Viagem ao Catar: dicas essenciais

Eu nunca tinha pensado em fazer uma viagem ao Catar, mas meu interesse surgiu enquanto pesquisava voos para o Egito, e decidi pela Qatar Airways, que oferecia stop over gratuito em Doha, sua capital. Decidimos ficar duas noites na cidade e ter um gostinho do país. Já no planejamento descobri que tem muita coisa para ver e fazer e as duas noites em Doha foram pouco.

viagem ao Catar

O que você encontrará neste artigo:

Minhas impressões de Doha, Catar

Com dois dias, tudo o que temos são impressões. Não dá pra conhecer muito, tanto culturalmente quanto turisticamente. Mas é possível formar uma ideia do lugar, mesmo que seja um pequeno recorte de um todo. Mas, afinal, não são assim as viagens que fazemos turisticamente? Para não ficar repetitivo, por favor leia a este respeito em O que Fazer em Doha, post complementar a este, com várias dicas práticas.

O Catar

Reuni aqui informações para você que tem viagem marcada para o Catar ou quem quiser saber mais sobre o país. Se preferir, pule direto para os assuntos de viagem, mas recomendo a leitura.

Nos últimos anos o Catar tem se esforçado para se tornar um país turístico, ergueu arranha-céus modernos, criou ilhas com resorts, ampliou opções de transporte coletivo e vem sediando eventos esportivos, como a Copa do Mundo 2022 que transformou Doha num canteiro de obras.

A foto de abertura deste post é bem representativa do Catar, uma mistura de tradição e modernidade, com os arranha-céus do West Bay de Doha e em primeiro plano os dhows, barcos hoje turísticos que no passado eram usados para pesca e coleta de pérolas.

Acho interessante numa viagem ao Catar saber um pouco sobre sua história, mesmo que seja de forma bem rápida, muito pouco mesmo. Vamos lá?

Lei também Souq Waqif: o melhor de Doha e Onde Ficar em Doha.

Sem considerar eras antigas, o Catar pertenceu ao Império Otomano de 1871 a 1915 e em 1916 passou a ser um protetorado britânico, que teve fim anunciado em 1968. O Catar se uniu a outros 8 países do Golfo Pérsico que estavam na mesma situação, mas por falta de concordância dos termos da união, em 1971 anunciou sua autonomia.

Em 2017, países do árabes, como Egito, Arábia Saudita, Bahrein, Emirados Árabes, Líbia, Iêmen e Maldivas cortaram laços diplomáticos com o Catar, alegando que o país apoiaria o terrorismo. As fronteiras só reabriram em 2021, quando o Catar se comprometeu a encerrar seu envolvimento no Iêmen. Mas não esta não foi a única crise política.

Segundo o Wall Street Journal, “o Catar investe bilhões de dólares nos Estados Unidos e na Europa, revertendo os lucros para patrocínio de grupos ligados à al-Qaeda. O Catar abriga a maior base militar a partir da qual os Estados Unidos combatem o extremismo, ainda assim possui grupos midiáticos responsáveis por incitar grande maioria destes extremistas”.

O Catar é um dos países mais ricos do mundo, cuja economia se baseia na exportação de petróleo e gás natural, que juntos representam em torno de 50% do PIB do país.

Com uma populão de menos de 3 milhões de habitantes, apenas 313 mil são catarianos, ou seja, os nativos são minoria – mas não os privilegiados. Estivemos apenas em Doha, mas lá notamos que realmente falta gente no país e que em quase todo lugar quem trabalha são os estrangeiros – e quem viu as imagens que postei nos stories do Instagram e Facebook durante esta viagem ao Catar também notou.

A rígida pirâmide social se compõe basicamente por:

  • no topo da pirâmide, os nativos do Catar, que não pagam impostos e têm serviços públicos de qualidade, subsídios de moradia, e trabalho no setor público;
  • expatriados especializados que vivem no país, mas precisam pagar impostos, escola e assistência médica, e têm suas vidas vigiadas atentamente pelo governo, como as comissárias de bordo, que até para casar precisam de permissão do governo e se engravidam solteiras são deportadas
  • trabalhadores na construção civil e serviços, normalmente provenientes de países do sul da Ásia e de países muçulmanos do norte da África. Não tomei um Uber cujo motorista não fosse da Índia, Nepal ou Paquistão.

