O que NÃO Fazer em Veneza

20150509-IMG_0624

É fácil encontrar sugestões de o que fazer em Veneza quando se planeja uma viagem para lá: dicas pipocam em revistas impressas, blogs, sites turísticos, afinal é um dos destinos mais famosos do mundo, procurado por mochileiros e magnatas. E gente como eu, que arrasta a mala de rodinha pelas ruas estreitas de Veneza depois de subir com ela no barco, descer com ela do barco… Eu sei, eu sei, uma das coisas a não fazer é carregar mala grande. Conhece aquele ditado em Inglês: Easier said than done? Pois é!  Faça o que a blogueira fala e não o que a blogueira faz!

O QUE NÃO FAZER EM VENEZA

1. A Praça de São Marcos é o centro popular de Veneza e tenho ao menos cinco sugestões do que não fazer por lá: não comer ou beber ali porque tudo é caro e há pontos mais charmosos e tranquilos; não dar mole, pois há muitos batedores de carteira; não vestir roupas que deixem ombros, colo ou pernas desnudos quando for entrar na Basílica; não alimentar os pombos e muito menos deixá-los comer em sua mão; não servir de alvo aos pombos (eu sei, essa não dá pra evitar). Eu sou tão chique, mas tão chique, que nunca levei coco de pombo na cabeça no Brasil, mas tomei duas vezes em uma mesma viagem pela Itália: em Siena e… na Praça de São Marcos.

Ficar boquiaberto na Basília pode
Ficar boquiaberto na Basília pode

2. Eu sei que hotel em Veneza é caro, mas se puder durma ao menos uma noite por lá. A cidade fica mais calma e vazia antes das 9h e depois das 18h, justamente porque todos estão vido de ou voltando a seus hotéis em Mestre. A dica é não fazer bate-volta a partir de outra cidade  pois não dá pra sentir Veneza em apenas um dia e você cometerá a injustiça de dizer que Veneza não te encantou. Sério, como pode não encantar? Só se você não tiver tido chance, mesmo.

3. Não fique apenas nos pontos turísticos e ruas principais. Perca-se. Sei que isso vale para muitas cidades, mas aqui a coisa é séria! Você só se encontra em Veneza quando se perde. É chavão, todo mundo sugere, mas como é gostoso sentir isso na pele…

Veneza viagem

4. Nunca, jamais, saia para vagar por Veneza sem um mapa. É outro chavão dos  blogueiros de viagem dizer que Veneza é um labirinto, mas é isso mesmo. Perder-se é essencial, mas encontrar-se é necessário!

5. Não tenha um ataque cardíaco durante a acqua alta (quando a maré sobe e parte da cidade inunda), pois os barcos- ambulâncias não passam por baixo da maioria das pontes! OK, não se assuste, o fenômeno acqua alta é bem comum, principalmente no inverno, mas é raro chegar a ponto de impossibilitar a passagem de barcos.

6. Esta é uma superstição local: não caminhe entre as duas colunas da Praça de São Marcos, pois era onde as execuções ocorriam e acredita-se que passar entre elas dá azar.

Veneza Praça de São Marcos
Vai que dá azar…

7. Vai tomar um cafezinho? Não se sente ou pagarás caro por isso. Não, não é uma maldição ou superstição, mas tomar café em pé no balcão pode custar 4 vezes menos, dependendo da localização.

8. Não tente falar italiano simplesmente usando sufixos (tipo caminhone para caminhão) e sotaque de novela da Globo ambientada na Mooca. Sim, tem gente que faz isso, acredite.

9. Sei que é uma tremenda falta de educação, mas aja como se os vendedores ambulantes fossem invisíveis. Ao primeiro sinal de interesse de sua parte, eles te perseguem insistentemente, gritando o preço, principalmente os vendedores de bolsas falsificadas (que são lindas, mulheres, resistam! rsrsrs). Os vendedores de pau de selfie estão tomando lições com eles e não perdem a chance de pular na sua frente inconvenientemente.

10. Não entre na conversa de blogueiro-cabeça que diz que andar de gôndola é muito turístico, é clichê, etc. Faça o que te faz feliz, mesmo que isso custe € 80. Seja feliz ouvindo o gondoleiro entoar O Sole Mio enquanto você se lembra da propaganda do sorvete Gelato (nossa, entreguei minha idade agora!).

