5 Lugares para Viajar no Verão com Crianças

Férias escolares de verão chegando (não se assuste, mas daqui a 8 domingos será natal) e a gente começa a pensar pra onde ir, porque como é difícil tirar as crianças e especialmente os adolescentes do videogame, smartphones e afins. Então vamos sair de casa, porque qualquer desculpa é suficiente para viajar! Além do mais, as férias são deles e nada melhor do que escolher destinos em que eles podem ser mais felizes. Este post sugere vários lugares para viajar com crianças no verão, seja para escapar dele ou para enfiar o pé na jaca e curtir tudo o que tem a melhor cara da estação. E melhor: a maioria agrada aos pais, também.

Enfiando o pé na jaca: praia
Ficar semi nu, com os pés fincados na areia e as mãos envolvendo um copo de caipirinha ou cerveja parece ser o ideal da maioria dos brasileiros nos dias quentes. E as crianças pequenas adoram o contato com a areia e o mar e brincar com elas garante momentos inesquecíveis. As maiores podem tomar aulas de surfe e os adolescentes começam a arte da paquera de verão (que delícia essa fase, quem nunca?).

Tudo lindo e maravilhoso, não fosse o trânsito que se pega para chegar até lá, né? No Reveillon, 6 horas para chegar de SP ao litoral Norte. 12 horas de SP a Florianópolis – de carro, não de mula, gente! Se puder, vá após o dia 10 de janeiro, quando muita gente já retornou das férias coletivas e algumas praias estão mais tranquilas. Ou tome um vôo para outro Estado.

Eu particularmente fujo dessa muvuca toda, mas já passei 15 dias no período de Reveillon no Litoral Norte de SP, na pequena ilha de sossego, segurança e beleza que é o condomínio Riviera de São Lourenço – e aprovei! Escrevi um post a respeito com várias dicas práticas. Mas o litoral de São Paulo tem outras opções igualmente deliciosas, como Ubatuba e São Sebastião.

Pôr do sol na Riviera

Uma boa opção para quem é de SP é viajar até o litoral Sul do RJ e passar os dias entre passeios de barco e comprinhas no centro histórico de Parati. As crianças adoram mergulhar no mar e nadar com os peixinhos e as mamães comprar artesanato. Se você tem filhos que curtem caminhar, outra opção é ir até Ilha Grande, onde há trilhas entre a mata e mais passeios de barco.

O litoral de Santa Catarina tem várias prais com boa estrutura, e você pode combinar uns dias nelas com uma ida ao Parque Beto Carrero, que fica no balneário de Penha, mas você pode escolher praiar em Porto Belo, Camboriú ou Bombinhas – ou esticar até Floripa, a capital do estado. Leia o post que escrevi com várias dicas para quem vai pela primeira vez a Florianópolis.

Sul da ilha de Florianópolis

O Nordeste dispensa apresentações: é o destino preferido dos brasileiros quando se trata da equação sol²+brisa+praias.

Fugindo do calor: Montanha
As regiões de serra têm clima delicioso no verão: durante o dia o sol brilha como em qualquer outro lugar, trazendo calor suficiente para se deleitar nas piscinas, mas as noites são muito mais agradáveis do que no planalto ou litoral, com temperaturas amenas, propiciando ótimas noites de sono, então eu super indico!

Na região Sul, em Santa Catarina, já ficamos em uma fazenda na região de Pomerode, e Juju adorou correr atrás das ovelhas e a proximidade com animais como o cavalo pastando debaixo de nossa janela ou acompanhar a ordenha das vacas. Em Gramado, em novembro começa o Natal Luz, e além do espetáculo a cidade tem muitas atrações para as crianças.

Pomerode, SC


No
Sudeste, perto de São Paulo há opções como Monte Verde (MG), Penedo (RJ) e Campos do Jordão (SP), todas cidades de serra com boa estrutura turística, ideal para passeios a cavalo e caminhadas. 

