Suvenires de Viagem Diferentes – 8 em 8

Acabo de ser convidada a participar de um grupo de blogueiras que mensalmente escolhem um tema, escrevem em seus blogs e compartilham suas ideias em 8 itens, e o primeiro assunto não poderia ser mais gostoso: suvenires, ou no original, souvenirs.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Já publiquei aqui no blog sobre as várias formas de suvenires de viagem para você colecionar, usar, exibir em sua casa ou em seu corpo, nos posts Sua paixão por viajar expressa na rua, na chuva, na fazenda e Lembranças de Viagem na Decoração e para este post fiz certo esforço para evitar falar novamente sobre as pequenas coleções de suvenires de viagem que tenho e de que já falei nos posts mencionados, então o resultado foge um pouco do que se esperaria de um post como este.

Não tem jeito, quem tem o gene do wanderlust além de o gosto por viagem correr nas veias vai sempre ter no corpo, em algum cantinho da casa, na mochila inseparável, no carro, alguma coisa que expresse isso. Outro dia eu estava estudando italiano e de repente percebi que naquele momento havia ao menos 4 coisas que falavam de mim e do meu gosto por viajar: meu apontador, o lápis, o anel e o querer aprender outras culturas.

Fiz uma caça ao que não está tão exposto na minha casa, mas que também traz lembranças de viagem, então cumpre a função de suvenir:

  1. o blog – Não é propriamente um suvenir, mas nele estão os relatos e as imagens de quase todas minhas viagens. Não tem como não ser um suvenir digital dos melhores!

2.  bilhetes de transporte, ingressos de museus, panfletos. Quem curte mesmo viajar guarda todos! Mas te desafio a ter um roteiro feito por agência de viagem d-a-t-i-l-o-g-r-a-f-a-d-o! Abaixo estão algumas das coisas que guardo de minha primeira viagem internacional, em 1996. À esquerda estão os bilhetes aéreos e o roteiro feito numa máquina de escrever. Sim, isso aconteceu no século passado, jovens leitores! À direita, jornais informativos de 2 parques nacionais norte-americanos e alguns ingressos. Direto to túnel do tempo…

suvenires direto do século 20!

3. passaportes antigos – quem não adora ficar vendo os carimbinhos que atire o primeiro passaporte! Um deles não me foi devolvido quando emiti o novo, então perdi 😪, mas tenho guardado os demais.

4. canetas, anéis e chaveiros – Não tenho uma coleção, propriamente, mas apenas alguns itens que achei bonitinhos e comprei. Além da quantidade, o fato de estarem em uso os desqualifica para coleção – mas não para lembrança de viagem! Veja que alguns chaveiros estão até quebrados, mas morro de dó de jogar fora…

5. novos alimentos – quem disse que suvenir precisa ser um trequinho? Logo que voltamos de uma viagem, trazemos na bagagem cognitiva uma nova cultura. Não sou daquelas que experimentariam gafanhotos, mas desde que fui ao Peru sempre tem Pisco Sauer na geladeira, assim como Limoncello depois que provei em Capri. Waffle eu até tentei, mas nunca será igual ao que comi em Bruges, na Bélgica, e acabei desistindo, mas o stroopwafel da Holanda encontrei em SP e marca presença no café da tarde. Brusquetas como entradinha, chá English Breakfast (depois lembrei que tem o de coca, tazido do Atacama!), salada coleslaw, molho Caeser em vez do velho azeite-sal-vinagre, sim, tudo influência de viagens e também trazem recordações.   

6. folhas de árvores – Sou daquelas que presta atenção nas árvores e plantas e às vezes pego algumas de formatos diferentes para trazer e guardo dentro de um livro. É uma surpresa abrir o livro e encontrar a folha ali, mas por esse motivo não encontrei muitas para fotografar para o post!

7.  Livros – Normalmente compramos guias para nos ajudar a planejar e aprender mais sobre o destino, mas durante uma viagem eu costumo comprar (se achar por um precinho bom) livros com fotos profissionais, que serão além de fonte de mais informação, mais um suvenir.

8. Mantas e tecidos – No Peru, as mantas produzidas com lã da alpaca são deliciosas ao toque e eu trouxe duas de lá, pois o preço era muito bom. Do Atacama eu trouxe este tecido azul e em tons de marrom que uso como uma sobretoalha. No post Lembranças de Viagem na Decoração  mostro um trabalho mais artesanal peruano que eu enquadrei.

