Dirigindo na Califórnia #2: Sinais e Regras de Trânsito, Combustível, Estacionamento

Esta é a segunda parte do post com dicas para quem vai dirigir na Califórnia, como sinais de trânsto, combustível e estacionamento, mas as dicas cabem bem para outros lugares dos Estados Unidos, também. Não deixe de ler a primeira parte do Dirigindo na Califórnia, que dá dicas de pedágio, estradas, aluguel de carro e habilitação.

Não sei se foram as décadas de estudo e posteriormente de ensino de Inglês americano (ou serão décadas de filmes, animações e séries americanas?), o fato é que a sinalização e até algumas regras de trânsito a gente simplesmente sabe, mas ainda assim me surpreendi com uma delas, que nunca tinha reparado em outros estados, então o mesmo pode rolar com você. Estacionamento é sempre uma incógnita e neste post você encontra dicas muito legais sobre isso e mais ainda sobre combustível. Deixe a preguiça de lado e leia o post todinho!

Sinais e regras de trânsito

Se você dirige no Brasil, vai se achar no paraíso ao guiar na Califórnia, mas para isso é preciso saber as regrinhas para dançar conforme a música. Aproveitando a metáfora, vai aí a dica 1:

  • suspiro de inveja ao ver o balé dos carros nos cruzamentos sem semáforos. Não sei se por aqui esta regra vale, mas sei que em SP se você não se jogar no cruzamento acaba definhando ao volante. Lá é impressionante como se respeita a vez, passando um carro por vez que esteja em cada uma das 4 vias, uma coreografia como numa dança hollywoodiana. E se você desrespeita porque desconhece, eles buzinam e dão uma ralhada. Aprendemos na bronca, mesmo. 😀
  • Adoro esta regra, presente em várias cidades americanas: você pode virar à direita mesmo que o semáforo esteja vermelho para quem está na sua via, desde que pare, olhe e não haja pedestre atravessando a via ou carro vindo naquela faixa – e desde que não haja a placa “No Right Turn On Red”.
  • U-turns (fazer a inversão do sentido) também são permitidos muito mais do que aqui, a menos que haja placa proibindo (primeira placa à esquerda da última linha na imagem abaixo).
  • Yield significa dar preferência ao motorista que vem na pista que você está para adentrar (segunda placa  da primeira linha).

placas sinais de trânsito Califórnia

  • Buckle up – É obrigatório o uso de cinto de segurança para todos no veículo e crianças abaixo de 8 anos precisam usar a cadeirinha ou assento elevado.
  • One Way indica que a rua é de apenas uma mão.
  • Dead End significa que a rua é sem saída.
  • Do not Enter indica que a rua é contra-mão naquela direção ou que não é permitido o acesso (segunda linha, segunda placa à esquerda)

Esta eu aprendi na Flórida, the hard way, mas vale na Califórnia também. Ao sinal de Stop, não adianta só diminuir a velocidade, mesmo que nem uma mosca esteja no cruzamento, é preciso parar, mesmo. A polícia nos parou por isso num cruzamento deserto de Key West.

Ainda me lembro quando aprendia Inglês e lia sobre o movimento de mães californianas contra dirigir após ingerir álcool e isso foi lá no final dos anos 1980. Elas conseguiram e muitos países seguiram o exemplo: se houver mais que 0,08% de álcool no seu sangue você pode pegar cadeia e ter que pagar até US$ 1,000 de multa. Não é o tipo de turismo que me atrai…

Motociclistas precisam usar capacetes e é permitido trafegarem entre as faixas, como aqui, mas diferente daqu, não há tantas motos nas ruas, mais nas estradas.

Tá gostando das dicas? que tal colaborar com a manutenção do site e fazer as reservas de hotel através do blog? Temos parceria com o Booking.com, que sempre usei para reservar hospedagem e indico porque confio. Fazendo a reserva clicando aqui ou no logo presente aqui no blog, recebo uma pequena comissão. Um gesto simpático para agradecer pelas dicas, thanks!

 

Cramp wheels to curb: Gire o volante para a guia

Cramp Wheels to Curb é uma placa que pode aparecer junto a sinais de estacionamento em ladeiras – e você pode ser multado se não obedecer. Então é só girar as rodas para que o pneu do carro fique apoiado na guia, e freie o carro caso os breaks não o segurarem.

Park at 90 degrees: estacione a 90 graus, fácil essa!
indica lombadas à frente

Nas estradas, a sinalização fica um pouco diferente e me lembro de algumas coisas que podem ser importantes:

Park and Ride: não tenho foto, mas vi nas estradas próximas a Los Angeles. Indicam saídas para estacionamentos onde você pode deixar seu carro e tem acesso fácil ao transporte público.

Carpool: a faixa exclusiva para carros com 2 ou mais pessoas

Carpool Lane: só rode nesta faixa se estiver com duas ou mais pessoas no carro. É geralmente a faixa da esquerda em uma highway.

