Áustria: Highline 179 num bate-volta de Fussen

Até agosto de 2017, a Highline 179 era a ponte suspensa mais longa do mundo, mas o recente segundo lugar não me tirou a emoção de atravessá-la. Neste post relato nossa experiência ao cruzá-la e dou dicas para você aproveitar sua ida a Fussen, na Alemanha, para esticar até a Áustria e conhecê-la.

A Highline 179 existe desde 2014 e foi pensada para ligar as montanhas onde ficam as ruínas das fortalezas Ehrenberg e Claudia, mas os turistas parecem mesmo curtir atravessar os 406 metros de comprimento e pouco mais de 1 metro de largura da ponte, que até agosto de 2017 era a ponte mais longa do mundo, sendo ultrapassada por uma na Suíça.

A Highline vista do estacionamento (com zoom)

Nossa experiência na Highline 179

Depois de deixar o carro no estacionamento, você passa por debaixo da ponte e encara uma trilha de uns 20 minutos em meio à floresta, subindo a montanha. No outono foi uma experiência prazerosa, com o clima fresco e as cores do outono fazendo presença.

Placas em alemão e inglês contam lendas locais, que podem ser bem interessantes para apimentar o percurso com crianças.

O início da trilha

Como ainda não tinha almoçado, cheguei meio trêmula, mas dá pra fazer a trilha numa boa. Ao final, você verá as ruínas do Ehrenberg (foto abaixo) e o portão de acesso à ponte, que controla o limite de 500 pessoas, por questões de segurança. O bilhete comprado lá embaixo você passa no leitor óptico que fica na extremidade da ponte e pronto: você já está a 5 passos do começo da ponte!

A única vez em que eu havia atravessado uma ponte assim havia sido no Canadá, a Capilano Bridge, mas 21 anos depois eu agi, inconscientemente, exatamente da mesma forma: caminhei forçando as pisadas para aumentar a emoção. As semelhanças acabaram ai. A Capilano tinha o piso de madeira e fica sobre um rio. A Highline 179 tem piso de metal perfurado e fica sobre um vale nos Alpes e abaixo passa a rodovia 179.

Veja o filminho que fiz logo que cheguei, e que compartilhei no Instagram:

 

Este filminho eu fiz no meio da ponte:

Como chegar
As cidades turísticas mais próximas da Highline 179 são Fussen e Schwangau, destinos lindos nos Alpes Alemães e muito visitados por causa do castelo de Neuschwanstein, mas a ponte está no tirol austríaco, em Reutte. 
Se você estiver de carro, provavelmente estará usando o GPS, mas de qualquer forma, veja o mapinha abaixo.

Não há nenhum tipo de controle de fronteira e o adesivo chamado vignette, necessário para rodar pela Áustria, também não é exigido nesta parte da Áustria.

Ingressos, horário e preço da Highline
Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria local e custam €8 (€5 para crianças até 14 anos), com impostos inclusos, e a ponte fica aberta das 8h às 22h.

Além da bilheteria, há banheiros limpos e gratuitos, restaurante, um playground estilo fortaleza para as crianças e lojinha com coisas bem legais também pra elas, como escudos, espadas, capacetes de cavaleiros e miniaturas medievais para brincar e colecionar.

Mais informações no site oficial da Highline 179.

Gostou da dica? Não se esqueça de assinar gratuitamente a newsletter do blog para receber os novos posts, que em geral são semanais. E deixe seu comentário, nada mais triste do que amar escrever e não ser correspondido.

 

 

Anúncios

34 comentários sobre “Áustria: Highline 179 num bate-volta de Fussen

  1. Tatiana 20 de abril de 2019 / 3:15 pm

    Adorei a dica! Já inclui no.nosso roteiro! Aliás também tenho curtido muito todas as suas informações e dicas sobre a Áustria (Salzburg, Hallstatt…) Também sou casada e viajo! Rsrsrs

    Curtir

    • Marcia 21 de abril de 2019 / 6:30 pm

      Pois é, Tatiana, a Highline não é um lugar muito divulgado, apesar de estar pertinho do Neuschwanstein, cheio de turistas! Ah, que legal que estou ajudando. Qualquer coisa, pode voltar aqui! Bom planejamento!

      Curtir

  2. cynara00 26 de abril de 2018 / 10:15 am

    Independente de ser a mais longa ou não, a travessia da ponte deve ter sido muito emocionante, com um visual daqueles não tinha como ser diferente. Fiquei com vontade de conhecer.

    Curtir

    • Marcia 26 de abril de 2018 / 11:10 pm

      Verdade, Cynara, a gente se apega nessa coisa de “mais” rsrs que bobagem!

      Curtir

  3. Marcia 25 de janeiro de 2018 / 9:59 pm

    Oi, Wilson, segundo o site oficial da Highline (link neste post), a partir de Fussen você tem que pegar o trem, descer em Reutte in Tirol, a cidade mais proxima, já na Áustria, 15 minutos depois, e de lá tomar um ônibus.
    Como fui de carro, não tenho esta informação em primeira mão, mas se você jogar Fussen-Reutte no Google maps já consegue traçar a rota de trem. Depis jogue Reutte-highline 179 e veja qual é o ônibus. Depois é só voltar e contar pra gente como foi!

