França: Dicas e Roteiro de 3 dias na Alsácia e sua Rota do Vinho

A França tem muitas regiões lindas e a Alsácia passou a ser uma de minhas preferidas. Neste post você vai saber muito do que precisa para organizar sua viagem pela Rota do Vinho da Alsácia e conhecer nosso roteiro de 3 dias pela região, que pode ser incluído em férias pela França, Suíça ou Alemanha. Em publicações futuras, dedicarei um post a cada uma das cidades que visitamos, como Estrasburgo, Colmar, Ribeauvillè, Kaysersberg e Riquewihr, mas já vou adiantando: você vai querer ir também e eu terei cumprido um dos objetivos do blog: te inspirar!

Riquewihr, uma das pequenas que não pode faltar em sua viagem à Alsácia

Tudo o que eu tinha lido sobre a Alsácia estava intrinsecamente relacionado ao vinho e embora eu aprecie a bebida, não faço viagens baseada no paladar, mas na visão – e as paisagens de suas cidadezinhas me encantaram! A Alsácia entrou no roteiro de nossa viagem ao Sul da Alemanha no início do outono, depois de traçar um círculo nas proximidades de Munique e notar que teríamos apenas 470 km a percorrer, conhecendo várias cidades ao longo da Rota Romântica alemã, castelos na Floresta Negra e Stuttgart, para finalmente chegar à Rota do Vinho da Alsácia. Entenda melhor o Roteiro de 14 dias pela Baviera e Baden-Wurttemberg (Rota Romântica, Stuttgart) + Alsácia (França) e Tirol (Áustria).

Mas não é apenas a fronteira que aproxima – ou separa – a Alsácia da Alemanha e você perceberá isso primeiramente devido aos nomes das cidades (Kaysersberg, Estrasburgo, por exemplo) e depois na arquitetura enxaimel e, quando estiver lá, notará o alemão em nomes de ruas e na culinária, só para citar o mais superficial. Ao longo da história, a Alsácia esteve sob domínio da Alemanha repetidas vezes desde o século 17, mais recentemente no período de 1871 a 1918, e novamente sob domínio nazista no século 20.

Estrasburgo Alsácia

“Estrasburgo é muito francesa para a Alemanha e
muito alemã para a França.”

Talvez esta seja a melhor definição da Alsácia, e até um presidente francês pode (pode?) se confundir. E isso aconteceu em 2011, quando o então presidente francês Nicolas Sakozy em um discurso na cidade de Truchtersheim, a 20km de Estrasburgo, deu o maior fora ao dizer: “posso aceitar competição injusta entre China e Índia, mas não entre Alemanha e França. E não estou dizendo isso porque estou na Alemanha.”, corrigindo-se em seguida, “-na Alsácia”, pouco antes de ser vaiado pela platéia.

Regiões fronteiriças têm muitas características em comum, e visitar alguns desses lugares nos permite outro tipo de viagem: nos colocar no lugar daqueles que tiveram sua língua materna proibida por decretos, monumentos históricos destruídos, cultura pisoteada. Foi assim na Itália de Mussolini, quando o ladino e o alemão (a região Trentino-Alto Ádige pertencia à Áustria) foram banidos, e foi assim na Alsácia, quando até o uso da tradicional boina foi proibido.

O que ficou para nós, turistas, é um caldeirão de cultura para viajante nenhum botar defeito, então venha comigo saber mais sobre a Alsácia!

Estrasburgo Alsácia dicas de viagem
Bilinguismo em Estrasburgo

Onde fica e como chegar à Alsácia
Note como é mais fácil incluir a Alsácia numa viagem ao Sul da Alemanha ou ao Oeste da Suíça, devido à localização da Alsácia. Mas quem sou eu pra falar? Já fiz Paris-Amsterdam de trem!
Deixo abaixo formas de chegar à Alsácia e se locomover pela Rota dos Vinhos da Alsácia, mas sugiro que você alugue um carro, porque apenas Estrasburgo e Colmar possuem estações de trem e porque as cidadezinhas menores são ainda mais interessantes do que as maiores. 

De Carro
De Paris, de carro são 490 km até Estrasburgo, a linda capital da Alsácia, mas não tenho dicas em primeira mão sobre as estradas ali, pois como eu disse chegamos a Estrasburgo a partir de Stuttgart, Alemanha, a apenas 150 km. Mas quando fizemos uma roadtrip pelo Vale do Loire, escrevi dicas de combustível, estacionamento e saída de Paris em carro alugado, que não são muito diferentes desta região. 