Bom, pra seguir estas dicas, você vai precisar alugar um carro, né? Faça um orçamento na Rentcars.com, um site de busca de locadoras como Hertz, Alamo, Localiza, Europcar, dentre outras. É uma parceria recente do Mulher Casada Viaja, mas aprovada pela RBBV, a Rede Brasileira dos Blogs de Viagem. Então se você gostar dos preços e condições que encontrou no Rentcars.com, que tal reservar ao clicar no logo deles aqui no blog, ou no link acima? Você não paga nada a mais fazendo este gesto simpático e contribui com a manutenção do blog. Thank you!

Estacionamento

As cidades que visitei possuem mais ou menos o mesmo método de estacionamento: gratuito, pago em parquímetro, pago em estacionamento público. Note que público significa que qualquer um pode usar, não que seja gratuito.

Estacionar nos centros de San Diego, Los Angeles e São Francisco é bem caro, então prepare o bolso ou escolha um hotel que inclua estacionamento gratuito. Se não quiser pagar pelo estacionamento perto das atrações, use transporte público.

estacionamento permitido por 90 minutos

Na cidade de Monterey, não há parquímetros, e na maior parte da cidade é permitido estacionar por 15, 30 ou até 90 minutos gratuitamente. Aí o jeitinho brasileiro entranhado em mim perguntava: e como eles sabem o tempo que você mantém o carro na vaga? Claro que respeitamos o tempo da placa, mesmo sem saber como isso funcionava, mas depois de umas horas na cidade aprendi: vimos um senhor num carrinho elétrico pintando os pneus dos carros com uma espécie de broxa com cabo longo! Acredito que ele marque os carros que ali estejam e depois retorne para ver quais permaneceram depois do tempo permitido. Chega a ser engraçado e acho que é por isso que curti tanto ficar em Monterey, que tem um jeitinho interiorano à beira-mar.

Leia sobre Monterey, Los Angeles, São Francisco, Yosemite, San Diego e a viagem pela costa na CA-1 na página índice da Califórnia

Não é permitido estacionar em guias pintadas de vermelho e nas pintadas de azul apenas pessoas com dificuldades de locomoção podem estacionar. Se a guia estiver pintada de verde, é permitido usar a vaga entre 15 e 30 minutos, de acordo com a placa.  Guias pintadas de ou no natural cimento cinza são liberadas para estacionar, se não tiver nenhuma placa dizendo o contrário.

a guia pintada de vermelho: porque é na esquina e por causa do hidrante

Tow Away zones são áreas em que você será guinchado caso estacionar, cuidado!

Tow away: vão te guinchar!

Super dica: O site Best Parking localiza estacionamentos em várias cidades americanas e informa horários e preços.

Combustível na Califórnia

Tipos de combustível e postos
Há três tipos de combustível: o unleaded, o regular e o premium. Os nomes podem variar um pouco, mas em geral o unleaded é a que não tem contém chumbo e o premium a aditivada.
Eu vi postos com nomes desconhecidos, mas também vi famosos como Shell, Chevron, Arco e Mobil.

Em lugar de rico, o custo da gasola também é mais alto! Bomba no posto do condomínio em Pebble Beach

Preço do galão de combustível
Lembre-se que os Estados Unidos não adotam o sistema métrico, então em vez de litros, eles usam o galão, que é o equivalente a 3,7 litros.
O custo varia muito pouco de um posto para outro e é mais caro em regiões mais isoladas, como o parque nacional Yosemite e em Big Sur, na região de Monterey.

Super dica: O site Gas Buddy (tem app também) localiza os postos de combustível em todo o território americano e informa os valores do galão nos postos próximos a você!

Boa dica: Para saber o quanto gastará com combustível e pedágio durante uma viagem, eu tenho usado o Via Michelin . Além disso, ele traça as rotas e informa o tempo gasto no percurso e se há trânsito, acidentes, obras, etc.

Abastecendo o carro na Califórnia
Como em outros estados americanos, não há frentistas e você é quem abastece e isso pode deixar quem vai pela primeira vez um pouco apreensivo, então fiz um passo a passo aqui:

  1. pare o carro com a boca do tanque virada para a bomba, pois a mangueira costuma ser curta e não alcança a largura do veículo.
  2. o pagamento é feito antes do abastecimento, então lembre-se que com $25 dólares dá pra completar 3/4 do tanque de um sedan. Há duas formas de fazer o pagamento: com cartão de crédito ou no caixa da loja de conveniência. Eu nunca consegui pagar com cartão de crédito porque a máquina pede um CEP e ela não aceita o CEP brasileiro, então prefiro ir direto ao caixa. É bem simples até para quem não fala Inglês: basta dizer para o caixa, por exemplo “$20 number 3” (número 3, por exemplo, é o número da bomba em que você parou para abastecer). Se quiser, peça o recibo, pois geralmente eles não o dão espontaneamente, mas de qualquer forma só vem impresso o valor total pago e não a quantidade de galões.
  3. Galão é a unidade usada nos EU para líquido, não litro como aqui. 1 Galão equivale a 3,7 litros.
  4. Depois do pagamento, volte ao carro, coloque a mangueira no acesso do tanque e escolha o tipo de combustível simplesmente apertando o botão equivalente. A bomba começará a encher e vai parar quando o total pago for atingido. Caso caiba menos gasolina do que você pagou, é só voltar ao caixa e receber o troco.

