Santiago: bate-voltas mais populares

Este é o terceiro post da série que relata nossos 5 dias na capital do Chile e aqui você vai encontrar 2 sugestões de passeios para fazer fora da cidade de Santiago: um bate-volta até Portillo e uma paradinha para conhecer uma vinícola. Além disso, links para outros bate-voltas populares, como Viña del Mar e Valparaiso e Cajon del Maipo. Então cola aqui e preste atenção no que a tia Marcia tem pra te contar.

Continuar lendo

Anúncios

Santiago: Mercado, Museu de Belas Artes, Cerros, Lastarria e Bellavista

Neste post você encontra o relato e o roteiro de nosso segundo dia em Santiago do Chile, quando andamos pelos principais pontos da cidade: Mercado Municipal, Parque Florestal, Museu de Belas Artes, subimos o Cerro San Cristóbal e o Santa Lucia, passeamos por Lastarria e Bellavista.
Este é o segundo post da série onde compartilho o roteiro de 5 dias em Santiago, então ‘volte uma casa’ e leia o primeiro, onde relato o passeio pelo Centro e pelo Museu de Arte Precolombiano.

Continuar lendo

Porque adoro o Jardim Botânico de SP

🎵 Demorei muito pra te encontrar, agora eu quero só você… 🎵
Musiquinha romântica dos anos 1980 que falava de uma pessoa, mas eu me refiro ao Jardim Botânico de São Paulo, na minha opinião o parque mais legal de Sampa.

Não moro tão perto do Jardim Botânico, então não vou lá com a frequência que gostaria, mas é sempre um prazer quando vou pelos motivos que compartilho aqui. Só o conheci quando preparava uma reunião com as mães e filhos da escola em que eu trabalhava e fizemos um lindo piquenique para comemorar o dia das mães, aliás uma das atividades mais prazerosas do parque em dias de sol. E isso foi há poucos anos, por isso eu canto o Vinícius Cantuária (essa música, sim, foi há muito tempo 😆). Desde então fui algumas vezes com minha família e nesta última visita resolvi escrever um post só para ele.

Lago das Ninféias

Continuar lendo

Santiago: atrações do Centro

Este post inicia uma série onde compartilho o roteiro de 5 dias em Santiago, com destaque para as atrações do Centro da cidade, edifícios governamentais, arquitetura moderna e clássica lado a lado, Catedral de Santiago, Museu de Arte Precolombiana e outros. As dicas você encontrará inseridas no texto. Sim, vai ter que ler, mas você só tem a ganhar! 😂

Continuar lendo

Museu do Café na parada de Cruzeiro em Santos

As cabras é que sabem das coisas. Diz a lenda que um pastor etíope notou que seus bovídeos ficavam mais alegres e saltitantes depois de comer os grãos de um determinado arbusto. E assim começa a historia do café pelo mundo! Neste post conto sobre nossa visita ao Museu do Café, na cidade de Santos-SP.

Mesmo que você não seja do Estado de São Paulo, sua historia está entrelaçada com a cafeicultura: edifícios, ferrovias, modernização de portos, casarões na cidade e nas fazendas, o próprio teatro Muncipal de São Paulo, literatura, muito do desenvolvimento de São Paulo se deve à riqueza produzida nos cafezais espalhados pelo interior do estado de São Paulo, sul de Minas Gerais e norte do Paraná. A cidade de Santos nasceu e desenvolveu-se graças à construção do porto de Santos, necessário para o escoamento da produção. O café mais que merecia um museu para contar sua trajetoria e o charmoso prédio da Rua XV de Novembro, construído em 1922 especialmente para abrigar a então Bolsa Oficial de Café, foi escolhido. Os pregões negociavam o valor das sacas de café e aconteceram até a décade de 1950, quando os negócios se transferiram para a capital de São Paulo. O lindo edifício passou por um período de abandono e degradação até que o governo do estado de SP o assumiu e iniciou o restauro.

