Curitiba: o que fazer à noite – 7 bares legais

A capital do Paraná pode ser conhecida como a cidade verde do Brasil, com muitos parques, ou seja, atividades diurnas, mas aqui você vai descobrir o que fazer à noite em Curitiba, uma selação de bares e restaurantes e espaços para eventos, testados por mim.

curitiba noite restaurantes bares
um dos divertidos painéis no Garden HamBargueria: “Desculpe-me pelo que eu disse quando estava com fome”

Estive em Curitiba numa ocasião mais que especial, o encontro organizado pela Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem da qual o Mulher Casada Viaja faz parte. Por causa da e apesar da programação intensa, consegui curtir alguns dos muitos bares e restaurantes da cidade, e deixo aqui uma seleção para agitar sua noite em Curitiba.

curitiba que fazer

Tour Comida de Boteco
Duas horas depois de desembarcar no aeroporto, já estava no primeiro programa noturno, o Tour Comida de Boteco, criado pela simpática Carol Moreno há 3 anos, uma ideia super legal que permite conhecer 4 bares de Curitiba em uma noite, sempre com petiscos inclusos e bebidas pagas à parte. São 7 roteiros por diferentes bairros, alternados a cada semana: São Francisco, Centro Histórico, Centro, Mercês, Batel, Itupava e Centro Civico. Ou seja, você pode se inscrever em vários tours e conhecer o melhor da noite de Curitiba! Para que se formem grupos é preciso ter um número de participantes entre 8 e 15. As inscrições podem ser feitas pelo link do parágrafo anterior e a Carol vai te explicar tudo, fique tranquilo.

Curitiba botecosMinha experiência
Eu fiz um tour pelo centro histórico e não conhecia ninguém do grupo pessoalmente, apenas ‘de nome’ através da blogosfera, então talvez minha experiência seja parecida com a de quem busca o tour para fazer amigos. A cada bar, procurei me sentar perto de pessoas diferentes para conhecer a turma toda. Sugiro que você coma só um pouco em cada bar, do contrário no final do tour já não conseguirá desfrutar das porções ahaha. E quanto aos drinks, beba com moderação, não custa reforçar. Recebemos uma comanda para pagar as bebidas à parte em cada bar visitado. Provei algumas cervejas locais, como a Ogre, mas também drinks tradicionais como o Cosmopolitan. Entre comer, fotografar, conversar, e beber, achei bem corrido, mas o legal é que depois do quarto bar você pode ficar ou combinar de esticar no bar preferido com o pessoal, e o Tour Boteco de Comida terá cumprido seu papel social!

Bares que visitamos no tour Comida de Boteco
A noite começou no Armazém Califórnia (Rua Saldanha Marinho, 68), bar e restaurante libanês aberto em 2006, mas que traz no currículo armazém e frutaria fundados pelo pai do atual proprietário, a partir de 1965.
A entrada foi uma porção de pastas (babaganouche, homus, coalhada seca), tabule, um queijo libanês e pão pita seguida por uma de kibes e esfirras de carne. Gostei da apresentação dos pratos e da decoração do ambiente, bem acolhedora. Achei a comida deliciosa, talvez a melhor do tour.

curitiba bares restaurantes

Poucos metros depois já estávamos no Alchemia Bar (Rua Jaime Reis, 40), que nos brindou com hambúrguer de joelho de porco com geléia de abacaxi, uma delícia! Em noites secas é possível curtir o visual do Largo da Ordem em uma das mesas do deck que fica na frente do bar. Na noite em que fomos um músico se apresentava e como de costume o som estava um pouco alto, dificultando a conversa, e este foi o único ponto negativo do tour, na minha opinião.

hambúrguer de joelho de porco com geléia de abacaxi

O terceiro bar, o Garden (Av. Jaime Reis, 22 – Largo da Ordem)já estava bem agitado por ser mais tarde, e uma galera animada se reunia no jardim que fica nos fundos, um espaço delicioso em noites quentes e secas. Apesar do peixinho empanado estar saboroso e do bolinho de provolone tentador, derretendo na boca, eu já tinha comido tanto que acabou sobrando na cestinha! Curitiba bares restaurantes

Fechamos a noite de quarta-feira, 31 de outubro, no bar mais tradicional de Curitiba, o Bar do Alemão (R. Dr. Claudino dos Santos, 63), muito conhecido pelo Submarino, um chop servido com um canequinho de Steinhaeger dentro, que podemos trazer para casa como souvenir. O bar é enorme, com vários ambientes que comportam 800 pessoas sentadas! Há mesas quadradas tradicionais de bar e outras grandes com bancos, no melhor estilo biergarten da Baviera. As porções inclusas eram de fritas e salsichas alemãs, mas a casa tem um cardápio vasto de pratos doces e salgados da culinária alemã, assim como os demais bares, dentro de suas especialidades.

o famoso Submarino, no bar do Alemão

Aliás, já leu os posts sobre a Oktoberfest e cidades alemãs que visitamos?
Encontre os vários posts pela página-índice Alemanha.