11. Não se reprima! 🎶 Canta, Dança, sem parar 🎶. OK, talvez dançar seja meio exagerado, mas não deixe de cantar junto com o gondoleiro ao menos uma que todo mundo sabe:
🎶 Volare, oh oh, cantare, oh oh oh oh. nel blu dipinto di blu, felice di stare lassù…  🎶

A blogueira que vos fala entoando um Volare
A blogueira que vos fala entoando um Volare

12. Não se entusiasme com a moda italiana comprando o que vê pela frente. Já pensou um modelito desses em terras brasilis? Ou não se reprima e vá fundo!
compras Veneza

13. Não esqueça de levar cartão de memória extra, de carregar as baterias, de levar um tripezinho para fotografias noturnas (eu uso daqueles de 10 cm, mas um dia compro um que não vai me deixar em posições esquisitas). Ou faça como eu, que esqueci o tal e improvisei: apoie sua câmera em algum corrimão!

Veneza à noite
E você, tem alguma dica do que não fazer em Veneza? Deixe aí nos comentários.

Posts Relacionados (clique sobre os títulos para navegar mais)

pbu0801Veneza: Guia para planejar sua viagem

pbu0801Veneza: Como Chegar

pbu0801

Veneza: roteiro de uma primeira vez

pbu0801Veneza: roteiro de dois dias (em breve)

pbu0801O que há por baixo de Veneza?

pbu0801

Reencontro em Veneza

Vai a Veneza? Encontre seu hotel pelo site de busca Booking.com. É seguro, prático e não custa nada você fazer a reserva clicando no logo da Booking aqui no blog. Você será direcionada/o para o site deles e com isso eu recebo uma comissão. É uma maneira de remunerar o trabalho da blogueira. Grazie!

6 comentários sobre “O que NÃO Fazer em Veneza

  1. Paula Vieira maio 29, 2015 / 7:21 am

    Você explicou com exatidão o que não fazer! Eu acrescentaria não usar salto, nunca! E não comprar máscaras ou “lembranças” sem certificação da Itália! Máscaras venezianas são feitas de papel marchê e não de plástico. Custas o dobro, mas são as verdadeiras, Pior do que fazer coisas “clichês”, é trazer produto falsificado ou imitações. Ao se perder nas vielas, encontrará certamente artesãos e é lindo vê-los trabalhar. Não vá a Murano só para comprar um souvenir. Na ilha onde se fabrica o vidro do mesmo nome, é mais caro( isso porque pra você eles vão vender uma peça e pros revendedores 1000. Uma dica boa: há uma Albergheria que fica dentro de Veneza e vale a pena ficar lá porque o preço é mais justo e é um apartamento.

    Curtir

    • mulhercasadaviaja maio 29, 2015 / 10:23 am

      Oi, Paula. Saltos altos deveriam estar em todas as listas, pois não combinam com sightseeing! Boa dica sobre as máscaras. Eu fui a Murano na minha primeira vez e no post eu falei que não vale a pena, na minha opinião. Vou dar uma olhada nessa Albergheria, valeu mais essa dica! Abraços

      Curtir

      • Glaucia Costa junho 19, 2017 / 7:03 am

        Na minha mala não falta nunca tênis, e daqueles de academia, rs. Na verdade já viajo com ele. Tenho dificuldade em escolher + outro sapato para usar em locais mais “sociais”. Levo bota? Mocassim? Sapatilhas? A dificuldade em épocas e locais mais frios, o ideal são botas, mas que podem ser desconfortáveis, ocupar muito espaço, serem pesadas. Já comprei + de 5 botas pretas, e sempre tenho dúvidas. Acho ideal as sapatilhas, mas qdo não é uma época e lugar + frio.

        Curtir

        • Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja junho 21, 2017 / 12:11 am

          Pois é, Glaucia, às vezes deixo de ir em lugares mais phinos porque nao levei roupas e calçados adequados. Mas esses lugares tb não combinam comigo nem com meu bolso ahaha Já levei botas de salto baixo e bem confortáveis, assim não passei frio mas tb flanei sem problemas. Abraços

          Curtir

  2. Alessandro Paiva maio 29, 2015 / 10:33 am

    Concordo em gênero, número e grau! Ótimo post 🙂 Estive em Veneza no carnaval passado e não vejo a hora de voltar para me perder por lá. Como me perdi, rsrsr! Passei dois dias e meio e ainda assim faltou tempo.

    Curtir

    • mulhercasadaviaja maio 29, 2015 / 10:44 am

      Obrigada pelo elogio, Alessandro! Vindo de você, que escreve de um jeito super legal é um grande elogio. Acho que se perder é o melhor em qualquer lugar, mas em Veneza tem um gostinho especial!

      Curtido por 1 pessoa

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s