A fachada do Museu

Continuar lendo

Onde Comer no Deserto do Atacama

O Deserto do Atacama, no Chile, já é um destino desejado por muitos brasileiros e como se trata de um deserto, há muitas dúvidas sobre como é a vida do turista por lá, mas neste post falo especificamente sobre como são os restaurantes, o que servem, compartilho os preços…

A salada Caeser do Tierra, na Caracoles

Continuar lendo

Japan House made in Brazil, novo espaço cultural em São Paulo

Não sou muito de modismos. Enquanto as multidões correm para ver novidades da cidade de São Paulo, geralmente prefiro a vida rural da minha casa no interior, mas naquele fim de semana ficamos em SP e eu não quis ficar em casa chorando sentindo a ausência – ou a presença – de minha cachorrinha recém falecida em cada canto do apartamento. Sugeri então um passeio pela Av. Paulista, quando aproveitamos para visitar a Japan House, inaugurada um dia antes. Compartilho com você minhas impressões e dicas.

20170507_104502
Escultura, fachada lateral parte da fachada frontal

Continuar lendo

Bate Volta de Santiago do Chile: Portillo e Caracoles

Nem queria passar por aquela estrada sinuosa em plena cordilheira dos Andes, a Caracoles. Mas isso foi quando eu paquerava a Serra do Rio do Rastro, no Brasil, que tem paredões verdes e no verão, o roxo dos manacás colorindo a mata. Quem desdenha quer comprar, já diz o ditado… Quando descobri que para ir a Portillo a partir de Santiago a gente passaria pela Caracoles, ter essa experiência passou a ser até mais relevante do que visitar Portillo e seu lindo lago azul. Que mulher volúvel, você pode pensar, mas o fato é que numa viagem de 10 dias pelo Chile não caberia rodar quilômetros só pela ideia de pegar uma das estradas mais sinuosas do mundo. Gente, agora eu acho que vale!

A los Caracoles, pouco antes de Portillo

Continuar lendo

Atacama: guia do deserto mais lindo do mundo!

Euzinha no deserto mais lindo do mundo!

“Mas o que você vai fazer num deserto?”, perguntou um amigo que certamente não tinha visto todas as imagens lindas que bombaram nas redes sociais  dos blogueiros nos últimos tempos e me deixaram maluca para ir ao Deserto do Atacama, o mais árido do mundo e com paisagens lunares, lagos e salares. Como eu tenho uma listinha de apenas 20 lugares para conhecer antes de morrer, venho acrescentando outros destinos ao sabor de novos desejos. Vai que ao acabar a bucket list a gente bate as botas! Bem, o Atacama não estava na lista, mas como eu disse as paisagens tocaram forte, assim como a curiosidade de estar no deserto mais seco do mundo e com o céu mais limpo do mundo. E confesso que foi o roteiro mais fácil de montar da minha vida. Muitos superlativos, né? Já disse que eles estariam presentes nos posts sobre o Atacama quando relatei o passeio pelos Vales da Lua e da Morte. Fica aqui que eu conto mais: quando ir, hospedagem, preços, um super guia pra você já chegar a San Pedro sabendo muito!

Continuar lendo

Como é o tour Vale da Lua e Vale da Morte no Atacama

Que comecem os superlativos! Estreamos no deserto mais árido do planeta, o chileno Atacama, com um dos passeios mais populares e o mais próximo da cidadezinha de San Pedro de Atacama, a qual tem ares de faroeste americano ou de sertão brasileiro. Talvez pelo ineditismo tenha sido um dos passeios que mais me marcou, mas talvez tenha sido pelo incrível por do sol de um lado do vale e pela lua cheia do outro. É mais certo afirmar que a cada post publicado eu diga a mesma coisa sobre o Atacama: que todos os passeios foram de alguma maneira únicos e inesquecíveis, seja pelas paisagens, seja pelos efeitos do calor, do frio, da altitude, do silêncio, da companhia de pessoas que compartilham com você o prazer de estar naquele canto quase intocado do planeta. E isso não é pouco. Vá logo, vá logo, é minha melhor dica.

Continuar lendo