E isso se percebe em apenas dois dias em Doha. Na construção, homens com pouca disposição para o trabalho, muito provavelmetne desestimulados por baixo salários e péssimas condições de moradia, como os que vivem à margem da sociedade em Dubai.

viagem ao Catar Copa 2022
Marco da Copa de 2022

O destaque na mídia por sediar a Copa do Mundo 2022, que pela primeira vez não acontecerá no meio, mas no final do ano por causa do calor escaldante de junho e julho, não parece estar amansando as leis e os costumes retrógados a que estão sujeitos não só os nativos, mas a todos que por lá vivem. O caso recente da mexicana que denunciou violência física e foi condenada por adultério e 100 chibatadas – ou a casar-se com seu agressor para se livrar da pena, mostra o quanto estamos pisando em um país completamente diferente e o quanto é importante saber as regras e respeitá-las, não importa o quanto não concordemos com elas.

“Seja bem vindo, mas não se sinta em casa”, deveria ser o slogan da Copa 2022.

Não que eu não tenha ficado à vontade, mas algumas regras são ridículas, como quando não pudemos acessar a área da praia em frente ao Katara Cultural Village, porque segundo o guarda só podia depois das 16h!

A gente até fica à vontade, dentro das normas, claro (leia mais abaixo), mas não se sente acolhido ou feliz. Cidades vazias não têm vida e senti isso muitas vezes e percebi pelos comentários nas redes sociais o mesmo de quem assistiu aos vídeos que postei no Stories do Instagram. Mas eu daria uma segunda chance a Doha, e ficando mais tempo poderia curtir a noite, quando a cidade está mais viva.

Barcos no Corniche perto do Souq Waqif

Onde Fica o Catar

O Catar é um país localizado na Ásia ocidental, uma península no Golfo Pérsico, e só por aí você já deve imaginar cenários desérticos, escrita e comida árabe, talvez uma ou outra informação estereotipada.

Doha é sua capital, e seu aeroporto internacional, o Hamad é um hub de conexões de voos provenientes de várias partes do mundo e foi considerado o melhor aeroporto do mundo em 2021, pela sexta vez seguida, segundo ranking da Skytrax.

Mapa de {{{nome_pt}}}

DOCUMENTAÇÃO PARA ENTRAR NO CATAR

Visto

Brasileiros, portugueses e outros 80 países não precisam solicitar visto em consulados, desde que o motivo da viagem seja turismo ou negócios. Passageiros em trânsito, isto é, que tiverem um voo com conexão no Catar, também não precisam de visto.

Veja abaixo outros documentos necessários para viagem ao Catar. Para casos especiais acesse Visit Qatar:

  • passaporte com validade mínima de 6 meses
  • seguro viagem com cobertura Covid-19, obrigatório em março/22, quando fizemos a viagem ao Catar. Entretanto, na prática, não nos foi solicitado nenhum comprovante. Confira as opções da Seguros Promo, use o filtro que inclui cobertura Covid-19. Pode usar o código promocional Mulher Casada Viaja ou algum que ofereça ainda maior desconto, se for o caso.
  • talvez seja solicitada na imigração apresentação de documentos como comprovação de reserva em hotel, cartão de crédito internacional, e o bilhete de saída do Catar. Tenha tudo fácil em mãos. Eu geralmente imprimo, caso dê algum problema no acesso aos arquivos na nuvem do smartphone.

