Roadtrip entre Anchorage e Seward: a melhor do Alasca

Saiba o que esperar da roadtrip entre Anchorage e Seward, na minha opinião a melhor do Alasca, e quais os principais pontos de parada, para você não perder nada desta viagem que não se faz todo dia.Alasca Seward Anchorage

Alasca aconteceu para nós no final do verão deles, agosto, e não me canso de dizer que tivemos muita sorte com o clima porque, apesar de ser verão, chove muito no Alasca mas fomos agraciados com dias claros e ensolarados na maior parte da viagem. Como este é um recorte da viagem, para entender o roteiro completo, dicas práticas e o planejamento, por favor vá até Roteiro de 7 dias no Alasca e planejamento de Viagem, com preços, você vai adorar as dicas!

alasca Seward hwy roadtrip

A roadtrip de 204 quilômetros entre Anchorage e a cidadezinha à beira-mar Seward leva duas horas pela Seward Highway, nomeada em homenagem a Willian Seward, que comprou o Alasca dos russos, mas reserve o dia inteiro porque há muito o que fazer e ver pelo caminho. Se você quiser explorar mais, pegar trilhas, etc., pode fazer bate-volta até Portage e num segundo momento seguir até Seward com menos paradas.

Alasca Seward Anchorage

A Seward Highway (AK-1) não é duplicada, mas não senti nenhum perigo, os motoristas respeitaram a velocidade e mostraram-se cautelosos. Como é de se esperar, há muitos motorhomes pela estrada, mas ao contrário do que me foi ‘vendido’, não vi um só animal selvagem pela estrada ou nas encostas das montanhas. Se você tiver tempo para pegar trilhas ao longo da rodovia, talvez tenha mais sorte.

O limite de velocidade fica entre 55 e 65 milhas, ou seja, cerca de 88km/h e 104km/h. Não há pedágios, apenas se você optar pelo desvio até Whittier (leia abaixo). A marcação de milhas começa em Seward, então se você vai de Anchorage a Seward, vai notar que a numeração vai diminuindo. Fique de olho no combustível, por volta da milha 85 fica o último posto antes de chegar a Seward.

Algus trechos não têm sinal para conexão com internet, mas porque só há 3 estradas que cortam a Seward Highway e tudo é bem sinalizado, não tem como se perder.

Quanto às paisagens, não poderia ser melhor: a estrada é um corredor de montanhas, a linha férrea corre paralela à estrada, ora à esquerda, ora à direita; o trecho inicial Turnagain Arm, onde belugas são avistadas no verão, geleiras no Chugach National Forest, onde fica Portage.

Alasca Seward Anchorage

Onde parar durante a roadrip Anchorage-Seward

A primeira ‘atração’ do caminho é Potter’s Marsh, que como diz o nome é um pântano e muita gente para ali para caminhar sobre a passarela elevada e observar pássaros; vi principalmente famílias com cães e crianças, mas não paramos – confesso que não me atraiu muito.

Logo em seguida, um mirante com recuo para estacionar dá vista para o Turnagain Arm, um estreito da enseada Cook, de onde se avistam belugas entre julho e agosto.

Um ponto onde eu gostaria de ter parado, mas o tempo não permitiu, é a estação de esqui Alyeska, que tem um restaurante com vista no alto da montanha. Se voce foi, me conta o que eu perdi!Alasca Seward Anchorage

Se você só puder parar em dois lugares ao longo desta roadtrip, provavelmente o Alaska Wildlife Conservation Center será um deles – Portage Valley o outro. Trata-se de um centro de acolhimento de animais selvagens resgatados por diversos motivos, mas antes que você se pergunte, não tem cara de zoológico. Os animais têm bastante espaço e algumas espécies interagem entre si. As moradas que ainda são pequenas têm projeto de ampliação, como o das raposas.

Alasca Wild Conservation

Quando publiquei este post, ainda não havia escrito sobre nossa visita ao AWCC ou Portage, mas as atualizações são lançadas na página-índice Alasca, aqui no Mulher Casada Viaja, então confira mais dicas sobre o Alasca lá.

Quase em frente ao Alaska Wildlife CC fica a estrada para Portage Valley, casa de 6 glaciares e um centro de visitantes estruturado e educativo, o Begich, Boggs. Mas a região é um parque de diversão para quem curte natureza: trilhas, passeio de barco, pescaria (aparentemente o esporte mais praticado no Alasca)Pegamos uma trilha rápida e fácil, de pouco mais que 1 km, para o Byron Glacier, mas confesso que a trilha é mais legal do que o final dela, pois a geleira é muito pequena em comparação a outras, então se estiver sem tempo, pode riscar do roteiro sem dó.

