Onde Ficar em Roma: Hotéis por Região

Compartilhe:

Conteúdo do Artigo

Escolher um hotel que caiba no bolso e ainda permita uma boa experiência como merecem suas férias não é fácil. Neste post compartilho sugestões de onde ficar em Roma, explicando as características de algumas regiões e deixo avaliação dos hotéis em que me hospedei, além de sugerir outros.

onde ficar Roma hotel
A São Pedro

Como escolher onde ficar em Roma

Em qualquer cidade, a região onde você ficar hospedado terá impactos na sua experiência de viagem. Em cidades europeias, bairros afastados do centro podem estar descaracterizados tanto na arquitetura quanto na população – ou podem proporcionar uma vivência local mais autêntica do que se ficasse em zonas mais turísticas. Eu sugiro este tipo de hospedagem para quem tem mais tempo numa mesma cidade, dando preferência para B&B e aluguel de apartamentos. Mas se você dispõe de poucos dias, talvez seja melhor ficar na zona turística, perto de tudo.

Além disso, Roma não preza pela qualidade do transporte público e greves são tão frequentes que passei por duas nas três vezes em que estive na cidade. Se você puder pagar, prefira ficar em um hotel a partir do qual seja possível caminhar para as principais atrações.

O rio Tibre visto do Castelo Sant'Angelo
O rio Tibre visto do Castelo Sant’Angelo

Atrações de Roma próximas ao metrô

O destaque no mapa abaixo (círculo preto) mostra a região histórica de Roma, onde ficam museus, monumentos, igrejas, ou seja, ficando por ali, você estará bem perto das principais atrações:

  • a Oeste (esquerda) do círculo, na estação Ottaviano, estão o Vaticano, o Castelo Sant’Angelo e acesso próximo ao rio Tibre
  • ao Sul, o Coliseu e o Foro Romano
  • a Norte, a Vila Borghese e a Piazza di Spagna
  • no centro do círculo, sem acesso próximo do metrô, Pantheon, Fontana de Trevi, Piazza Navona
  • a Leste (direita), a estação Termini de trem e a Piazza della Repubblica, onde ficam belas igrejas como Santa Maria degli Angeli e a Basílica de Santa Maria Maggiore, e as Termas de Diocleciano.
onde ficar em Roma

Onde Ficar em Roma – fora do centro

Se preferir ficar longe do burburinho turístico, e onde eu ficaria numa próxima vez, Trastevere é um bairro boêmio, com restaurantes graciosos e muito verde, do lado ocidental do rio, que foi descoberto por turistas e perdeu um pouco de sua autenticidade, principalmente depois do sucesso de livro e filme Comer, Rezar, Amar, mas ainda é uma graça e sua Basílica Santa Maria é uma de minhas igrejas preferidas em Roma. Além disso, não está distante dos pontos turísticos.

Trastevere Roma
A porta de Trastevere

Veja o  mapa com os hotéis disponíveis na região de Trastevere, no site Booking.com.

Em minha primeira visita a Roma eu fique fora do centro, na Via Aurelia, no Hotel Ergife. É um daqueles enormes, com restaurantes, bares, piscina, sala de convenções. Foi escolha da operadora de quem comprei o pacote e o quarto era grande, com terracinho, muito limpo e com ótimo café da manhã.  É uma boa opção para quem vai com crianças no verão, pois elas vão adorar a enorme piscina depois de turistar, e para quem está de carro, já que estacionar no centro é muito difícil e caro. O hotel fica numa rua sem saída e isso o tornava bem tranquilo. O metrô mais próximo (Aurelia) fica a pouco mais de 1 quilômetro do hotel. Nós caminhamos algumas vezes e noutras tomamos um ônibus depois de descer da estação do metrô.

o Pantheon, no miolinho do centro
o Pantheon, no miolinho do centro, e as onipresentes cabeças de turistas

Onde Ficar em Roma – no centro

Na segunda vez em Roma, escolhi um hotel perto do metrô República, na Rua Modena, paralela à Via Nazionalle, onde há muitas lojas e restaurantes usados por locais. O SuiteDreams fica no primeiro andar de um edifício de uso misto  e isso a princípio me incomodou no momento da reserva, mas as avaliações de quem havia ficado lá eram positivas, então arrisquei. Não podia ter tido uma experiência melhor! O elevador tem bom tamanho para os padrões de cidades europeias, os funcionários atenciosos e simpáticos, o quarto moderno, decorado e limpo, e o banheiro bem equipado. O café da manhã uma delícia e me senti como num B&B, não em um hotel graças ao atendimento afetuoso.

onde ficar em Roma
A sala de café da manhã
onde ficar em Roma
onde ficar em Roma
O corredor do SweetDreams
O corredor do SweetDreams
onde ficar em Roma

