Pantheon: o senhor de Roma

Quem vai a Roma tem muitas opções de lugares centenários e milenares para visitar, mas não deve deixar de entrar no Pantheon. Relato aqui curiosidades sobre ele e como foi que ‘nos conhecemos’.

Foi num clima de festa (pelo menos em meu coração) que passei em frente ao Panteão pela primeira vez. Dos lábios do guia saíam informações relevantes, mas eu estava enebriada pela atmosfera da piazza e por aquela edificação maravilhosa e ao mesmo tempo estranha: redonda, com um pórtico retangular, cercada por prédios sem personalidade e diante de uma fonte e seu obelisco egípcio. Mesas de restaurantes tomadas por turistas, o vai e vem de gentes de todo mundo, tudo isso ao som de uma banda que tocava Pink Floyd na Piazza della Rotonda me trouxeram um certo entorpecimento mental. Infelizmente, as portas do Pantheon estavam fechadas devido ao horário. Não é assim que se conhece um lugar, visita (incompleta) com hora pra começar e terminar, guia dando detalhes hsitóricos e técnicos sem paixão. Saí dali apenas com a certeza de que eu precisaria voltar para sentir o lugar, o que só aconteceu 2 anos mais tarde, quando revisitei Roma.

Continuar lendo
Anúncios

A Sinagoga Espanhola de Praga: beleza, informação e emoção

A cidade de Praga é farta em igrejas e templos religiosos e quando estivemos lá tive a chance de visitar a Sinagoga Espanhola, a mais nova da cidade e talvez uma das mais bonitas do mundo. Confira as dicas para a incluir em seu roteiro.

Continuar lendo