Paris-Londres de trem

Do outro lado do Canal da Mancha, Londres nos esperava e a estação St Pancreas, que recebe os trens  velocidade provenientes de Paris e Bruxelas, é um portal que faz jus à beleza da cidade. Construída em 1868, quando ostentava o título de maior vão coberto do mundo, foi ponto importante de partidas e chegadas nas duas grandes guerras. Guarda vários assuntos para fotografar, então não saia correndo, aprecie as esculturas, o contraste do aço azul e dos tijolos vermelhos, os janelões. Quando sair, tire mais fotinhos da fachada vitoriana. Se tiver sorte (e dinheiro sobrando), hospede-se no hotel anexo à estação, que permaneceu fechado por décadas, quando seus quartos viraram escritórios da companhia férrea. Mas quando estiver na plataforma, feche os olhos e sinta o momento em que as crianças de Londres foram enviadas para o interior do país para fugir dos bombardeios; imagine quantas lágrimas de alegria e de tristeza esses tijolos testemunharam. Já é uma viagem, não?

Leia mais

 

Gare du Nord, Paris

 

Anúncios