Importante: consulte sempre o site da cia aérea do seu voo, os órgãos oficiais dos governos brasileiro e do Catar, pois você já deve saber que as informações e regras mudam constantemente nestes tempos de Covid-19

viagem ao Catar shopping
Shopping no Katara Cultural Village

Entrada no Catar durante pandemia Covid-19

Quando comecei a escrever este post, em fev/22, o Catar havia classificado os países em 3 grupos, de acordo com o nível de risco de Covid-19. O Brasil estava na lista verde, eba! As normas de entrada no Catar então eram as seguintes, além dos procedimentos mencionados acima:

  1. Apresentar teste PCR com resultado negativo feito até 72 horas antes da chegada ao Catar. *Há um laboratório do Einstein no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) e outro no Galeão do Rio efetivando o teste e prometendo resultado em até 4 horas.
  2. Fazer o cadastro no site Ehteraz para emitir a permissão de viagem. O formulário a ser preenchido é o da esquerda (Pre-Entry Registration) no print de tela abaixo:

Você pode em uma única solicitação fazer o registro de 1 ou mais viajantes. Deixe em branco o campo ‘visa’, pois não precisamos de visto. Neste formulário online colocará:

  • dados pessoais como nome, telefone, passaporte, doses da vacina Covid-19. Coloque países visitados nos últimos 10 dias, inclusive Brasil, mesmo que more aqui. Salve e vá para a segunda etapa
  • carregue arquivos jpg do passaporte e certificado de vacinação internacional do Covid-19, clicando nos nomes da tabela à direita.

    Atenção: só inclua foto da reserva em hotel em caso de quarentena, para aqueles não vacinados.
    *Os hotéis são determinados pelo governo do Qatar. Vi um vídeo gringo de uma família alocada num hotel em jan/22, quando era obrigatória a quarentena de dois dias, e só ouvi reclamação.

Se precisar parar antes do envio do formulário, clique em Save draft. Poderá acessar depois e editar. Quando voltar para concluir, faça o login, clique em New Application e depois que abrir nova tela, em My Applications.

  • depois de completar tudo, carregar os arquivos e enviar, aguarde a resposta por e-mail Mesmo sem eu ter enviado o teste Covid-19, eles aprovaram. Mas é claro que no check-in do voo ainda no Brasil terei que apresentar o resultado negativo do teste Covid.19. Salve na nuvem e leve a cópia impressa na viagem ao Catar.

3. Acessar o site do Ministério de Saúde Pública do Catar, onde há informações atualizadas sobre o Covid-19. O site está em Inglês, instale o Google Tradutor como extensão do Chrome, se preferir. Selecione Travel and Return Policy no menu principal, no topo. Leia atentamente e, no item 8, clique no link Acknowledgement Form. Será aberto um documento em PDF. Imprima e preencha um para cada viajante.

4. Também é preciso baixar um app, o Ehteraz, disponível na Play Store e App Store gratuitamente. Quando chegar ao aeroporto você terá que comprar um SIM card (chip), habilitar a localização e o bluetooth, pois o app é uma espécie de rastreador. Quando viajamos, em março/22, ainda era assim.

Procedimentos para não vacinados

Apresentar o resultado negativo do teste PCR com validade de 48 horas do horário de partida do voo.

Fazer quarentena de 5 dias em hotel ou na casa de parentes de primeiro grau.

teste antígeno realizado no hotel/casa no quinto dia. O hotel precisa ser reservado no site Discover Qatar.

Observação: resolvi manter os procedimentos necessários na época, porque, afinal, embora a gente espere que o Covid-19 seja controlado, a pandemia ainda não acabou e não sabemos se esses procedimentos voltarão a ser necessários ou não.

transporte gratuito em carrinhos elétrcos no Katara

Retorno ao Brasil durante a Pandemia Covid-19

Em Março/22 ainda era necessário fazer teste Covid-19 e seguir vários passos burocráticos para assegurar a saúde de todos. Quando escrevi este post e segundo o site do Itamaraty, em atualização de 21 de fevereiro de 2022, era necessário:

  • Declaração de Saúde do Viajante – DSV: comprovante, impresso ou em meio eletrônico, do preenchimento da declaração em, no máximo, 24 horas de antecedência ao embarque para o Brasil
  • teste antígeno realizado em até 24 horas anteriores ao momento do embarque OU
  • teste laboratorial RT-PCR realizado em até 72 horas anteriores ao momento do embarque
  • Comprovante de vacinação impresso ou por meio eletrônico.

Cosulte o site da Anvisa para atualizações ou mais detalhes, como quarentena, entrada no Brasil via marítima, etc.