Alasca Portage

Ao longo da Portage Glacier Road há indicações dos lugares a visitar, mas é legal passar no centro de visitantes e tomar informações. Ali também vimos bem de pertinho os salmões subindo o rio, na Williwaw FishViewing Plataform.Alasca portage

Informação didática no Centro de informações ao turista Begich, Boggs

Alasca portage
Não resisti e fiz uma foto do Smokey Bear!

À esquerda do Begich, Boggs Visitor Center tem uma estrada que leva a um lugar muito peculiar, Whittier, um importante vilarejo portuário por onde só se chega por um túnel de uma só mão, que serve a veículos e a trens. O túnel histórico tem 4 km de extensão, velocidade máxima de 40 km/h e é preciso pagar um pedágio de USD13 e esperar sua vez de passar pelo túnel (a cada 15 minutos). Vale a pena? É uma escolha muito pessoal, mas foi tão rapidinho que não alterou nossos planos. O dia estava lindo e com sol tudo fica melhor, concorda?

Alasca portage whittier
O túnel para Whittier

Muita gente vai até Whittier para pescar, praticar esportes aquáticos ou fazer um cruzeiro no Prince William Sound, mas como já faríamos um em Seward (veja mais abaixo), nem pensamos nisso. Além da marina e do movimentado porto, Whittier tem apenas umas 6 ruas, um único edifício (onde mora todo mundo) e alguns restaurantes e casas – e uma cara russa que só vendo!

Alasca Whittier
Marina em Whittier
Whittier Alasca
 loja hipponga em Whittier

De volta à Seward Highway, o caminho fica ainda mais bonito, com montanhas de ambos os lados, e após umas 40 milhas haverá uma bifurcação, com a AK-1 seguindo para Oeste (sentido Homer), e AK-9 para o Sul, até Seward, para onde vamos. Alguns 10 minutos depois chegamos ao vilarejo Moose Pass, à beira do fotogênico Upper Trail Lake (foto de abertura), de onde partem hidroaviões para passeios pelas geleiras. Vale a pena uma paradinha. Tem cafés e pousadas ali, se precisar reabastecer ou desabastecer. Enquanto eu fotografava, Álvaro aproveitou para tirar um cochilo e repor as energias.

Alasca Seward Anchorage

dicas viagem Alasca
Hidroavião em Moose Pass e o tradicional trem da Alaska Railroad

Depois de Moose Pass a estrada segue ao lado do lago Kenai por alguns quilômetros, e na milha 3,5 fica a entrada para a Glacier Road (há indicação em placa turística, a marrom) e próxima parada, o Exit Glacier. Para quem tinha pouco tempo como nós, e já eram umas 16h, a estrada de 9 milhas não acabava nunca. Estacionamos (sempre tudo gratuito) perto do Exit Glacier Nature Center, mas fomos direto para a trilha por causa do tempo, sempre ele a nos oprimir.

Alasca exit glacier
da estrada já conseguimos ver a geleira

A trilha começa plana e asfaltada, acessível para qualquer um, inclusive cadeirantes, e ao longo dela vemos plaquinhas apresentando os anos em que a geleira chegava até aquele ponto, o que é um tanto assustador. Aliás, as placas começam ainda na estrada, nos anos 1800’s.

Seward exit glacier

Depois a trilha fica mais pesada, com pontos íngremes e entre pedras.

Alasca exit glacier

Alasca Seward exit glacier

Se você tem tempo e disposição, seguindo adiante, na mesma trilha, você chegará ao alto da montanha, onde fica a geleira Harding Icefield, um trajeto mais puxado e íngreme, percurso de 13 quilômetros ida e volta e ganho de 300 metros de elevação.

Alasca Exit geleira trilha

O sol já estava baixo quando chegamos a Seward. Foi uma surpresa muito boa, achei a cidadezinha encantadora! Fizemos esta roadtrip Anchorage-Seward principalmente para fazer o cruzeiro pelos fiordes Kenai com a Major Marine Tours, mas hoje eu iria a Seward mesmo que não fosse este o fim e ficaria ao menos 2 noites, porque a região é linda, com muitas trilhas e possibilidades de passeios. Falo mais sobre o cruzeiro em Alasca: o que Fazer e Onde ficar em Seward e sobre Seward ainda não tinha escrito até postar este relato, então vá até a página-índice Alasca, e entenda o que vi de especial em Seward.

Seward cruzeiro fiordes Alasca
Turistas a bordo do cruzeiro em Seward
Seward alasca
Seward nos recebeu com um arco-íris!