Ficar perto do Coliseu, com economia

Em minha última vez em Roma, como fiquei apenas uma noite e como o euro estava ainda mais caro, escolhi um B&B a 5 minutos de caminhada do Coliseu, o Colosseo Dream House. É uma boa opção para quem quer aproveitar a cozinha disponível e preparar refeições para economizar. Além disso, tem máquina de lavar roupas, também. Só não gostei da entrada do prédio, muito escura e estava com odor do lixo depositado nos latões para coleta. Fora isso, não tenho do que reclamar.

onde ficar em Roma
onde ficar em Roma
a cozinha

Onde ficar em Roma: no miolo do centro

Se você está viajando com idosos ou crianças, uma boa ideia é ficar no miolinho onde o metrô não chega, assim eles economizam as pernas. Não fiquei neste hotel mas a localização é fantástica e eu guardei o nome para compartilhar aqui no blog. Fica na Via di Pietra ao lado do Templo de Adriano. Não custa dar uma olhada: Albergo Cesare.

o Templo de Adriano, ao lado do hotel. Foto do Booking
o Templo de Adriano, ao lado do hotel. Foto do Booking

Se não gostou destas sugestões, confira outros hotéis no Booking. Não se esqueça de selecionar os filtros na coluna à esquerda para facilitar sua busca. eu sempre uso o mapa para visualizar localização-preço-disponibilidade tudo de uma só vez.

Espero que tenha uma boa experiência em Roma e que seja inesquecível como foi para mim. Abraços e obrigada pela visita.
 

Picture of Marcia Picorallo

Marcia Picorallo

Escrevo o Mulher Casada Viaja com carinho desde 2014, compartilhando minhas impressões dos lugares por onde passei, inspirando e ajudando leitores a planejar suas aventuras.

Índice

Picture of Márcia, a viajante

Márcia, a viajante

Bem-vindo a bordo - e nem precisa apertar os cintos! Escrevo o Mulher Casada Viaja com carinho desde 2014, compartilhando minhas impressões dos lugares por onde passei, inspirando e ajudando leitores a planejar suas aventuras.

SAIBA MAIS

Assine a Newsletter

Resolva sua Viagem

Os artigos te inspiraram ou ajudaram no planejamento da viagem? Retribua sem pagar nada a mais por isso ao fazer reservas, comprar ingressos e seguro pelos links abaixo.
São os que uso para minhas viagens. É uma forma simpática de retribuir pela ajuda sem custo recebida.
Manter o site tem custo e é trabalhoso – e todo trabalho deve ser remunerado, concorda?

Hospedagem

Faça suas reservas de hotel, apartamento ou B&B

Aluguel de Carro

com parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior

Viagem Segura

Viaje com Seguro, viaje tranquilo!

Roteiro Personalizado

Não pode planejar tudo sozinho e prefere contar com minha ajuda? Clique .

Artigos Recentes

Leia Também

Siga no Instagram

Planeje sua Viagem Aqui

Blogs de viagem são muito úteis no planejamento de viagem e gratuitos para o leitor, mas têm um custo para serem mantidos no ar – além do trabalho para edição. Se você gostou das dicas do Mulher Casada Viaja, saiba que pode retribuir e contribuir para que continuem chegando gratuitamente a quem busca inspiração e informação de qualidade. Basta clicar sobre os links de nossos parceiros. Você planeja sua viagem e retorna a gentileza:

Aluguel de Carro

com parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior

Hospedagem

Faça suas reservas de hotel, apartamento ou B&B

Ingressos sem Fila

Ingressos de atrações, excursões e tours

Viagem Segura

Viaje com Seguro, viaje tranquilo!

Roteiro Personalizado

Não pode planejar tudo sozinho e prefere contar com minha ajuda? Clique .

COMENTÁRIOS

2 respostas

  1. Olá Marcia, parabéns pelo blog! Vou pela primeira vez a Roma e quero ficar no centro, perto dos pontos turísticos. A minha dúvida é de alguém que mora em uma capital do Brasil: ficar no centro tem suas vantagens em relação ao deslocamento, mas é seguro? Pergunto isso pois sair de manhã e voltar de noite pode exigir uma caminhada pelas ruas do “centrão” depois que já escureceu. O que você acha?

    1. Oi, Guilherme, sou de SP. Nós acostumados a ser cuidadosos não relaxamos e isso é bom pra nossa segurança. Posso falar de minha experiência: saí à noite para fotografar com câmera grande, coisa que não faço nem durante o dia em SP, na companhia de meus pais, idosos. Rodamos pela Piazza di Spagna, cruzamos a ponte do Castelo Sant’Angelo, caminhamos ao longo do Tibre. Acho que vale evitar ruas muito vazias ou escuras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa Newsletter!

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos por e-mail.