Sobre

Oi, eu sou a Márcia, autora do blog e, diferente da moçada de 20 e poucos anos que cai na estrada para conhecer esse mundão e lança blogs para compartilhar suas aventuras, eu tinha 45 anos quando comecei a blogar. Criei o Mulher Casada Viaja quando chegou aquele momento da vida em que pude me dar ao luxo de dizer “chega” e assumir uma rotina mais humanizada, com direito a cafezinho da tarde, buscar filha na escola no meio do dia, dormir 8 ou 9 horas por noite. Luxos impensáveis para quem vive e trabalha em SP. A vida começa aos 45!

Esta rotina mais humanizada me permite também tempo para ler e blogar e, claro, viajar em períodos que antes seriam impossíveis, podendo aproveitar a primavera e o outono, as melhores épocas na maioria dos destinos.

Viajo principalmente acompanhada do maridão e dependendo do destino Júlia nos acompanha. Já viajei com amigas, com meus pais, sozinha. São todas experiências diferentes e sugiro que você também prove todas as formas.

rio-cruzeiro-roteiro
Aqui sou eu no plural, com Álvaro e nossa filha Júlia

O Mulher Casada Viaja

Comecei o blog como muitos fazem: sem pretensões, inicialmente para meu próprio prazer de reviver as viagens, depois para inspirar e ajudar as pessoas a viajar bem e melhor do que aqueles que viajam em excursões ou pacotes de viagem impessoais. Mas acredito que haja espaço para todo tipo de turismo e respeito quem prefira viajar ’empacotado’ – apenas não me conformo. (rsrsrs)

Os posts são resultado de minha experiência pessoal, as fotos e vídeos também, e quando em raros casos não são, estão assim identificados. Isso significa que estão protegidos pela lei dos direitos autorais e sua reprodução em parte ou integral é proibida sem minha autorização.

Os serviços indicados por mim, como reservas pelo Booking.com, Rentcars.com, ou qualquer outro parceiro do blog, foram testados e aprovados em minhas viagens, o que me traz segurança para sugerir a você que utilize seus serviços. Deixo claro que a comissão recebida através destas parcerias é o que garante que o blog continue no ar, levando informação de qualidade aos viajantes de forma gratuita. A manutenção do blog vai além do valor da hospedagem, implica softwares, investimento em equipamentos, aprendizagem contínua, além do meu tempo, aquele que todos devemos valorizar e aproveitar ao máximo em nossa breve passagem por este mundão lindo.

Quanto a passeios e hospedagens patrocinados, deixo claro nos posts esta questão, mantendo, entretanto, a transparência e veracidade das experiências vividas, afinal, não aceitaria uma parceria com empresa que não prestasse um bom serviço e até hoje isto nunca aconteceu.

Escrevo de uma forma muito pessoal, tentando manter o equilíbrio com posts práticos, como os guias de viagem das cidades que visito, e outros em que me dispo totalmente e transmito toda alegria e encantamento que viajar traz. Escrevo com paixão pois foram jornalistas e escritores apaixonados que me apresentaram o gosto por viajar. Espero que se apaixonem, também. Um grande abraço e obrigada pela visita!

Ah, o blog tem esse nome porque só comecei a viajar depois que me casei (pai militar é fogo!). Você, hétero ou homo, solteiro/a, viúvo/a, divorciado/a, você, é, você homem, este site também é para você! Porque viajar é trocar a roupa da alma. Vem trocar comigo!

Trem 2 - Copia

Contato

Para dúvidas sobre destinos, por favor faça o comentário no post relativo a ele, assim eu responderei ali e sua dúvida poderá ajudar outros leitores também.

Caso tenha algum outro assunto a tratar, por favor escreva para contato@mulhercasadaviaja.com

Redes Sociais

Assinar gratuitamente a newsletter do blog garante que você receba uma notificação em seu e-mail de todos os novos posts publicados. Não vou entupir sua caixa de entrada, não. A média de posts mensais é de 5 ou 6.

Seguir o perfil do Mulher Casada Viaja no Facebook, Instagram e Pinterest também pode ser legal para dicas mais rapidinhas ou inspiração.