De El Calafate a Torres del Paine

El Calafate nunca foi meu destino de sonho, mas como foi bom conhecê-la! Como era relativamente fácil incluir na mesma viagem pelo Sul da Patagônia a cidade da geleira Perito Moreno e Torres del Paine, um dos parques nacionais mais lindos do mundo (na minha opinião), precisamos fazer esse percurso pela famosa Ruta 40, que cruza a Argentina de Norte a Sul, uma espécie de Route 66 dos hermanos. Neste post falo sobre o aluguel do carro, como foi o trajeto, dou dicas de onde abastecer e descrevo a experiência de cruzar a fronteira Argentina-Chile com carro alugado. O post não está organizado na sequência dos acontecimentos, mas em tópicos.

Sul da Argentina
No meio do nada!


O TRAJETO: ir a Puerto Natales ou não, eis a questão!

Quando planejava a viagem para janeiro de 2015, percebi que muita gente opta por chegar a Torres del Paine com voos pelo Chile: Santiago-Punta Arenas e depois o terrestre Punta Arenas-Puerto Natales. Na minha opinião, vale se você visitar Santiago ou Ushuaia. Se não, só o tempo de voo aumenta em 1h30 (fora o terrestre), então preferi fazer São Paulo-Buenos Aires-El Calafate (aéreo) e alugar um carro e cruzar a fronteira.

puerto natales e el calafate
O trecho dentro do círculo que incluía Puerto Natales: não o fizemos

Percebi também que mesmo quem ia a El Calafate (Argentina) preferia dirigir até Puerto Natales (esse percurso circulado na foto acima) e de lá a TdP. E talvez isso seja por um pequeno probleminha: se você jogar no Google Maps a rota “El Calafate a Torres del Paine”, ele vai te mandar para Puerto Natales! O Google não mostra a estrada de rípio (cascalho) que fica mais ao Norte de Puerto Natales e que permite encurtar o caminho em vários quilômetros (veja na foto abaixo), pegando em direção ao posto de fronteira Río Don Guillermo e pela Y-205, já no Chile. Desconfiei de uma estrada que simplesmente acabasse na fronteira e pesquisei em blogs e fóruns até que tive a confirmação de que sim, a estrada continua do lado argentino! Em retrocesso tudo fica mais fácil: era só ter colocado na visão de satélite no Google, silly me!

dicas Sul Argentina
O trecho que existe, mas não está no Google Maps

Como disse um canadense, o pessoal do Vale do Silício nunca foi a Torres del Paine e por isso o mapa está incompleto! Mas talvez haja outros motivos para ir a Puerto Natales. Sem contar os trekkers mochileiros, poucos pernoitam em TdP. Alguns pelo alto custo e poucas opções de hospedagem dentro do Parque, outros por falta de informação e outros ainda porque estão indo ou voltando de Ushuaia, mais ao Sul. Também há quem prefira evitar os inconvenientes de se cruzar a fronteira e prefira fazer um país por vez.

A própria locadora de veículos sugeriu que fôssemos até Puerto Natales para abastecer o carro (o que não fizemos), já que há poucos postos de combustível pelo caminho e nenhum nos limites do parque de Torres de Paine. Essa era uma grande preocupação no nosso planejamento. Li que os hotéis vendem combustível na surdina, mas nem foi preciso. Certamente, se tivéssemos permanecido em TdP tempo superior às duas noites e três dias incompletos e usado o carro além do que usamos, teríamos sentido falta de combustível, sim. Veja mais abaixo sobre isso.

No caminho de volta, foi só… fazer o caminho de volta.

Sul Patagônia dicas
No retorno, sol só na placa – ou nos meus cabelitos


O ALUGUEL DO VEÍCULO E MAIS SOBRE O TRAJETO

Eu tinha feito várias pesquisas e lido opiniões de locadoras (veja nos comentários abaixo algumas sugestões com preços de jan/2015), mas acabei optando pela Hertz por ser confiável e porque tenho plano de fidelidade. Depois descobri que na Argentina o aluguel não soma pontos, mas ninguém me disse isso no momento da reserva, claro!