Se você, como eu, aproveitará a viagem à Alemanha para esticar até a Alsácia, leia o post: Dirigindo na Alemanha para entender a sinalização, saber como são as estradas e como é cruzar fronteiras Alemanha-França e Alemanha-Áustria, entre outras dicas.

Alsácia o que visitar
Ribeauville

Na minha opinião, o carro te dá muito mais liberdade para ir e vir, e permite paradas em paisagens legais para fotografar, então se você vai alugar carro, não deixe de fazer uma cotação na Rentcars, o site de busca de preços e de reservas que utilizamos nas últimas viagens. A vantagem é poder optar por pagamento parcelado e em reais, evitando o custo de IOF atrelado a cartões de crédito ou mesmo à compra de papel moeda. E se você gostar dos preços e das condições, reserve pelo link acima que o blog recebe uma pequena comissão que contribui para mantê-lo no ar, afinal, manter o blog atualizado e cheio de dicas é um trabalho e acredito que você concorde que todo trabalho deva ser remunerado. E não vai te custar nada a mais. Mercy.

Alsácia, França roteiro

De trem
Em trem da TGV, você parte de Paris e em cerca de 2 horas está em Estrasburgo, mas resista à tentação de fazer bate-volta, a região merece mais do seu tempo. E atenção: as cidades mais interessantes, como Kaysersberg, Riquewihr e Ribeauville não passam de vilarejos e não têm rodoviárias ou estações de trem, mas merecem tanto sua visita quanto a capital Estrasburgo ou a queridinha dos turistas Colmar (que têm acesso por trem). Uma opção é fazer de Estrasburgo sua base e contratar agências para ir até as cidades menores.

Se você vai de trem, veja o passo a passo de como comprar seu bilhete pelo site da companhia francesa, a SNCF

De ônibus
Fazendo pesquisa para compartilhar dicas aqui, descobri um site francês que lista linhas de ônibus para fazer estas cidadezinhas encantadoras, eba!!! Confira aqui.

Kaysersberg

de bike
Pedalar entre vinhedos e castelos, o que poderia ser mais legal para quem tem tempo e disposição? Planeje suas rotas, tem um site inteirinho dedicado a isso, o Alsace a Velo.

 Já leu as minhas sugestões e de outras blogueiras de 15 bate-voltas a partir de Paris?

O que Comer na Alsácia
Nós comemos tanto Flambée que até cansamos! Não porque é o prato mais delicioso, mas porque os restaurantes fecham às 14h e muitas vezes ficamos na mão e o flambée era a única opção. O flammekueche, é uma especialidade da Alsácia, uma massa extremamente fina de pizza, retangular e servida sobre uma tábua de madeira, e cobertura também fina de crème fraiche, algo entre creme de leite e creme azedo.

Alsácia pratos típicos Flambée
Flambée

Também provamos o spaetzle, uma massa de origem alemã, mas eu a achei muito pesada. Você encontrará tanto pratos clássicos da culinária alemã, como o chucrute com joelho de porco e linguiças, como os típicos da França.

o que comer na Alsácia
spaetzle com frango, em Colmar
roteiro Alsácia o que fazer
Confeitaria em Riquewihr
comida típica Alsácia França
kougelhopf: bolo típico da Europa Central, encontrei em Kaysersberg

As confeitarias e padarias são do que meu paladar mais gosta quando vou à França e meu sentido da visão também! Ainda era manhã quando nos entregamos às delícias de uma confeitaria em Riquewihr, e em Kaysersberg compramos uma baguete que deveria ser ‘para viagem’, mas a devoramos ali pela rua mesmo!  Também em Riquewihr, sugiro que você compre os tradicionais macarons, que na Alsácia têm formato de suspiro – e são deliciosos! Já os suspiros são enormes, pra mais de 20 cm!

Alsácia onde comer
macarons da Alsácia: formato de suspiro


Os vinhos da Alsácia
Confesso que a cultura alemã falou mais alto e apesar de esta ser a Rota do Vinho, provamos mais cervejas. Mas sei que a maior parte dos vinhos da Alsácia são do tipo branco e o Riesling é a estrela. Só sei isso, por favor procure um site especializado, ahaha.

 O Vale do Loire é outra região francesa produtora de vinho, mas fomos pra lá conhecer seus castelos, confira as dicas!

Alsácia roteiro quantos dias
Campos em Ribeauvillè

Cidades que visitamos na Alsácia: nosso roteiro
Nosso roteiro de 3 dias só foi possível porque nosso foco não era provar vinhos, visitar vinícolas, então conseguimos curtir bem a capital Estrasburgo em 2 dias, e no terceiro percorremos os 3 vilarejos Ribeuaville, Riquewihr e Kaysersberg, chegando a Colmar no final da tarde e partindo no final da manhã do dia seguinte. Gostei tanto das cidades menores que não me importei do pouco tempo em Colmar, que na minha opinião é supervalorizada, embora tenha também seu charme.