No exterior, se você curte montanhas, o verão é a estação ideal para conhecer o extremo sul da América do Sul, pois as temperaturas estão amenas (isto é, não congelantes). E que lugar lindo é a Patagônia! Eu bem que tentei explicar a beleza de El Calafate (Argentina) e Torres del Paine, mas você tem que ir pra conferir! Leias os posts e depois me diga se não é um lugar lindo de viver (no verão kkkk)! Ah, muita gente com medo de frio vai a Bariloche no verão e além deles, os europeus e canadenses, que adoram fazer trilhas pelas montanhas e lagos. Também tenho muitas dicas de Bariloche no blog, confira.

A geleira Perito Moreno, em El Calfate, Argentina

Água fresca nos Parques Aquáticos
Não apenas para famílias com crianças, mas decididamente é uma opção ótima para passear com os filhos. E o legal é conciliar a ida a um destes parques com outros destinos, então veja:

Arraial d’Ajuda Eco Parque (BA) – A historia em Porto Seguro, as noites animadas de Arraial e o sossego de Trancoso podem ser combinados em uma semana com este parque, que tal? Foi o que fizemos duas vezes quando nossa Juju era pequena: passeios de barco, dias preguiçosos na Praia do Espelho, e na época até visitamos uma réplica de uma das caravelas que ‘descobriram’ o Brasil. Meu irmão esteve por lá mais recentemente e escreveu um relato sobre como foi estar em Porto Seguro solo. 

Hot Park Rio Quente (GO) – Estivemos duas vezes neste resort, nas férias de julho, mas parece que no verão as águas das piscinas do resort ficam muito quentes, beirando o desagradável, o que já não acontece no parque aquático anexo, o HotPark. Se você vai de avião, aproveite para visitar a capital Brasília, são apenas 330 km de distância.

Meu bebê no HotPark

Beach Park (CE) – Talvez o melhor parque aquático do Brasil, com atrações para os marmanjos e radicais. Eu fiquei com medo só de olhar aquele Insano! Mas a melhor lembrança que tenho desta viagem é a carinha de felicidade da minha filha quando chegamos lá! E, claro, você combina com Fortaleza e, se tiver tempo, Jericoacoara e/ou Lençóis Maranhenses. Leia os posts sobre Fortaleza, Beach Park e Jericoacoara. para saber mais.

Beach Park, Fortaleza, Ceará

Thermas dos LaranjaisWet’n Wild (SP) – São parques bastante procurados para quem faz viagens de carro a partir de SP. Laranjais fica em Olímpia e precisa de acomodação para a noite, enquanto Wet’n Wild dá pra fazer em bate-volta, pois são apenas 76 km do centro de SP

Encarar o calor na cidade
Talvez porque eu viva em uma cidade grande, tenho paúra de alta temporada em cidade. Já encarei Nova Iorque, Roma e Orlando em pleno verão, mas não curto, não, era pura falta de opção de viajar em outra época. Hoje viajo pro hemisfério Norte sempre na primavera ou no outono. Mas verão tem lá suas vantagens:

  • em São Paulo, por exemplo, a cidade beira o vazio (considerando o formigueiro que é nos demais dias) nas primeiras semanas do ano, e muita gente aproveita para curti-la
  • as cidades europeias estão em festa, com muitos eventos, filmes e shows ao ar livre
  • os dias são longos e em muitas cidades escurece apenas perto das 22h, o que faz seu dia render bastante

Viram? a paúra é tanta que só consegui pensar em três motivos 😁, mas são poucos e bons.

Hemisfério Norte: inverno!
Cansou de suar nas juntas e nas não juntas? Bora pro friozinho! Mas atenção: lembre-se que no inverno do hemisfério Norte os dias são curtos e em janeiro, antes das 17h já está escuro em Toronto, Paris, Tóquio, e o frio vai te espantar para lojas e restaurantes. Nada de errado nisso, mas como o euro é muuuuito caro para nosso realidade, eu prefiro aproveitar ao máximo o tempo por lá para conhecer os centros históricos e demais atrações, que também têm atendimento reduzido. E imediatamente após o ano novo, muitas lojas e restaurantes nem abrem, principalmente nas cidades menores, mesmo que turísticas. 