Suvenires são alimentos para a alma. Não esconda sua coleção, ela tem vida, te traz recordações boas e com elas boas energias, por isso devem estar sempre ao alcance dos olhos. Às vezes visito pessoas que têm casas impecáveis, bem decoradas, onde nada está fora do lugar, mas é tudo muito impessoal e tenho a impressão de que estou dentro de uma revista de decoração. Casas devem ter alma e as lembranças de viagem contam historias, tornam sua casa um espaço único, subjetivo, pessoal.

E você, o que guarda ou exibe como suvenir? Deixe aí nos comentários.

E o que será que as outras blogueiras falaram sobre seus suvenires? Confira clicando abaixo:

Diário de Polly

Qualquer Latitude

Why not?

Foca no Glitter

Quarto de Viagem

21 comentários sobre “Suvenires de Viagem Diferentes – 8 em 8

  1. Pollyane Martins (@diariodepolly) maio 10, 2017 / 5:26 am

    Oi Márcia, que delícia de post! Tanto pelas fotos como pelas observações que você fez ao longo do texto. Super concordo que casa tem que ter alma e, para nós, com almas de viajantes, não pode faltar itens de decoração que atravessaram mares para chegar a nossa casa, não é? Beijo grande! Ah, seja bem-vinda ao 8 on 8 🙂

    Curtir

  2. Gisele Rocha maio 12, 2017 / 6:24 pm

    Que post legal!!! Bom, eu me desapeguei de trazer souvenires de viagem, pois cada um que quebrava, sumia ou se deteriorava de alguma forma era um mês de lamentação. Hoje trago coisas, peças de roupa, acessórios, cadernos e até utensílios para a casa, mas nada que cause o fim do mundo se estragar.
    Ma parliamo d’altro, perchè stai imparando l’italiano?

    Curtir

    • Gisele, isso desanima mesmo, mas minha faxineira (há 16 anos) nunca quebrou nada, acredite!
      l’Italiano è una lingua che si ama! Sempre quis aprender e resolvi realizar esse sonho. Bacci

      Curtir

  3. Vickawaii maio 13, 2017 / 5:42 pm

    Nossa, tem um monte de suvenirs diferentes, até folhas! Sempre que eu volto de viagem eu trago alguma coisinha, mas o ~clássico~ aqui na família é uma mini-estátua de algum monumento do país, comida (mas claro! haiusdhiau) e também, livros. Meus pais foram pra Argentina e não trouxeram nenhum livro mimimi, agora em junho eu vou e comprarei (:
    Beijos, Vickawaii

    Curtido por 1 pessoa

  4. Patricia maio 13, 2017 / 7:18 pm

    Ter coisas que trazem memórias de momentos bons é uma delícia, né? É claro que viagens não podem ficar de fora.
    Não tinha parado para pensar dessa forma, mas tem coisinhas que uso no dia a dia que trouxe do mundo e nem tinha reparado o quão internacional eu ando por ai. hahaah

    Curtir

  5. Simone - Família Viagem maio 14, 2017 / 5:18 am

    Linda sua coleção! Eu tenho uma coleção de globinhos de neve e de imãs de lugares que já visitei e comecei um coleção de copinhos de tequila.

    Curtir

  6. Joolices maio 15, 2017 / 10:02 am

    O roteiro datilografado me deixou de queixo caído! Você é uma inspiração para quem está apenas engatinhando como eu. Lindos seus artigos de viagens!

    Curtir

  7. Apure Guria!!! (@angiecomsardas) maio 15, 2017 / 10:31 am

    adoro trazer coisinhas aleatorias de viagem como folhas, pedras e conchas…apesar de nao deveria, mas né haueahe já tem uma coleção de passaportes!

    Curtir

  8. Ju Garzon maio 15, 2017 / 1:20 pm

    Também sou viciada em canecas! hahaha Hoje eu tento trazer souvenirs “úteis”, tipo uma peça de roupa, bijoux, caneca (!!!) ou uma pequena peça de decoração que eu saiba que não vá achar feia depois, sabe? Tantas vezes comprei um negócio na empolgação e depois, em casa, fiquei encarando aquela coisa tipo “o que eu faço com isso agora”?? hahaha Agora dei de colecionar imãs de geladeira, pelo menos é um “tranqueirinha” que não ocupa espaço!

    Curtir

  9. Katarina Holanda maio 15, 2017 / 5:45 pm

    Eu amo esses projetos! 🙂 Também sempre trago comida/bebida e um ímã pra minha coleção. Do Atacama me arrependi muito de não comprar uma manta ou poncho, são lindos!

    Curtir

  10. Deisy Rodrigues maio 16, 2017 / 3:44 pm

    Eu adoro imã de geladeira e lápis, chaveiro e cartão postal, compro pra dar de presente e depois fico pra mim, sou dessas hahahahaha.

    Curtir

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s