mais quentinho para o mesmo look. Você perde um pouco de tempo em sua casa, mas ganha lá na viagem, o que é bem mais interessante! Eu preciso fazer isso porque sempre demoro muito para combinar peças e decidir o que vestir. Quando acordo, confiro a previsão do tempo e escolho o look do dia!
Se tiver paciência de provar o look, melhor ainda!
Se tiver paciência de provar o look, melhor ainda!
  • A técnica acima também ajuda a perceber que não há necessidade de tanta roupa. Existe uma regra na arrumação de malas: depois de tudo separado, tire metade. Pessoalmente, prefiro tirar apenas 1/3.
  • Procuro levar cores básicas: preto e bege e algumas peças coloridas para “iluminar”. Fazer combinações entre as peças também é muito importante, assim você utiliza a mesma peça de maneiras diferentes e economiza no peso de sua mala. Lenços, echarpes e colares mudam o visual como mágica.
  • Saquinhos de TNT que normalmente ganhamos nas lojas de calçados após a compra são ótimos para embrulhar os sapatos, protegendo as roupas da sujeira dos solados.
  • Sapatos, só bem usados e laceados. Lembre-se de que você vai caminhar bastante e nada pior do que calçado apertado. Saltos? really? A não ser que vá participar de um evento ou jantar, dispense. Cansei de ver saltos presos em calçamento de centros históricos.
  • Secador de cabelos, ferro de passar, Tablet ou laptop. Confira se seu hotel dispõe desses itens para decidir se vale levá-los ou não. Se no seu quarto não tem, possivelmente o hotel fornecerá, embora alguns proíbam o uso de ferro elétrico nos quartos por medida de segurança.
  • Na mala de volta, que sempre requer maior organização por causa das comprinhas (rsrsrs), coloque meias dentro de calçados e de tudo que for oco. Eu não uso essa técnica na ida, pois prefiro que estejam arrumadas em conjuntos, agrupadas de acordo com o dia. Eu faço coleção de canecas de cidades que visito e acabo preenchendo-as com echarpes ou meias limpas, por exemplo. Além disso, protegem seu souvenir.
  • A maior dúvida é quando brasileiros precisam ir para países frios. A gente nunca acha que é tão frio, pelo menos é assim comigo – e aí tem que sair comprando luvas, meias, blusas… Se você vai com orçamento enxuto, previna-se e leve tudo de casa: além de casacos, luvas, gorros e botas, “roupas-camada”: segunda pele, camisetas fleece coladas no corpo (o volume não atrapalha o casaco) meias-calças fio 80 ou mais, leggings quentinhas. Invista em tecidos quentes mas que não sejam volumosos ou pesados. A tecnologia trouxe esta vantagem, como o fleece e as jaquetas forradas de penas de ganso. Eu me lembro quando era criança que estar aquecido era estar com roupa grossa. Essa regra já era, né?

Arrumando a Nécessaire
Se você não vive sem seus cremes ou maquiagem, vai precisar de mais de um nécessaire, então eu sugiro um para os itens de higiene básicos (xampu, sabonete, desodorante, etc.), outro para cremes e um terceiro para maquiagem.

Se, ao contrário, você pode usar os itens fornecidos gratuitamente pelo hotel (xampu, condicionados, sabonete e loção hidratante), o que vai economizar espaço e deixar sua mala mais leve.

20140928_120149
Itens para uma semana de viagem: tudo pequeno

Comprei um kit baratinho de viagem, o que dispensa as embalagens grandes originais de produtos como xampu e condicionador, por exemplo. Rotulo com caneta para CD as embalagens e tenho um nécessaire super enxuto! Também coloco em potinhos um pouco de creme para o rosto e de outras cositas. Pente e escovas de dentes, as menores que encontrar. Comprar produtos já acondicionados em embalagens pequenas, como o enxágue bucal, a espuma e barbear e a pasta de dente, também ajuda a economizar peso e espaço.

Outra coisa: coloco os itens
que 20140928_120823podem vazar em sacos ziploc. Uma vez vazou perfume na mala. A parte boa é que toda vez que eu abria a mala, vinha a recordação da viagem! Em outra ocasião, pastas de dentes, espuma de barbear e xampu “pulavam” para fora ao serem abertos no hotel. Imagine o estrago!

Adoro esse nécessaire da foto ao lado por causa dos muitos bolsos (8!) e do gancho para pendurar! Apesar disso, ele é compacto. Não é nada feminino, eu sei, mas o espaço ganhou essa batalha.