Além das cidades grandes, você pode escolher cidades fofas que em dezembro têm os mercados de Natal, feirinhas de produtos alimentícios e artesanais pelas ruas, cujas casinhas iluminadas, com telhados polvilhados – ou com cobertura – de neve vão te dar a impressão de estar em um cartão de natal. Algumas cidades com bons mercados – e encantadoras: Praga (República Tcheca), Salzburgo (Áustria), Estrasburgo (França), Copenhagen (Dinamarca), Dresden e Stuttgart (Alemanha), entre outros.

Acabei de voltar de algumas dessas cidades, que já são encantadoras em outras épocas do ano, e no inverno parecem cartões de natal. Confira as dicas da Alemanha aqui, da França aqui, e da Áustria aqui. 

Você pode escolher um destino que seja resort de esqui, mesmo que não vá esquiar. As cidadezinhas são uma graça e as crianças vão adorar brincar nos trenós, rolar na neve e fazer guerrinha de bola de gelo. No Canadá, pertinho de Vancouver, Whistler. Nos Estados Unidos, os mais famosos são Vail e Aspen, no Colorado. Na Itália, Cortina d’Ampezzo. Saint Moritz na Suíça e Chamonix na França.  Destas todas, só estive em Cortina, que fica nas Dolomitas.  

O Centro de Cortina no inverno, em foto do Expedia

Muitas dicas, mesmo sabendo que ficou muita coisa de fora, pois o tema é amplo. Tem alguma sugestão? Deixe nos comentários!

Este post faz parte de uma blogagem coletiva, quando outros blogueiros também escrevem sobre o mesmo tema na mesma data, então passe por lá e confira as outras sugestões de lugares para passar parte do verão. Neste mês, participaram:

 

Anúncios

16 comentários sobre “5 Lugares para Viajar no Verão com Crianças

  1. Mapa na Mão 29 de outubro de 2017 / 13:40

    Amei as dicas, até porque na maioria das vezes viajamos em família. Também, constantemente fugimos do inverno indo para o hemisfério norte até por ser mais barato, eheheheh, mas amamos. E as opções de praias, litoral paulista, catarinense, do Rio de Janeiro, ah, achei demais. Beijos.

    Curtir

  2. Juliana Moreti 29 de outubro de 2017 / 18:17

    Que linda a Julia pequena e gorduchinha!!!!!
    O primeiro lugar que viajei com o Léo foi para Gramado, no verão. Achei que iria encontrar òtimas temperaturas e peguei um calor infernal. Acredita que ele ficou “queimadinho” mesmo protegido dentro do bb conforto? Peguei trauma da cidade!

    Roma eu estive na primavera e duas vezes no verão. 42 graus sem vento para nunca mais
    hahahahaha

    Paura mesmo!
    NY dizem que é do capeta no verão…. eu pretendo nunca ir nesta época (fui no inverno e peguei +6)

    Otimas dicas! Obrigada por participar da nossa blogagem!
    😉

    Curtir

    • Marcia 15 de novembro de 2017 / 21:39

      Viu, que gorducha? Só leite da mamãe ehehe. Pois é, serra tem dessas coisas: sol quente durante o dia e friozinho à noite, o que eu acho ótimo, fora o fato de ficar parecendo um cabide. Eu que agradeço pelo convite, adorei!

      Curtido por 1 pessoa

      • Juliana Moreti 15 de novembro de 2017 / 22:25

        Inveja….
        hahahahaha
        O Léo precisou de um super leite bomba para engordar! E o menino era (é) magro de ruim! Come de tudo e super bem!

