O que Fazer em Monterey, Califórnia

carmel-big-sur-california

Monterey é ofuscada por outras cidades californianas como São Francisco, Los Angeles e até San Diego, então saio em sua defesa e brado que você precisa ficar ao menos 2 dias por lá, no melhor estilo slow travel e passear a pé pela Coastal Trail, se entupir de peixe e frutos do mar, visitar a parte histórica da cidade e observar lontras e leões marinhos bem de perto, na natureza. Talvez queira visitar um dos aquários mais famosos do mundo ou apenas passear pelas ruas arborizadas com casas de madeira que parecem cenário de estúdio de Hollywood. E que tal visitar condomínios com campos de golfe à beira mar, ou comer nos restaurantes estrelados de sua vizinha Carmel-by-the-Sea? Neste post falo especificamente sobre Monterey e mais adiante descrevo nossos passeios por Carmel e pela 17-mile Drive em novas publicações.

leões marinhos
leões marinhos que mais parecem esculturas!

A beleza de Monterey é bem diferente daquela que estampa nosso ideal de paraíso: em algumas praias a areia é grossa (quando há), no lugar das palmeiras ou coqueiros há ciprestes retorcidos pelos fortes ventos e a água do Pacífico é fria, mesmo no verão. Além disso, a quantidade de algas pode afastar qualquer desejo de entrar no mar, assim como o forte odor proveniente dos leões marinhos. Mesmo assim, mergulhadores chegam aos montes para testemunhar a farta vida submarina da região.

Mergulhadores em San Carlos Beach
Mergulhadores em San Carlos Beach

A parte mais turística de Monterey fica na Cannery Row, uma rua cheia de lojas, hotéis e restaurantes e no final dela fica o famoso Aquário de Monterey ($50), que visitamos em nossa primeira vez em Monterey, 20 aninhos atrás… Se você for, fique atento aos horários de alimentação dos peixes, que é muito legal. Também há programas para crianças passarem a noite no aquário!

Ícone da indústria de sardinhas enlatadas
Ícone da indústria de sardinhas enlatadas

A latinha oval de sardinhas de meio quilo alimentou as tropas aliadas na Primeira e Segunda Guerras Mundiais e virou um ícone, mas acho que Andy Warhol preferia a sopa de tomate… Anyway, Cannery Row (=fábrica de conservas) ganhou este nome apenas no final da década de 1950 depois que o escritor John Steinbeck publicou em 1945 um livro sobre a depressão da indústria de enlatados em Monterey com esse título. A história também foi adaptada para o cinema em 1982. Esse filme eu não vi, mas toda vez que minha filha assistia Tá Chovendo Hambúrguer (Cloudy with a chance of Meatballs) me lembrava de Monterey e acho que a inspiração da história pode mesmo ter vindo daí: ambas tiveram a decadência da indústria de enlatados pesqueiros e viraram cidade turística.

A Cannery Row
A Cannery Row

monterey-california-4-2

Ali tem uma loja divertidíssima (Sea Otter Shirts) , e tudo nela remete às lontras (otters) e até a loja da Harley Davidson deixou um painel para foto com a lontroqueira:

A praia MacAbee fica bem na muvuca da Cannery Row. É bem feinha, principalmente porque tem umas ruínas na areia que eu não entendo o motivo de não as retirarem por completo. Tem acesso por escadas a partir desta pracinha:

monterey-california-35

Outra área bastante visitada é a Fisherman’s Wharf, um cais onde você também pode comer, fazer compras e de onde saem os passeios de barco para avistar baleias. Eles garantem (não sei como) que você sempre as verá, em qualquer época do ano. Segundo o catálago de uma empresa que faz os passeios, no inverno e na primavera é possível avistar baleias cinzentas e no verão e outono baleias azuis e jubartes. Os preços variam de $40  a $49, em passeios que duram de 3 a 4 horas.monterey onde comer

Vitrine de restaurante em Fisherman's Wharf
Vitrine de restaurante em Fisherman’s Wharf

Eu falei da vida marinha farta, não foi? Foi ali no Fisherman’s Wharf que nos deliciamos observando duas lontras que “pescavam” ostras. Dá uma olhada no vídeo:

Unindo Pacif Grove ao Sul a Castroville ao Norte, está Coastal Trail, uma pista de ciclismo e para pedestres que segue 28 km pela orla traçada numa antiga trilha de trem. Ao longo dela você encontrará onde alugar bicicletas e áreas para picnic.

Coastal Trail nas proximidades de Fisherman's Wharf
Coastal Trail nas proximidades de Fisherman’s Wharf

De Monterey é possível avistar as Dunas do Fort Ord e eu fiquei mega curiosa para ir conhecer essa praia, mas não deu tempo.