MELHOR ÉPOCA PARA VIAGEM AO CATAR E SEU CLIMA

O clima varia pouco em todo o pequeno país. O Catar tem clima desértico, com verões insuportáveis, por isso o ideal é visitar o Catar durante o outono e o inverno (outubro a abril), considerada alta temporada. Veja abaixo as médias históricas de Doha. Lembre-se que o clima no mundo está registrando temperaturas alta e baixas recordes, então é bem possível que faça muito mais calor – ou mais frio.

Average min and max temperatures in Doha, Qatar   Copyright © 2022  weather-and-climate.com

Depois de pesquisar a melhor época para visitar um destino, uma semana antes da viagem confiro a previsão do tempo para fazer a mala, e também horário do pôr do sol, para programar passeios ao por do sol ou para fotografar. Em meados de Março, por exemplo, o sol em Doha nasce às 6h30 e se põe às 18h30. Também salvei Doha no app de Clima do smartphone, pra me orientar durante meus dias lá.

O Ramadã no Catar

Quando se planeja viagem a países islâmicos, é importante notar o período do Ramadã, variável a cada ano e país. Mês sagrado do calendário islâmico, no período os muçulmanos jejuam do nascer ao pôr do sol. Rezam 5 vezes onde estiverem e 1 vez na mesquita, e somente depois desta última oração, após o pôr do sol, a cidade renasce. Em 2022 o ramadã no Catar foi de 31 de março a 29 de abril.

E como o ramadã nos afeta como turistas e o que devemos saber para não cometer uma gafe cultural? No Catar, bebidas alcoólicas são probidas em público e durante o ramadã nem mesmo bares e restaurantes dos hotéis as servem durante o dia. Não estive lá durante o ramadã, mas no Cairo. E lá o comércio fechava por volta das 15h, achei os museus mais vazios e o trânsito melhor.

Loja do lindíssimo Museu Nacional do Catar

COMO CHEGAR A DOHA, CAPITAL DO CATAR

A excelente Qatar Airways tem voos diretos para Doha saindo de São Paulo, com duração de 14 horas. Comprei o bilhete com 4 meses de antecedência no site da Qatar. Outra opção é fazer conexões em cidades europeias, como Paris e Londres, buscando voos na Air France e British Airways, por exemplo.

Duas semanas antes da viagem, recebi proposta de upgrade para classe executiva, então fique atento e faça um esforço para viajar na executiva que equivale à primeira classe na número 1 das cias aéreas – nem tem primeira classe, na verdade. Foi uma experiência que valeu o investimento. As quase 14 horas de voo passaram sem que a gente percebesse! E foi a primeira vez que não quis sair correndo do avião. Além do conforto de dormir na horizontal e da deliciosa comida servida a qualquer hora, sem nem precisar de um gênio ou lâmpada, os mimos incluem chinelos e pijamas, até massageador a poltrona tinha! Nos destaques do Stories do Instagram tem registro de como foi.

Saguão central do aeroporto

Do aeroporto ao centro de Doha de taxi ou Uber

O aeroporto Internacional Hamad fica a 14 km do centro de Doha. A viagem de táxi leva cerca de 20 minutos até a região do Souq Waqif. Os taxis oficiais do aeroporto começam com tarifa de QAR25 (=US7) e QAR 1,20 por quilômetro rodado entre as 5h e 21h e QAR 1,80 entre 21h e 5h. Tenha dinheiro local, o rial, em mãos.

O Uber-X sai por menos de QR 30 até o centro, e é possível usar o wifi do aeroporto e o app que usamos aqui no Brasil para pedir a viagem. Não sei o motivo, mas no nosso app, quando chegamos, conseguimos fazer o pedido da viagem, mas não aparecia a identificação do motorista ou do carro, então encaramos a fila enorme em plena 2 da manhã, mas foi rápido, tudo bem organizado.

viagem ao Catar
O taxi azul, oficial do aeroporto de Doha

Do aeroporto ao centro de Doha de metrô

Esta viagem ao Catar vai te surpreeender! O metrô é bem moderno e amplo, sinalizado com placas em árabe e em inglês (usaram metro, não underground ou subway). Para comprar bilhete, procure as máquinas automáticas “Travel Cards”. A linha que sai do aeroporto é a vermelha e também a que atende aos principais pontos turísticos.