        Curtir

  3. Ana 29 de outubro de 2017 / 20:03

    Amei a ideia de fugir do verão correndo para o inverno hemisfério norte! eheheh Também tenho certa agonia de calor + gente demais! rsrsr

    Contudo, Nordeste e verão super combinam! Principalmente para quem ama calor, sol, sal, sorvete… como as crianças, por exemplo! rsrs

    Eu acho o litoral norte de SP lindo, mas encarar horas de estrada?! Acho que não… rsrsr Ficaria com a capital quase vazia. rsrs bjs

    Curtir

    • Marcia 15 de novembro de 2017 / 21:37

      Verdade, Ana, por isso eu disse que o Nordeste dispensa apresentações: é sinônimo de verão brasileiro!

      Curtir

  4. Livia Zanon 30 de outubro de 2017 / 13:22

    Ainda não tenho criança, mas esse post é muito útil para quem tem e ama viajar. Confesso que admiro quem consegue continuar viajando pelo mundo com filhos, porque acredito que não deve ser fácil né? Adorei o post com várias opções para as mamães de plantão. O importante é não parar de viajar 😀 rs

    Curtir

    • Marcia 30 de outubro de 2017 / 15:07

      Livia, se e quando os tiver, você vai ver um outro lado seu: a viagem deixa de ser o principal e passar os momentos com os filhos é o grande barato. obrigada pela visita, bjs

      Curtir

  5. Klécia Cassemiro 31 de outubro de 2017 / 9:16

    Quanta dica bacana, Marcia! Eu lembro com muita saudade da minha viagem a Gramado no verão – peguei um calor tenso em Porto Alegre, mas foi só chegar na cidade que eu já comecei a curtir a serra gaúcha – foi uma das minhas primeiras viagens sozinha, e tenho muito orgulho dessas memórias!
    Nordeste é sempre boa opção, né? E gostei da dica de Paraty também, uma cidade encantadora! Adoro o mar ali, parece até mágico de tão bonito!

    Curtir

    • Marcia 15 de novembro de 2017 / 21:36

      Pois é, o duro é que agora é tudo tão cheio… Conheci Paraty acho que no século passado kkkkk e era uma delícia.

      Curtido por 1 pessoa

  6. Débora Resende 31 de outubro de 2017 / 21:55

    Adorei ver dicas tão diversificadas! Meu próximo verão em família será em Floripa, meu irmão tem 9 anos e adorei ver Santa Catarina nessa lista, rs 🙂 Espero conseguir levá-lo no Beto Carrero (desculpa boa pra ir lá, né? hahaha)

    Curtir

    • Marcia 15 de novembro de 2017 / 21:34

      Que coisa boa usar o irmão como desculpa pra ir a alguns lugares ehehe. Aproveite!

      Curtir

  7. maytescaravelli 9 de novembro de 2017 / 9:16

    Adorei como dividiu o post, tantas dicas boa fica difícil escolher =D

    Parati e Ilha Grande são incríveis, e eu adorei conhecer, ainda que não tenha ido no alto verão o lugar pede dias quentes para curtir 100% =D

    Já ouvi muitas pessoas dizendo que Bariloche é mais bonito no verão do que no inverno, claro são propostas completamente diferentes, mas estou quase convencida de que quando for para aqueles lados vou optar pelo verão. =D Com certeza com a Patagônia não será diferente, embora eu adore um friozinho, aquele pedacinho de paraíso no inverno deve ser complicado.

    Sobre os mercardinhos de Natal, tive a oportunidade de visitar o ano passado a região da Alsácia e foi o natal mais lindo da vida (e mais gelado tbm) rsrsrs…

    Curtir

    • Marcia 15 de novembro de 2017 / 21:33

      Oi, Maytê, tenha certeza que no Sul da Patagônia não rola friozinho, não! ahaha, em janeiro eu vesti casaco à note e pela manhã. Mas na altura de Bariloche já dá pra aproveitar o calor, sim.
      Ai, sou louca pra ir à Europa nessa época do Natal, que delícia!

      Curtir

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s