Se você já rodou pela Califórnia e tem alguma dica que eu não lembrei ou da qual não sabia, deixe aí nos comentários. Se tem uma pergunta, faça o mesmo que eu tentarei ajudar.

Abraços e uma boa Califórnia pra você!

 

Anúncios

19 comentários sobre “Dirigindo na Califórnia #2: Sinais e Regras de Trânsito, Combustível, Estacionamento

  1. quartodeviagem 30 de julho de 2017 / 14:25

    tirando o lado em que os americanos dirigem, me parece que a lei de trânsito dos EUA e da Inglaterra são bem parecidas, até mesmo as expressões, ótimo saber, assim já me preparo pra próxima viagem!

    Curtir

  2. angiesantanna 30 de julho de 2017 / 15:29

    bahh outro post excelente de guia pra quem quer dirigir nos eua! eu fico muuuito perdida com as placas e com ctz ia me bater muito no Self service de abastecimento ahueahe gostei que deu dicas de aplicativos de gasolina barata e a conversao dos volumes!

    Curtir

  3. Katarina Holanda 31 de julho de 2017 / 10:34

    Mais um post seu que é um guia! 🙂 Eu to tirando CNH agora e não vejo a hora de poder alugar carro em viagem pra fazer roteiros que não conseguia por essa limitação. ❤

    Curtir

  4. 1001dicasdeviagem 31 de julho de 2017 / 14:38

    Muito bacana seu post e super útil para quem for para a região! Também adorei as dicas dos aplicativos. Não cheguei a procurar aplicativos sobre isso por aqui, mas você me deu uma ótima idéia. Aliás, aqui na França os postos também não tem frentista e só aceitam cartão de crédito (por sorte estávamos com o cartão quando fomos abastecer a primeira vez). Outra coisa que é confuso por aqui é o sistema do pedágio, que também não tem ngm além da máquina rs…

    Curtir

    • Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja 31 de julho de 2017 / 23:24

      ahah, nem me fale, paguei o valor cheio do pedágio na primeira vez que usamos carro por aí porque não conhecia o sistema, mas aqui no blog já dei esta dica, também: guarde o tíquete e só pague na saída da rodovia. O mesmo vale na Itália.

      Curtir

  5. Klécia Cassemiro 31 de julho de 2017 / 18:39

    Um dos posts mais úteis que já li, exatamente porque a gente esquece de pesquisar essas coisas e passa sufoco! Na minha primeira vez nos EUA, penei pra abastecer o carro. Primeiro, tive que perguntar qual era o combustível certo… Depois achei que o pagamento era feito depois, ou direto na bomba, e fiquei um tempão esperando ao invés de ir na lojinha. E pra piorar, eu precisava calibrar o pneu, essa fiquei sem conseguir, porque não conseguir operar o calibrador de jeito nenhum ahahah #perrenguesdeviajante

    Curtir

  6. Flávio Borges 31 de julho de 2017 / 19:01

    Wou!! Mais um post de utilidade pública. Dirigir em outro país é sempre tenso e um guia com tantas dicas assim facilita demais a vida da gente!
    Pretendo visitar os EUA em breve e certamente vou precisar alugar um carro por lá… seu post já está nos meu favoritos

    Abçs!

    Curtir

  7. Vickawaii 31 de julho de 2017 / 22:31

    Esse post é interessante não apenas para dirigir, mas também pra aprender inglês haha: tem um monte de expressões que eu nem conhecia! Muito úteis as informações, um dia eu ainda vou fazer uma road trip pela Califórnia (:

    Curtir

  8. Deisy Rodrigues 1 de agosto de 2017 / 2:44

    Perfeita suas dicas, adorei saber dos aplicativos e como se faz para abastecer o carro, é quase uma outra aula de sinais de trânsito, dirigir em outro país, nem tinha parado para pensar nisso hahahahaha.

    Curtir

    • Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja 1 de agosto de 2017 / 11:16

      Depois que você sofre em vários países, percebe o quanto é importante saber as regras e como funcionam as coisas. Na verdade, acho que deveria ser obrigatório, quando se aluga um carro num outro país, passar por uma provinha on line ou algo parecido.

      Curtir

  9. Cristina e Renato 6 de agosto de 2017 / 12:42

    Somos fãs de road trip, sem dúvida o estilo de viagem que a gente mais curte. Achei o post super completo e útil. As regras de trânsito são muuuuuito diferentes ao redor do mundo. É importantíssimo conhecer as principais regras antes de se aventurar em uma road trip. Curti 😉

    Curtir

  10. Natália 15 de agosto de 2017 / 17:36

    Super completo o seu post! Muito obrigada!!!

    Curtido por 1 pessoa

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s