Os vagões do metrô são divididos em classes: Standard, Family, e Gold. O bilhete único custa QAR 2 e 10 na classe Gold. Passe diário custa QAR6 e o o Gold 30.

O metrô funciona de sábado a quarta das 6h às 23h, às quintas das 6h às 23h59 e às sextas das 14h às 23h59. O intervalo entre trens é de 5 minutos.

Em O que Fazer em Doha há mais informações sobre o metrô de Doha.

Assine gratuitamente o Mulher Casada Viaja para receber novas publicações e deixe nos comentários ao final deste post seu desejo de receber um mapa exclusivo! As principais atrações de Doha, linhas do metrô e do tram, os estádios de futebol da Copa 2022, tudo num só mapa para você salvar ou imprimir.

MOEDA, DINHEIRO, CÂMBIO

A moeda do Catar é o rial catarense. Quando escrevi este post, QAR 1 equivalia a R$ 1,42.

No terminal de desembarque do aeroporto de Doha tem uma casa de câmbio perto da esteira 3 de bagagem e outro no hall, perto do Maha Lounge. Trocamos lá mesmo, para usar o taxi, que só aceita dinheiro. Se sobrarem riais, apresente a nota da primeira troca numa das lojas da rede e não pagará taxa para ter dólares/euros de volta.

No post O que Fazer em Doha eu compartilho valores que gastamos em refeições.

FUSO HORÁRIO DO CATAR

Doha tem 3 horas a mais que o Meridiano de Greenwich, e o Brasil mais 3, então há 6 horas de diferença entre o Catar e o Brasil. 

DIAS ÚTEIS E FINAIS DE SEMANA NO CATAR

Desde 2013 a Arábia Saudita, Omã, Kwwait e Catar mudaram os finais de semana para sextas e sábados para ajustar ao horário bancário ocidental. Os domingos são dias úteis por lá.

ONDE FICAR EM DOHA

Vou te direcionar para o post Onde ficar em Doha, Catar, seleção de hotéis bairro a bairro com preço$. Se estiver com pressa, dê uma olhada no hotel onde ficamos, o Souq Waqif Boutique Hotels – Tivoli, escolhido com base em nosso orçamento, localização e boa avaliação. Adorei!

viagem ao Catar hotel
Nosso confortável quarto no Souq Waqif

O QUE VESTIR DURANTE VIAGEM AO CATAR

Com o calor local, a gente logo pensa em roupas leves e curtas, mas você terá que usar um pouco mais a imaginação para fazer a mala para o Catar se for na primavera ou verão. Considere tecidos leves, como linho e seda e deixe em casa roupas curtas, decotadas ou justas. Se você só tiver vestidos e blusinhas sem mangas, leve um encharpe/lenço para jogar sobre os ombros. Ele será útil para cobrir sua cabeça ao entrar em mesquitas, também. A regra do comprimento abaixo do joelho vale para homens e mulheres. Tem quem use roupas curtas? Tem, mas não aconselho. Na casa dos outros, siga as regras da casa.

viagem ao Catar o que vestir

Os hotéis 5 estrelas costumam ter sua própria praia, então você pode usar biquini, mas eu sugiro maiô, já que alguns biquinis brasileiros revelam muito o corpo. E para os homens, nada de sunga.

Ao visitar mesquitas e mesmo museus, homens são aconselhados a não usar shorts ou bermudas acima dos joelhos e mulheres devem vestir abaias e o hijab (robe e lenço sobre a cabeça. E isso até mesmo aqui no Brasil, viu?

Crianças até a puberdade não precisam seguir o dresscode do Catar, embora as meninas locais costumem usar legging por baixo de vestidos e os meninos calças em vez de shorts.

E os nativos do Catar, vestem o que?