Chegamos à loja da Hertz (Av. Libertador 1822 – mas não é o D. Pedro I, tá?) assim que abriu, às 9h. Não se esqueça de informar na reserva que você precisará cruzar a fronteira, para que seja providenciada a documentação a ser apresentada na aduaneira dos dois países. A loja da Hertz é fofa por fora, com canteiros de lavanda, mas o escritório é um tanto improvisado: uma mesa auxiliar formada por um compensado sobre pneus e caixas de objetos relacionados a automóveis pelo chão, achei a apresentação bem ruim. O serviço foi relativamente rápido considerando o volume de documentos a emitir (para nós que fomos os primeiros, porque quem chegou logo depois esperou bastante) e 30 minutos depois estávamos dentro de nosso empoeirado Corsa Classic. Sim, eles lavam o carro, aspiram, passam pano úmido, mas depois eu descobri que a poeira entra pelos poros do carro, assim como TdP entra em sua alma. Assim como o pó entra em sua câmera fotográfica (rsrsrs).

aluguel de carro El Calafate

A funcionária nos deu um mapinha que parecia xerocado (lembra disso? rsrsrs) e só tinha – adivinhe! – o lado Argentino. Perguntei-lhe por que tanta gente vai até Esperanza só para abastecer o carro, se a quilometragem e gasto com combustível para ir até lá é quase equivalente ao que se vai “ganhar” de combustível, e ela informou que o trecho mais curto não é asfaltado e disse não haver sinal de celular, que não é seguro, etc. Como somos mais precavidos do que aventureiros, fizemos o caminho a Esperanza, mas li sobre quem fez o trajeto de rípio sem problemas. Atenção: o Google Maps também não dá essa opção de ir a Esperanza, a não ser que você a inclua na rota.

esperanza El Calafate Tores del PAine
O trecho mais curto é de rípio. Fomos aconselhados a não usá-lo

O carro simples, mas econômico, merece também o adjetivo resistente depois de tanta pedra e buraqueira. A única coisa a reclamar foi a má vedação do porta-malas e da cabine. Precisamos limpar nossas malas para não empoeirar o hotel!

No retorno de TdP, o horário-limite para devolução do carro era 20h, quando fechava a loja. Chegamos 20  minutos atrasados graças ao péssimo atendimento da fronteira argentina. Tocamos a campainha, mas é lógico que ninguém nos atendeu. Homem Casado Viaja sacou seu celular e ligou para o número de contato que haviam nos deixado, explicando o problema. Eles foram muito legais – nessas horas adoro o jeitinho latino! Perguntaram em que hotel estaríamos e nos orientaram a deixar o carro lá e as chaves na recepção que eles o buscariam no dia seguinte, sem cobrar nenhum extra. O que realmente aconteceu.

aluguel de carro Patagônia
É pedra, é pau, É PÓ, PÓ, PÓ. E não se esqueça do pen drive para se distrair com música!


A ESTRADA
A Ruta 40 é bem sinalizada, não há pedágio e não pegamos nenhum buraco no trecho inicial. Logo que deixamos El Calafate, no alto da montanha há um mirante com vista linda para o Lago Argentino, não deixe de parar. Não há radares e não vi policiamento. O limite é de 80 km/h e a estrada de mão dupla, não sendo permitida a ultrapassagem na maioria dos pontos. Mas você vai ultrapassar quem mesmo?

Sul da Patagônia
Ciclista: muito tempo para pensar na vida ao fazer o percurso

Nas estradas de rípio (cascalho miúdo) que pegamos obrigatoriamente, a velocidade máxima conseguida foi de 50 km/h, enquanto na asfaltada chega-se a 120 km/h. Num carro como o que alugamos foi o máximo suportável em termos de trepidação.  A cada 10 quilômetros tem um telefone SOS e a cada 5 indicação de cidades próximas, mas nada sobre a fronteira com o Chile ou qualquer indicação de TdP.

Ruta 40
Ruta 40

Boa parte do percurso é monótona, sem atrativos e com pouco movimento. Não há vista de montanhas ou fazendas, é só a paisagem desértica. Avistamos várias lebres mortas e uma carcaça de guanaco próximo ao acostamento.

IMG_0725
espantando urubus!

Quando nos aproximamos da fronteira, grandes buracos na pista e a paisagem começa a mudar: além de flores silvestres, avistamos os picos nevados – uhu, estávamos mais perto de TdP!

Torres del Paine
Segura, emoção! São elas, as TdP!!!!
de El Calafate e Torres del Paine
A placa indica buraqueira à frente

O Google Maps vai mostrar a indicação de TdP na junção da chilena 9 com a Y-2015, mas ali é a aduaneira chilena. O portão de nossa entrada a TdP fica bem mais à frente, inclusive depois da primeira vista do Lago Sarmiento, nome dado a essa portaria, também.