    Curtir

  4. wilson calixto 25 de janeiro de 2018 / 9:12 pm

    Olá! estarei em fussen em abril e quero esticar até a highline! Consigo ir de trem/onibus numa boa?

    Curtir

  5. Caroline Possidonio 17 de novembro de 2017 / 8:58 am

    Amei! Já vou salvar o post pra quando voltar a Europa visitar essa ponte! Post mto bom!

    Curtir

    • Marcia 20 de novembro de 2017 / 9:45 pm

      Obrigada Caroline, vá, sim, é muito legal!

      Curtir

  6. amamelo 17 de novembro de 2017 / 7:05 am

    Deve ser emocionante demais passar por essa ponte. Já fui a Fussen mas não sabia dela, senão certamente teria ido.

    Curtir

    • Marcia 20 de novembro de 2017 / 9:46 pm

      Não sei se foi seu caso, mas na Europa muita gente usa só o trem e sem carro fica difícil ir a alguns lugares, como a Highline 179.

      Curtir

  7. Rozembergue Nominato 16 de novembro de 2017 / 8:31 pm

    A região é linda. Adoro essa fronteira. Não cheguei a conhecer essa atração, mas está aí mais um motivo para voltar a Áustria e Alemanha.

    Curtir

    • Marcia 20 de novembro de 2017 / 9:46 pm

      Sempre muitas desculpas para voltar, ehehe

      Curtir

  8. Camila Lisbôa 15 de novembro de 2017 / 6:48 pm

    Medinho total dessa ponte!!! Mas vale a pena ne, que lugar mais lindinho 🙂 E essas cores de outono, um amor ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Marcia 20 de novembro de 2017 / 9:47 pm

      Agora que você mencionou o outono fiquei pensando nela com neve…

      Curtir

  9. Viviane Carneiro 15 de novembro de 2017 / 9:39 am

    Nossa… que lugar mais lindo! Amei as fotos que estão simplesmente maravilhosas. Preciso conhecer esse lugar. Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  10. ligia 14 de novembro de 2017 / 1:51 pm

    Uau!!!! adoro essas aventuras. Já está no meu caderno de favoritos. Ano que vem iremos! Mas meu marido vai ficar me esperando tranquilamente em terra firme, assim como o seu.

    Curtir

    • Marcia 15 de novembro de 2017 / 9:20 pm

      Ligia, eu tenho lista, você um caderno! ahaha preciso deixar de ser tão humilde!

      Curtir

  11. Deisy Rodrigues 14 de novembro de 2017 / 1:00 pm

    Eu adoro essas vistas panorâmicas, então já ia adorar essa experiência, já imagino fotografando essa paisagem incrível do alto, também fiquei pensando como ela deve ficar a noite e fui caçar umas fotos e fica uma graça iluminada, mas de dia é melhor pra apreciar a paisagem com certeza, amei suas fotos e a matéria está super completa com ótimas dicas.

    Curtir

    • Marcia 15 de novembro de 2017 / 9:17 pm

      Pois é, também fiquei pensando quem será que vai à noite numa ponte panorâmica! Valeu, Deisy

      Curtir

  12. Suzy Freitas 13 de novembro de 2017 / 10:40 pm

    Nossa, eu adoraria fazer esse programa! Gosto muito de observar os lugares do alto e caminhar pela ponte vendo essa paisagem outonal seria um sonho! Ainda não conheço a Áustria, agora tenho mais um bom motivo para visitar o país!

    Curtir

    • Marcia 14 de novembro de 2017 / 11:57 am

      Vá, sim, Conheci esta parte do Tirol e Alta Áustria, e Viena é uma capital bem interessante – muito chique! rsrsrs

      Curtir

  13. Fabio Pastorello 13 de novembro de 2017 / 3:03 pm

    Gente, eu adoro essas pontes suspensas. Acho super cinematográficas. E essa então, achei demais com toda essa paisagem linda no entorno. Fiquei morrendo de vontade de conhecer.

    Curtir

    • Marcia 14 de novembro de 2017 / 11:58 am

      Outono é como decorar a casa pra uma festa, adoro!

      Curtir

  14. Aninha Lima 13 de novembro de 2017 / 2:23 pm

    Você era daquelas crianças que pulavam no elevador pelo visto?? Rs.. eu era daqueles que morria de medo quando os outros pulavam! E ia morrer de medo de atravessar a ponte com você! Brincadeiras à parte, que linda a paisagem! Fiquei cheia de vontade de conhecer.

    Curtir

    • Marcia 14 de novembro de 2017 / 11:56 am

      ahaha, pelo contrário, Aninha, acho que não tive infância, comecei na adolescência. No Playcenter pararam a montanha russa (Super Jet, os mais velhos lembrarão) porque eu tava em pé, olha que inconsequente!

      Curtir

Deixe seu comentário ou dúvida. Não se esqueça de marcar o "notifique-me" para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.