Colmar Alsácia França
Colmar ao anoitecer

Quando publiquei este post, ainda não havia escrito sobre o que há para fazer em cada uma das cidades visitadas, então acompanhe as atualizações na página-índice Alsácia.

Onde ficar na Alsácia

onde ficar na Alsácia
‘nosso’ hotel em Estrasburgo


Você encontrará oferta maior de hotéis e pousadas em Estrasburgo e Colmar, mas talvez prefira optar por ficar nas cidades menores, principalmente se estiver de carro e tiver mais tempo para curtir a região. Veja opções em Riquewihr e Kaysersberg.

Confira o post Onde Ficar em Estrasburgo, com várias sugestões de hotéis categorizados em faixas de preço, um presentão para o leitor do Mulher Casada Viaja que vai à Alsácia.

Está gostando das dicas? Então faça sua reserva pelo Booking.com através dos links acima, já com as cidades selecionadas, ou pelo link deste parágrafo, com sugestões da Alsácia inteira.

Que época ir à Alsácia
Sempre li que final de primavera e verão são as melhores épocas, não só pela temperatura, como pelas flores e campos, mas como valeu ir no início do outono! As pontes de Estrasburgo ainda estavam todas floridas, assim como as jardineiras nas janelas em Petit France, e as árvores já mostravam a coloração característica do outono no hemisfério Norte. E os campos do interior da Alsácia ainda estavam verdes, com um amarelado que só aumentou sua beleza, como se vê nas fotos.

Alsácia melhor época quando ir
Estrasburgo ainda fria pela manhã

O gráfico abaixo mostra as médias de temperatura e de chuvas em Estrasburgo, a capital da Alsácia, comparadas com as de Tóquio (foi o melhor que encontrei ahaha):quando ir à Alsácia temperatura clima

Como toda rota turística, há vários eventos ao longo do ano: festivais de colheita, Maratona do Vinho (corredores, ótima desculpa pra conhecer a Alsácia!), e até um festival de música. No inverno, os tradicionais mercados de Natal deixam as cidades ainda mais lindas.

outono em Estrasburgo Alsácia
Homem Casado Viaja em Estrasburgo

Compras na Alsácia
A cegonha é o símbolo da Alsácia e você pode encontrar o pássaro em pelúcias, bordado em panos de prato xadrezes ou num ímã de geladeira. A cerâmica também tem forte comércio. Sem sombra de dúvida, a capital Estrasburgo e Colmar oferecem mais opções, mas entre elas também tem muita coisa vinda da China.
Quanto a comércio normal, Colmar e Estrasburgo têm lojas de marcas conhecidas – tem até Galeries Lafayette, em Estrasburgo!

Alsácia compras e restaurantes
Estrasburgo à noitinha

Alsácia com Crianças
A Viviane e o Edson do blog Ligado em Viagem escreveram sobre o Parque do Pequeno Príncipe, uma ótima opção de passeio para quem vai à Alsácia com crianças pequenas.

Alsácia é boa para…
Quem não curte agitação, vida noturna, muvuca, tudo que não gosto, não quero e não preciso. E, claro, para aqueles que apreciam um bom vinho!

Para mais informações, visite o website oficial da Rota do Vinho da Alsácia.

Já esteve na Alsácia e quer compartilhar uma lembrança ou dica? Ou está se programando e tem alguma pergunta? Ou só quer dar um oi? Use o campo ‘comentários’ pra gente conversar, vou adorar.

Anúncios

30 comentários sobre “França: Dicas e Roteiro de 3 dias na Alsácia e sua Rota do Vinho

  1. Maria Fatima Monteiro agosto 31, 2018 / 4:10 pm

    Para k aeroporto viajar em voo direto???
    Qtos dias para visitar os estarbyrgo e colmar em dezembro??
    Qdo comecam mercados de natal???
    Obg

    Curtir

  2. Ana Claudia junho 21, 2018 / 2:14 pm

    Visitei essa linda cidade em 2006 pela primeira vez e em 2012 depois de passar 4 anos morando em Paris decidi mudar pra ca. Concordo com você, ela é encantadora!!!

    Curtir

  3. Jorge Gallo março 19, 2018 / 12:59 pm

    👏👏👏👏

    Curtir

  4. Edson Jr janeiro 19, 2018 / 6:10 am

    Post completinho, essa região é realmente maravilhosa, tem que ser mais explorada. Adoro essas pequenas cidades francesas.