Eu ainda não consegui definir bem esta viagem ao Alasca, e tenho tentado a cada post. Não foi a viagem mais linda ou emocionante que já fiz e esta roadtrip entre Anchorage e Seward pode não estar na minha lista de preferidas, mas com certeza se tivéssemos mais tempo teríamos explorado mais e, com isso, curtido ainda mais. Mas valeu a pena, ô se valeu!

Se você tem alguma pergunta cuja resposta não está no texto, deixe nos comentários que buscarei informação no material que trouxe do Alasca, que é muito. Abraços e bom Alasca pra você!

Anúncios

14 comentários sobre “Roadtrip entre Anchorage e Seward: a melhor do Alasca

  1. Analuiza Carvalho novembro 29, 2018 / 10:07 am

    Marcia… o Alasca é um sonho meu antigo, de menina acho! Nem tenho ideia da razão! A cada texto que eu leio aqui sobre seu roteiro eu fico mais e mais encantada! Que paisagens atraentes e apaixonantes!

    Me vi no carro com vocês nesta Road Trip entre Anchorage e Seward! Uma pena que os animais não deram as caras! rsrsrs

    Se um dia o Universo conspirar e eu fizer este trajeto, vai ser importante saber onde parar, por isso este texto é tão útil. 🙂 Facilita a vida de quem vai depois né?!

    Curtir

  2. Edson Amorina Jr novembro 26, 2018 / 10:33 am

    Quanto lugar lindo no Alasca, hein? Nós adoramos esses roteiros mais roots, mais próximo da natureza. Pode não ser uma das primeiras opções que imaginamos viajar, mas que bela ideia essa hein.

    Curtir

  3. carlaalexmota novembro 26, 2018 / 7:36 am

    Quero muito conhecer o Alasca e o seu artigo me deixou ainda com mais vontade. Fiquei em pulgas!

    Curtir

  4. Patricia novembro 24, 2018 / 11:50 pm

    Que experiência!! Cada paisagem mais linda que a outra e um post com todas as dicas.
    Muito útil, sem dúvidas!!!

    Curtir

  5. Lulu Freitas novembro 23, 2018 / 2:37 pm

    Que viagem linda!!!! Cenário deslumbrante. Pena que você não viu animais na estrada e estava com o tempo apertado… tanta coisa para ver!!!

    Curtir

  6. traveltipsbrasil novembro 23, 2018 / 2:05 pm

    Morro de vontade de conhecer o Alasca! Lugares lindíssimos! Anotarei as dicas e espero ir em breve. Parabéns pelas fotos, muito bonitas.

    Curtir

  7. Fabíola Moura novembro 23, 2018 / 10:15 am

    De carro a gente vai vendo muito mais cada detalhe, sem falar que quem dirige no Brasil, tira de letra em qualquer lugar, rs. As paisagens do Canadá são mesmo grandiosas, queremos muito fazer esse roteiro algum dia.

    Curtir

    • Marcia novembro 23, 2018 / 11:25 am

      Verdade, dirigir na maior parte dos países é moleza para quem guia aqui, mas o interessante é saber onde parar e o que fazer ao longo do caminho, por isso o post.
      O Canadá é lindo mesmo, mas as paisagens do Alasca, embora sejam vizinhos, são um pouco diferentes.

      Curtir

  8. Alessandra Fratus novembro 23, 2018 / 9:22 am

    Nossa! Ta aí a viagem que está no topo da minha lista de desejos. Amei o post e amei a roadtrip também. Fiquei aqui sonhando. O melhor é que com essas dicas já dá para arriscar um roteiro, né?! Beijos.

    Curtir

    • Marcia novembro 23, 2018 / 11:29 am

      Com certeza, pode copiar e colar os lugares para parar entre Anchorage e Seward! obrigada pela visita, beijos

      Curtir

  9. Gabriela Torrezani novembro 23, 2018 / 8:40 am

    Belíssimas paisagens! Uma vez eu fiz um trabalho de tradução sobre Anchorage e desde então morro de vontade de visitar… adoraria fazer uma roatrip como a sua! 😉

    Curtir

    • Marcia novembro 23, 2018 / 11:27 am

      Que legal, Gabriela, tradução e revisão nos fazem aprender muito sobre diversos assuntos, e Anchorage é bem peculiar. Faça, sim, é um destino de natureza muito legal!

      Curtir

  10. Wanderson Gonçalves novembro 14, 2018 / 4:50 pm

    Olá Márcia, lindas fotos e belíssima paisagem, como já falei aqui, esse é meu plano para 2020, enquanto isso nós vamos sonhando e se programando com as suas dicas, aguardando os próximos posts sobre esta incrível viagem. Abraços…

    Curtir

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.