A Bagagem de Mão
Esta é a mala permitida a bordo, que você vai armazenar no compartimento sobre sua cabeça. Há regras de tamanho e peso para elas também. Confira no post Extravio, Violação e Excesso de Bagagem. Algumas sugestões de o que levar na mala de bordo:

  • objetos frágeis e/ou de valor (Câmeras, tablets, laptops)
  • uma muda de roupa, pois em caso de extravio de suas malas despachadas você tem ao menos um conjunto de roupas limpas para usar até que compre novas. Também porque acidentes acontecem. Ninguém vai querer ficar com a roupa suja do molho da massa servida a bordo ou do suco de laranja. Principalmente se estiver com crianças.
  • A ideia acima também é boa quando você viaja para um destino cujo clima é o oposto de onde você mora. Vá ao banheiro do aeroporto ao chegar ao destino e troque de roupa, principalmente se vai enfrentar viagem de trem ou carro após o voo.
  • Travesseiro de pescoço, se você acha que adianta alguma coisa. Os melhores são os do tipo inflável. Tapa-olho, protetor auricular. Algumas companhias aérea fornecem gratuitamente estes dois últimos. Confira com a sua.
kit-mascara-p-dormir-tapa-olho-almofada-pescoco-travesseiro-17567-MLB20140052436_082014-O
o kit completo
  • Escova de dentes e pente. Dica: em voos internacionais noturnos, programe seu despertador para um pouco antes do horário do café da manhã ser servido e faça sua higiene matinal. Durante e depois do café, é impossível circular pelo corredor e as filas dos banheiros do avião são muito grandes. Classe econômica, claro. Se você for um sortudo ou sortuda que viaja de executiva ou primeira, desconsidere. Se aguentar, use o banheiro do aeroporto, mas nunca o primeiro disponível, que vai estar mais cheio.
  • Livro, tablet, smartphone. Dependendo do voo e da aeronave, há entretenimento individual que dispensa esses itens. Confira sua aeronave. Algums companhias já liberam wifi para que você assista programação em seu próprio equipamento a partir de aplicativo por eles indicado.
  • Se estiver com crianças, leia o post Viagem com crianças II
  • Eu também acho legal ter à mão, na viagem de volta, uma sacola bem grande, de nylon ou tecido, que pode ser usada como bagagem de mão, caso você ainda não tenha uma, que é o limite por pessoa. Já me ajudou em caso de excesso de peso. Abri a mala, tirei alguns itens pesados e os guardei na sacola, que foi a bordo comigo. Isso vale principalmente se você carrega itens pesados, como livros – e papel para scrapbooking!
  • Um par de meias velhinhas (com elástico laceado, pois pernas e pés incham) para calçar durante o voo. Algumas companhias aéreas incluem um par no kit que fornecem. Confira. Não se esqueça de caprichar no spray ou pó desodorante. Não tem coisa pior que chulé em avião! Tem, mas pra isso ainda não inventaram pozinho ou spray… Leia post sobre os absurdos a bordo aqui.
  • Uma mantinha do tipo pashmina vai ajudar caso você precise fazer conexão longa ou se o voo atrasar.
  • Protetor labial, colírio e hidratante. O ar condicionado resseca o ar durante o voo.

O Que Vestir para Longas Horas de Voo e a Segurança no Embarque
Esta é uma questão muito pessoal, mas acabou o glamour de voar há décadas, certo? Isso significa que não precisa de um visual para ir ao aeroporto. Use roupas confortáveis e que não amassem. Calçados fáceis de tirar e por. Eu procuro usar uma legging, mas calças com material elástico também funcionam bem. Probres homens, que não contam com essa diversidade.

Se fosse só brincadeira...
Se fosse só brincadeira…

Se o destino for Estados Unidos, evite cintos ou roupas com metal. No embarque você precisa retirá-los, além de calçados (olha a meia furada e o chulé!) e moedas que estiverem nos bolsos, relógios, etc. É uma grande chateação, mas foi o que herdamos do ataque às Torres Gêmeas de NY. Além é claro de toda uma neurose. Em nossa última viagem, já às portas do avião, havia uma última etapa de verificação de passaportes e minha filha não parou, correndo pelo corredor. Eu a chamei e ironizei dizendo ao funcionário de segurança “Ah, ela tem uma faca!”. Levei uma bronca e ele me disse que aquilo seria motivo suficiente para negar nosso embarque. Que falta de senso de humor! E olhe que era brasileiro…

O Que Não Pode Fazer Parte de sua Bolsa Pessoal ou da Mala de Bordo

A bagagem de mão é escaneada pelo raio X e por motivo de segurança vários itens são proibidos em viagens internacionais ou em voos nacionais cujo embarque se dê em área de embarque internacional.

A caixa receptora dos itens proibidos a bordo
A caixa receptora dos itens proibidos a bordo
  • objetos cortantes ou pontiagudos: tesouras, alicates, facas, chaves de fenda (acredite eu já vi cada coisa apreendida na caixa próxima ao embarque!) ou armas ou réplicas.
  • embalagens com gel, creme, aerosol ou líquido com capacidade de 100 mil ou mais.
  • substâncias explosivas ou inflamáveis, químicas ou tóxicas

O que Pode ser Levado a Bordo

permitido_levar_bordo_bagagem

Última dica: não se esqueça de levar na bolsa pessoal uma cópia dos passaportes da família e do seguro-viagem (ou Carta Schengen, no caso de Europa, o seguro obrigatório para pisar no velho continente). Você pode opcionalmente fotografar e salvar no seu celular ou tablet. Para fazer o seguro, confira o desconto oferecido pela Mondial Assistance para leitores do Mulher Casada Viaja. A cada mês um código promocional diferente, publicado nesta página do blog.

Posts relacionados

Com que Mala eu Vou?

Extravio, Violação e Excesso de Bagagem

 

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s