    Curtir

    • Marcia fevereiro 4, 2018 / 8:28 pm

      O duro é fazer tudo caber no tempo – e dinheiro – que a gente tem, né, Edson?

      Curtido por 1 pessoa

  5. Deisy Rodrigues janeiro 18, 2018 / 2:52 pm

    É sempre interessante visitar esses lugares que possuem essa mistura de cultura, achei a cidade um encanto com uma arquitetura cheia de charme e fiquei bem curiosa com essa macarons que mais parecem minis suspiro. Suas dicas estão ótima pra quem estiver querendo planejar um roteiro.

    Curtido por 1 pessoa

  6. angiesantanna janeiro 18, 2018 / 8:23 am

    wow quantos lugares lindos e pitorescos! eu passei uma vez de trem em estrasburgo de trem e vi rapidamente a cidade no caminho de paris…gostei da ideia de alugar um carro e explorar bem a regiao, meu marido ama e entende muito de vinhos!

    Curtir

    • Marcia fevereiro 4, 2018 / 8:28 pm

      Ele vai adora, Angela – e você também, tenho certeza.

      Curtir

  7. Débora Resende janeiro 17, 2018 / 6:02 pm

    Mulher, que lugar lindo e chique! Nunca havia considerado conhecer a Alsácia, mas as fotos estão tão lindas e as dicas tão boas que deu até vontade! rs

    Curtir

    • Marcia fevereiro 4, 2018 / 8:27 pm

      Pode considerar, Débora, é uma região linda – e espere até saber sobre Estrasburgo, a capital, uma mini Paris! Abraços

      Curtir

  8. Cristina janeiro 16, 2018 / 9:45 pm

    Que região encantadora! Consegue unir o melhor da França e da Alemanha em um só lugar. Você me matou de vontade de comer Flambée, rs. Acredita que já tentei fazer em casa? Ficou gostoso, mas nada se compara a um Flambée nesse cenário. Parabéns pelo post, super completo, romântico e inspirador.

    Curtir

    • Marcia fevereiro 4, 2018 / 8:30 pm

      Esta e a delícia de viajar! Os melhores pratos típicos que comemos envolvem a situação em que estamos. Obrigada pelo feedback, Cristina.

      Curtir

  9. Patricia Câmara janeiro 15, 2018 / 6:32 pm

    Tão bom Márcia! Ainda não conheço esta rota mas concerteza que a incluirei numa próxima viagem de mota por França! Que delicia tudo! Muito parecido à rota do Romântico na Alemanha. Tem cada local mais delicioso! Adorei muito obrigado.

    Curtir

    • Marcia fevereiro 4, 2018 / 8:26 pm

      Sim, muito similares, por isso acabamos incluindo as duas rotas na mesma viagem, além de serem próximas. Obrigada pela visita, Patricia.

      Curtir

  10. Lid Costa janeiro 14, 2018 / 6:54 pm

    Achei muito legal essa segunda foto, parece que a menina até posou pra vc rs
    Concordo que o carro dá muito mais liberdade, aluguei carro pra viajar pelo interior da Irlanda e foi a melhor coisa que fiz, recomendo!

    Curtir

    • Marcia janeiro 14, 2018 / 7:26 pm

      Nem acreditei quando vi a cena, foi realmente muita sorte: as roupas da menina, a igreja ao fundo, o céu lindo… daquelas coisas que acontecem e se a gente contar ninguém acredita! ahaha
      Irlanda, um dia, mas com certeza de carro, também!

      Curtir

  11. Juliana Moreti janeiro 14, 2018 / 2:24 pm

    Marcinha…..

    Eu tenho muita vontade de conhecer essa regiao, principalmente pelas disputas històricas, mas confesso que eu tbem viajo prum canto pensando no paladar.

    Nao conheço os vinhos da Alsàcia (e vou continuar nao conhecendo – hahahahaha), mas jà percebi que irei precisar de mais de 3 dias…
    Post super completo!

    ps: ri muito com o fora do Sarkozy…..

    Curtir

    • Marcia janeiro 14, 2018 / 7:27 pm

      Certamente a Alsácia merece uma slow travel, mas não foi desta vez, Juliana. Obrigada pela visita!

      Curtir

    • Marcia janeiro 14, 2018 / 7:29 pm

      ah, esse nome dá uma sensação de que a gente viaja muito, né? Quem dera! Obrigada pelo feedback, Sabrina.

      Curtir

  12. Carla Mota janeiro 14, 2018 / 8:17 am

    Essa rota do Vinho deve ser muito interessante. Gostava de fazer. Quem sabe numa próxima viagem a França eu descubro essa maravilha!

    Curtido por 1 pessoa

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.