O centrinho de Monterey, onde estão bancos, escritórios e comércio, é bem pequeno e tem aquele jeitinho interiorano, de vida calma, e em nada lembra o litoral. As ruas estavam decoradas com bandeirolas da Itália e uma feira com música ao vivo (mas nada de italiana) e barraquinhas de bebidas e alimentos estava acontecendo perto do Parque Histórico de Monterey. Demos uma passadinha por lá, mas o que mais encontrei de autêntico foi cannoli.

monterey-california

O conjunto histórico de Monterey é distribuído por várias ruas e se você quiser conhecer todas as casas pode seguir as plaquinhas metálicas chumbadas nas calçadas, como a da foto abaixo. No Centro de Informações Turísticas (Monterey Visitor’s Center) tem muito material gratuito sobre a cidade, a 17-Mile Drive e até sobre Big Sur, então passe lá. Fica na Camino el Estero, 401.

monterey-california-2

O centro de Informações Turísticas de Monterey
O centro de Informações Turísticas de Monterey

monterey-california-3

Sempre que estou de carro gosto de passear pelas ruas residencias das cidades que visito e Monterey tem o estilo de casa que adoro: clapboard, com varandinha, cerca branca e muuuuitas flores!

monterey-67

Vi várias ruas com árvores no meio delas - sem ilhas!
Vi várias ruas com árvores no meio delas – sem ilhas!
monterey-california
Oliveiras na Califórnia!
monterey-39
As cores do Outono no final do verão

monterey-california-18

Mas o que leva muita gente a Monterey é seu entorno: apenas 7 km a separam da charmosa Carmel ou da linda 17-Mile Drive (foto de abertura deste post), tema de publicação futura.

carmel-big-sur-california-9
A primeira praia da 17-Mile Drive, em Spanish Bay

Como chegar a Monterey
Não temos voos diretos do Brasil para lá, então terá que fazer conexão em Los Angeles, São Francisco, San Diego, Las Vegas ou Phoenix.

A partir de São Francisco são apenas 190 quilômetros. Se tiver tempo, pode parar no Gilroy Premium Outlet, que fica no caminho, mas mais perto de Monterey do que de San Fran, tanto que como já era noite quando nos aproximamos decidimos fazer um bate volta a partir de Monterey no dia seguinte. Valeu a pena? Com o sono que eu estava, foi ótimo para dormir mais um pouquinho no carro! 😊

De São Farncisco a Monterey
De São Farncisco a Monterey

Onde Comer em Monterey
Comece bem o dia com um desjejum caprichado no Caffe Trieste, uma rede bem diferente do estilo Starbucks. Você também pede no balcão, mas eles servem à mesa e o ambiente é acolhedor – com wifi livre. Fica na Alvarado Street, no centro da cidade, perto do Rabobank. Você leu direito! 😂 Vimos várias agências com esse nome nesta parte da Califórnia.

O café da manhã doce da minha filha
O café da manhã doce da minha filha

Se o dia estiver bonito, por que não fazer um picnic? Na Coastal Trail você encontra mesas com uma bela vista da marina e do horizonte.

monterey onde comer

Não comemos em Fisherman’s Wharf, mas lá tem vários restaurantes. Tivemos duas refeições na Cannery Row e aprovamos. No almoço escolhi um prato típico norte-americano, o clam chowder, no Louie Linguini’s.

O Clam chowder no pão italiano
O Clam chowder no pão italiano

No jantar, escolhemos o Fish Hopper, que fica sobre o mar e é todo envidraçado. Escolhi um salmão com cobertura de gergelim preto.

monterey onde jantar

Foi nesse restaurante que entendi porque não estavam servindo água aos clientes assim que se sentassem à mesa, como é prática nos Estados Unidos. Devido à seca, água é servida apenas se solicitada.

Se você perdeu a chance de provar o chocolate Ghirardelli, que virou ponto turístico em São Francisco, em Monterey você tem outra oportunidade e a loja na Cannery Row fica lotada. Um pacote de 422g com tabletes sortidos sai por 16 dólares. Minha opinião sobre o chocolate? Nada demais.

Preços médios (em dólares, em setembro/2016)

refrigerante: 3,50
Corona long neck: 5,50
espresso: 3,95
Salada Caesar: 8
Salada Caprese: 12
Chowder no pão italiano: 13
Espaguete e almôndegas ou pene a bolonhesa: 16
Porção de camarão empanado com fritas: 24
Fish and chips: 17
Salmão ao pesto co legumes: 25
sobremesa (bolo ou mousse): 10

Onde ficar em Monterey
Em minhas buscas encontrei vários hotéis com lareira, mega românticos, mas como não era o caso (nem frio, nem romance), ficamos no Arbor Inn, hotel estilo motel americano com estacionamento grátis e café da manhã bem ruinzinho. O quarto era espaçoso, limpo e confortável. O exterior era muito charmoso. 

monterey onde ficar

Procure seu hotel ou pousada em Monterey pelo Booking.com. Se você gostar do preço, faça sua reserva clicando no logo deles aqui no blog (ou no link acima) e eu recebo uma pequena comissão para ajudar a pagar a manutenção do blog. Você não paga nada a mais, pode conferir!

carmel-big-sur-california

Anúncios