Outro motivo para participar do Tour Comida de Boteco, principalmente nos roteiros pelo centro, é que em um grupo você se sente mais seguro para caminhar pelas ruas da região, que à noite ficam meio desertas, como todo centro de cidade grande. E se você quer uma segunda opinião a respeito, confira o post Tour Comida de Boteco em Curitiba, da Aline do blog Latitude Infinita

Curitiba noite
o centro histórico de Curitiba, o Largo da Ordem, iluminado, onde foi nosso tour

Outros Bares e Restaurantes em Curitiba
Nas noites seguintes, eu que sou comportada fiz apenas os programas inclusos na programação da RBBV e a noite de abertura foi num lugar muito lindo, que me surpreendeu pelo tamanho, o maior Hard Rock Cafe  (R. Buenos Aires, 50, Batel) da América Latina. O prédio tem 3 andares, os dois primeiros abertos ao público em geral e o terceiro para eventos, onde os blogueiros foram recebidos.  Segue a linha da franquia, decorado com objetos do mundo do rock, como discos de ouro, guitarras e roupas (claro que fui conferir o terninho do Beatle Lennon) e pelo que vi, o cardápio é também igual.

Curitiba noite restaurantes bares
A fachada do Hard Rock. Foto do André Morato, do blog Meu Destino

Outro lugar bem legal, também no Batel, é o Gards Rooftop (Av. do Batel, 1868), um bar, como diz o nome, parcialmente descoberto, no último andar do chiquérrimo shopping Pátio Batel. Na noite em que estive lá, foi servido um risoto sabroso, espetinhos de carne bovina, cuscuz marroquino e open bar de chopp e moscow mule. De sobremesa, docinhos de colher.

O Gards Rooftop, em foto de Guto Tarasiuk

Agora, um lugar inesquecível, que é aberto ao público em geral apenas durante o dia, mas de que eu não poderia deixar de falar mesmo num post sobre o que fazer à noite em Curitiba é o Ópera Arte (Rua João Gava, 920), localizado nada menos do que no andar abaixo da Ópera de Arame, um dos principais cartões postais de Curitiba! O espaço tem um ambiente bem rústico e mistura lounge, mesas para refeições, e obras de arte, com vista para o lago artificial, as árvores e rochas do Parque das Pedreiras. Servem o tradicional prato típico paranaense, o barreado, lanches e outras comidinhas deliciosas.

Estivemos lá durante a noite, mas um dos destaques do local pode ser conferido durante o dia, também, o projeto Vale da Música, que consiste num placo flutuante de 6X 4 metros onde músicos apresentam diversos estilos musicais, como MPB, choro, world music, clássicos do rock, blues, jaz e até flamenco.

Espero que este post tenha te inspirado a curtir a noite de Curitiba, cidade linda de que eu já gostava e de onde voltei ainda mais apaixonada. Aguardem novas publicações, muita coisa legal sobre Curitiba vai rolar por aqui.

E se você já foi a Curitiba, deixe uma dica de um bar ou restaurante legal que conheceu. Abraços!

Anúncios

22 comentários sobre “Curitiba: o que fazer à noite – 7 bares legais

  1. Lulu Freitas novembro 11, 2018 / 3:38 pm

    Que maravilha de programa!! Fiquei com água na boca! Não imaginava que o Tour de Boteco fosse tanta comida!!! Você está certíssima na suas dicas: comer e, principalmente, beber com moderação. Perfeito para que for conhecer Curitiba.

    Curtir

  2. Michelle novembro 10, 2018 / 1:34 pm

    Curitiba é uma cidade muito gostosa, e em um evento desses deve ter sido muito legal mesmo, afinal o objetivo era conhecer coisas legais e trocar experiencias.