Em locais públicos, homens vestem a túnica branca Omo total e sobre a cabeça a ghutra, presa com o agal preto. As ghutra que mais vi foram as brancas, seguidas da vermelho e branco e da preto e branco. As mulheres vestem a abaya, túnica pretas tradicionais islâmicas.

viagem ao Catar
Camelódromo

O QUE NÃO FAZER NUMA VIAGEM AO CATAR

Não apenas o modo de se vestir é importante, há coisas muito naturais para nós, mas que em um país muçulmano é preciso evitar:

  • não beba em público, é crime. Bebidas alcoólicas são aceitas apenas em bares de hotéis e evite ficar bêbado. A maioridade para bebidas alcoólicas é 21 anos no Catar.
  • fumar em público também não é permitido, apenas shisha, o narguilé.
  • em locais públicos, não demonstre afeto. Ou seja, não beije, não abrace, etc. Bom para saber como homoafetivos se sentem…
  • não fotografe os moradores locais a menos que eles tenham consentido. Mas é inevitável que saiam nas fotos pelas ruas da cidade.
  • não leve com você nenhum livro religioso! Não é apenas um conselho, é lei, assim como drogas, álcool, e derivados de porco. Eita…
  • não cuspa (aqui no Brasil não é lei, mas precisava ser) e não jogue lixo nas ruas. As multas são pesadas
viagem ao Catar
Happy hour no Souq Waqif

MAIS SOBRE O CATAR

  • Os chefes-executivos do Catar são chamados de Emir, título de alto comando utilizado no mundo islâmico e o governo é monarca
  • O Catar tem área equivalente a metade do estado de Sergipe
  • A grande maioria da população de menos de 3 milhões é composta de estrangeiros e apenas 11% são cataris
  • O Catar é o país mais rico do mundo, mas a densidade demográfica contribui para isso. Entretanto, está na posição 45 do índice IDH
  • A água consumida no Catar é a do Golfo Pérsico. Desalinizada, achei estranha ao contato na pele, durante o banho. Lembra a dos cruzeiros marítimos
  • Você vai encontrar muita gente falando Inglês, apesar de ser um país árabe (thank God!)
  • 80% da população masculina tem ou teve um falcão e os caras têm corrida de camelos como esporte
  • Mas ninguém precisa camelar em Doha, o taxi e Uber são bem baratos porque o Catar tem das maiores reservas de petróleo do mundo
  • A eletricidade funciona a 220v. Plugs redondos encaixam-se nos quadrados
  • A culinária do Catar foi fortemente influenciada pela Índia, Irã e Líbano, e norte da África. Frutos do mar e tâmaras são alimentos básicos do país e o prato ‘oficial’ é o Machboos, arroz apimentado servido com frango, peixe ou outro tipo de carne. Há vários tipos de limonada, que vão da menta a açafrão.
  • Finais de semana são de sexta e sábado, e domingo é o início de uma nova semana, com escolas e empresas funcionando

PLANEJE SUA VIAGEM AQUI

Blogs de viagem são muito úteis no planejamento de viagem e gratuitos para o leitor, mas têm um custo para serem mantidos no ar – e posts como este levam muitas horas e às vezes dias até serem publicados. Se você gostou das dicas do Mulher Casada Viaja, saiba que pode retribuir e contribuir para que as dicas continuem chegando gratuitamente a quem busca inspiração e informação de qualidade. Basta clicar sobre os links de nossos parceiros. Você planeja sua viagem e retorna a gentileza:

Booking.com: para fazer suas reservas de hotel, apartamento, B&B
Rentcars: aluguel de carro, com possibilidade de parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior
Seguros Promo: desconto de 5% em seguro viagem para leitores. Aplique o código CASADAVIAJA5
Chip de Viagem: compre seu simcard internacional e receba em casa antes de sua viagem
– para ingressos de atrações, excursões e tours, temos 2 opções para você escolher: a Get your Guide e a Tiqets.


Se tiver alguma dúvida sobre viagem ao Catar, deixe-a nos comentários, terei prazer em ajudar.

2 COMENTÁRIOS

  1. Estava a dias procurando essas informações, pois, tudo na web é incompleto quando se trata de Doha!
    Muito obrigado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui