15 Bate-Voltas e Viagens a partir de Paris

Sempre rola esta pergunta nas redes sociais: “vou a Paris e queria dicas de outras cidades próximas”, por isso deixo uma ajudinha aqui no blog com cidades e lugares para conhecer a partir da capital da França. Além disso, saiba o que considerar para decidir se e quais bate-voltas vale a pena fazer tendo como base Paris – e a reflexão serve para qualquer outra cidade.

Paris bate voltas
Salve esta imagem no seu Pinterest para compartilhar com amigos e voltar aqui quando quiser

Antes de falar sobre as cidades para conhecer a partir de Paris, preciso te falar uma coisa. Se você acompanha o blog, sabe que sou a favor do planejamento regional, desconsiderando as fronteiras; vou exemplificar que ficará mais fácil para você entender.
Continuar lendo

Anúncios

Comer, Beber e Viajar – 8 on 8

Diferente de Elizabeth Gilbert, autora do best seller Comer, Rezar, Amar, eu não fui a Roma por 6 meses para viver os prazeres da gula massa, e embora a Itália seja o país que mais ative meus sentidos na hora das refeições, provar as comidas – e bebidas – típicas dos lugares por onde passamos faz parte da experiência de viagem, seja um simples peixe frito na beira da praia, seja provar um inseto crocante no Oriente – PODE PARAR TUDO!!! isso acho que nunca vou conseguir fazer e admiro quem consiga provar lesma de bicho da seda no Vietnã, carne podre de tubarão na Islândia, formiga sei lá onde. Se eles não fazem cara feia, eu faço só de ver!

Neste post você encontra dicas ‘escondidas’ nas descrições dos pratos cujas imagens compartilho com vocês e com o grupo de blogueiras do 8on8, do qual faço parte. São 8 imagens publicadas no dia 8 de cada mês. Já participei com O que Fotografar em P&B e compartilhei meus Suvenires de Viagem Diferentes. Então vamos lá!

monterey restaurantes
O café da manhã em Monterey, Califórnia

Continuar lendo

Dirigindo na Califórnia #2: Sinais e Regras de Trânsito, Combustível, Estacionamento

Esta é a segunda parte do post com dicas para quem vai dirigir na Califórnia, como sinais de trânsto, combustível e estacionamento, mas as dicas cabem bem para outros lugares dos Estados Unidos, também. Não deixe de ler a primeira parte do Dirigindo na Califórnia, que dá dicas de pedágio, estradas, aluguel de carro e habilitação.

Não sei se foram as décadas de estudo e posteriormente de ensino de Inglês americano (ou serão décadas de filmes, animações e séries americanas?), o fato é que a sinalização e até algumas regras de trânsito a gente simplesmente sabe, mas ainda assim me surpreendi com uma delas, que nunca tinha reparado em outros estados, então o mesmo pode rolar com você. Estacionamento é sempre uma incógnita e neste post você encontra dicas muito legais sobre isso e mais ainda sobre combustível. Deixe a preguiça de lado e leia o post todinho!

Continuar lendo

Museu do Café na parada de Cruzeiro em Santos

As cabras é que sabem das coisas. Diz a lenda que um pastor etíope notou que seus bovídeos ficavam mais alegres e saltitantes depois de comer os grãos de um determinado arbusto. E assim começa a historia do café pelo mundo! Neste post conto sobre nossa visita ao Museu do Café, na cidade de Santos-SP.

Mesmo que você não seja do Estado de São Paulo, sua historia está entrelaçada com a cafeicultura: edifícios, ferrovias, modernização de portos, casarões na cidade e nas fazendas, o próprio teatro Muncipal de São Paulo, literatura, muito do desenvolvimento de São Paulo se deve à riqueza produzida nos cafezais espalhados pelo interior do estado de São Paulo, sul de Minas Gerais e norte do Paraná. A cidade de Santos nasceu e desenvolveu-se graças à construção do porto de Santos, necessário para o escoamento da produção. O café mais que merecia um museu para contar sua trajetoria e o charmoso prédio da Rua XV de Novembro, construído em 1922 especialmente para abrigar a então Bolsa Oficial de Café, foi escolhido. Os pregões negociavam o valor das sacas de café e aconteceram até a décade de 1950, quando os negócios se transferiram para a capital de São Paulo. O lindo edifício passou por um período de abandono e degradação até que o governo do estado de SP o assumiu e iniciou o restauro.