    Curtir

  3. Fábio Brasil novembro 9, 2018 / 4:55 pm

    Oi oi Márcia! Lendo seu post me bateu uma saudade do ERBBV! rsrs Pena que não pude participar desse tour! Ficou show de bola seu post! Parabéns! 😉

    Curtir

  4. Gabriela Torrezani novembro 9, 2018 / 4:37 pm

    Ah, que delíciaaa! Falou em bar, falou comigo! Já faz tempo que quero fazer esse tour e ao ler todos os posts dos blogueiros que foram agora está me deixando loucaaaa hahahaha ❤

    Curtir

  5. Ruthia novembro 9, 2018 / 4:16 pm

    Adorei o conceito do tour de comida de boteco. Que programa giro para fazer amigos. Tenho uma questão. Quem não come carne, não fica com fome?
    Acompanhei o encontro de Curitiba no stories de vários bloggers. Parece que foi divertido e bem proveitoso.Um dia fazemos o nosso encontro do grupinho 8 on 8, que dizes?
    Beijinho

    Curtir

  6. Jessica Cezar novembro 9, 2018 / 12:52 pm

    hahaha! Essa frase da hamburgueria é tão real!!! A fome traz um mau humor pesado para algumas pessoas! 😛 Na última vez que fui à CTBA comi na nova rede de fast-food do dono do Madero, a Jeromino, conheçe? Melhor que um Mc e Bobs com certeza era… Mas ainda prefiro essas a hamburguerias menos fast-food! Fiquei com água na boca para experimentar esse de joelho de porco com geléia de abacaxi 😀

    Curtir

  7. Fabíola Moura novembro 9, 2018 / 9:46 am

    Menina, o tour foi intenso e me pareceu bem proveitoso. Fiquei com vontade de provar esse hambúrguer de joelho de porco, deve ter um sabor bem diferente.

    Curtir

  8. LAIS CRISTINA ROANI novembro 8, 2018 / 8:09 pm

    Muitas opções boas! Aliás Curitiba é cheia de bons bares e restaurantes.. ainda não conheço o mais tradicional que é o Bar do Alemão, deve ser ótimo!

    Curtir

    • Marcia novembro 9, 2018 / 12:56 pm

      Vou dar minha opinião pessoal: é um bar enorme, e com isso perde um pouco a pessoalidade tão legal de botecos. Destes que listei, me senti mais acolhida no Armazém Califórnia (e a comida é muito boa, também), mas com certeza o bar do Alemão é ‘obrigatório’ numa passada em Curitiba.

      Curtir

  9. palomadiasgarcia novembro 8, 2018 / 6:12 pm

    Adorei conhecer os bares de Curitiba, todos citados são maravilhosos, em principal Ópera de Arame, o show da banda foi incrível e inesquecível.

    Curtir

    • Marcia novembro 9, 2018 / 12:59 pm

      Que noite linda, né, Paloma? Pena que o Ópera Arte não é aberto ao público à noite, mas os show rolam durante o dia, sim.

      Curtir

  10. Vitor Martins novembro 8, 2018 / 12:33 pm

    Olha esse lugar é mesmo especial!Bom tour, boas dicas.Vou fazer.

    Curtido por 1 pessoa

  11. Edileia novembro 7, 2018 / 7:23 pm

    Olá Márcia! Não fui no tour de botecos, mas amei a Ópera de Arame e o Ópera Arte. Bjs.

    Curtir

  12. REGINA ELENA SILVA novembro 7, 2018 / 7:17 pm

    Márcia, sou nova aqui no seu Blog. Gostaria, na verdade de falar de Torres del Paine. Tenho que ir lá no post sobre TDP ou podemos falar aqui mesmo?

    Curtir

  13. Vida sem Paredes novembro 7, 2018 / 6:50 pm

    Nunca tinha participado de algo parecido com o Tour Comida de Boteco e achei sensacional! E os bares extras que você citou também são incríveis! Foi um prazer te conhecer Márcia, até a próxima! Abraços, Nange Sá

    Curtir

    • Marcia novembro 9, 2018 / 1:00 pm

      Oi, Nange, eu também nunca tinha feito um tour destes e achei a ideia muito boa, principalmente pelas pessoas que cohnecemos! Espero que o próximo ERBBV seja tão bom como este! beijinhos

      Curtir

    • Marcia novembro 9, 2018 / 1:01 pm

      Carol, mais uma vez, parabéns pelo Tour Comida de Boteco e muito sucesso pra você!

      Curtir

  14. Lilian Azevedo novembro 7, 2018 / 3:46 pm

    Adorei participar desse tour e o Armazém Califórnia conquistou um lugar especial por causa de sua história. Todos são bem legais e vale muito a pena fazer o tour. Deixo aqui

    Curtir

    • Marcia novembro 9, 2018 / 1:39 pm

      Também achei um diferencial, Lilian, ser recebida pelo proprietário que nos contou a historia tão especial do atual Armazém. Tem razaão, cada bar é especial à sua maneira, por isso indico o tour. Abraços e obrigada pela visita.

      Curtir

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.