A fachada do Museu

Continuar lendo

Dirigindo na Califórnia #1: Pedágios, aluguel de carro, estradas e mais

 Sonhando em dirigir pelas estradas da Califórnia, mas não sabe se a CNH é aceita, quanto custa um galão de gasolina, como são as regras de trânsito e outras tantas dúvidas que surgem no planejamento ou que nos pegam de surpresa quando já estamos dirigindo pela Califórnia? Então fica aqui e leia a primeira parte do Guia para Dirigir na Califórnia, fruto de minha observação, experiência e pesquisa para você rodar tranquila/o pelas infinitas highways. Esta primeira parte compreende habilitação, fala sobre as estradas, limites de velocidade e aluguel de veículo.

Bay Bridge, em São Francisco

Emissão de Passaporte Brasileiro

Com antecedência de um mês do vencimento, recebi um e-mail da Polícia Federal me lembrando que meu passaporte venceria em 6 meses, olha que coisa inesperada de um serviço público, mal acreditei. Poucas semanas depois de eu fazer o agendamento, veio a preocupante notícia de que a Polícia Federal deixaria de emitir novos passaportes por falta de verba.  Compareci ao posto da Polícia Federal em São Caetano do Sul em 4 de julho e ainda não havia previsão de entrega dos passaportes, mas a funcionária me assegurou que em setembro, quando viajarei, a situação “já” deve estar normalizada. Aproveito para deixar dicas de como emitir (ou renovar, já que é o mesmo processo) o passaporte brasileiro.

Continuar lendo

Viajando de trem, avião, carro, navio…O que importa é o fim ou o meio?

O  fim justifica os meios. Maquiavel que me desculpe, mas os meios de que falo são os de transporte! Ao fim de qualquer viagem, encontramos o destino sonhado, o descanso urgente, o tempo compartilhado todinho com os que você mais ama ou o encontro consigo, mas enquanto não inventam o teletransporte e é preciso usar um meio convencional, o transporte utilizado numa viagem pode interferir diretamente nessa experiência e enriquecê-la. Então nem pense que é só um meio de chegar lá.

Venha comigo, porque hoje é dia 8, dia do mês em que publico 8 fotos com o tema sugerido pelo grupo de blogueiras 8on8 e como você já deve estar imagindo, o tema de julho é transportes. Não se interessa pelo assunto? O texto está cheio de links para você conhecer destinos nas Américas e Europa e eles podem servir de inspiração para sua viagem!

A estação de trem Keleti, em Budapeste

Continuar lendo

O que Fazer em Trento: roteiro de 1 dia

“Decidi onde vou viver quando me mudar pra Itália!”, disse para minha colega de viagem assim que avistei a piazza duomo da janela do apartamento alugado em Trento, com a mesma certeza que tive em tantas outras cidades que conheci, como Vancouver no Canadá, São Francisco nos EU, Budapeste na Hungria… O devaneio continuou no dia seguinte, quando vi no horizonte, espremidas nas ruas estreitas e entre os predinhos alinhados, as montanhas alpinas, e prosseguiu quando passei em frente à universidade de Letras de Trento. Mas este post não é sobre meus sonhos de viver ali – ou fora daqui -, mas sim para compartilhar o que há para fazer em Trento, uma cidade fora dos roteiros tradicionais dos brasileiros que vão à Itália, mas que merece um lugar ao Sol, se você tiver além de 15 dias na Itália ou se já provou a bota noutra oportunidade.

Norte da Itália

Continuar lendo

Aprender uma nova língua: outra forma de viajar

Sem grana ou tempo pra viajar? Que tal mergulhar em outra cultura enquanto aprende uma língua? Fiz duas grandes viagens (leia-se caras) logo no começo deste ano e estou no período entre viagens, ou seja, fase de abstinência, sofrendo cold turkey (esta veio direto do túnel do tempo, do livro Christiane F, quem lembra?), então tive a ideia de compartilhar como tenho mantido a sanidade (aff, Marcia, que exagero digno de uma canceriana!): aprendendo italiano.

Continuar lendo

Exploratorium: Nerdices no Roteiro de São Francisco

Especialmente se você for um ser que não gosta de museus (whaaaat?), te desafio a incluir o Exploratorium no roteiro de sua viagem a São Francisco e depois dizer que não gostou! Tudo o que li o indica principalmente para crianças, mas este museu interativo cheio de nerdices é um parque de diversões para qualquer curioso.

Sabe aquele meme “eu tirando foto dos outros, os outros tirando foto de mim”, então…

Continuar lendo