COMBUSTÍVEL

como chegar a Torres del Paine
O posto de Esperanza

Saímos de El Calafate com o tanque cheio e até chegar ao posto em Esperanza, havíamos consumido 1/4 do tanque. Não tem como errar para chegar ao posto, porque fica num trevo e logo é avistado. O posto tem uma lojinha de conveniência e banheiro (não usei). Aproveite para comprar algo para petiscar caso não tenha feito isso em El Calafate. E não se esqueça que produtos in natura não passam pela fronteira com o Chile. Aquelas maças argentinas lindas e deliciosas, coma-as antes da fronteira!

IMG_0752
Você não vai perder o posto em Taipe Aike: é a úncia construção à beira da estrada depois de Esperanza

Se você não vai até Puerto Natales (que seriam 130 quilômetros a mais), abasteça no posto que fica em Tapi Aike, pois é o último antes de chegar ao Chile e entrar em TdP. Eu li em todos os fóruns: “abasteça sempre que puder”. Bem, estas foram as únicas duas chances da estrada de El Calafate ao parque TdP! Taipe Aike fica a 160 km de El Calafate, direto pela Ruta 40, ou 240 km, se parar em Esperanza. Aqui, couberam apenas 5 litros a mais no tanque, mas precisávamos garantir.

Torres del Paine postos de gasolina
O posto em Taipe Aike

Meu próximo registro de combustível já foi dentro do Parque: depois de reabastecer em Taipe Aike tínhamos gastado 1/4 do tanque entrando pela Portaria Sarmiento e guiando até o mirante do Salto Grande e depois até a Hosteria las Torres, onde nos hospedamos.

Dois dias depois (no dia seguinte ao que chegamos a TdP, o carro não foi usado pois fizemos uma trilha), consumimos mais 1/4 para rodar pelo parque, partindo do Las Torres até o Lago Grey e retornando à saída do parque.

Da fronteira argentina a El Calafate, passando por Esperanza, foi 1/2 tanque, então o tanque estava na reserva quando nos aproximávamos de El Calafate, o maior sufoco! Mas não precisamos nem empurrar o Corsinha (rsrs). Abastecemos no posto da Petrobrás de El Calafate ao custo de 10 pesos o litro, contra os 20 que seriam cobrados caso devolvêssemos o carro sem abastecer.

preço da gasolina argentina
Mistura de sentimentos ao ver nossa Petrobrás na Argentina, em meio aos escândalos atuais
posto de gaslina Torres del Paine
Olhem quem encontrei perto do posto de Taipe Aike


CRUZANDO A FRONTEIRA, OU O PASO INTERNACIONAL

A funcionária da Hertz advertiu: “cuidado com a documentação na fronteira, porque venta muito lá.” Chega a ser hilária a ventania presente não só na fronteira, mas em diversos pontos do Parque TdP.

estrada Torres del Paine
Vento ventania, me leve pra qualquer lugar!

Há duas formas de cruzar a fronteira e chegar a TdP, em duas aduaneiras distintas:

  • a Paso Dorotea pra quem vai pela Ruta Internacional CH-250 em direção a Puerto Natales, que funciona 24 horas de novembro a Março, mas das 8h à meia-noite de abril a outubro.
  • e a Paso Río Don Guillermo, a aduana do atalho que pegamos, na estrada de rípio, com funcionamento das 8h às 22h durante o ano inteiro.

Estando com carro, é preciso apresentar a documentação na aduaneira de ambos países, além de ganhar carimbos no passaporte na entrada e saída dos dois países, como acontece em aeroportos.

Bem, não é bem como acontece em aeroportos. Na saída da argentina não tivemos nenhum problema, o atendimento até que foi rápido, era perto da hora do almoço e havia turistas e caminhoneiros. Não tivemos o azar de pegar ônibus cheio de turistas, quando a espera é maior. Na entrada do Chile, percebemos a superioridade não só das instalações (prédio, limpeza, informações claras ao turista, mapas, raio X), mas principalmente da formalidade e profissionalismo que a situação exige. Na Argentina, um funcionário é militar e o outro é um rapaz sem educação que eu classificaria como moleque. Na entrada no Chile, o funcionário foi até nosso carro e rapidamente o vistoriou, procurando por alimentos frescos. Quanto apontei para a sacolinha de lixo, ele se ofereceu para jogar no cesto de lixo deles. Na reentrada para a Argentina ninguém conferiu nada e o “moleque” a que me referi acima esteve fora de seu posto por 15 minutos, batendo papo. OK, todo mundo tem direito a um intervalo, mas não havia um aviso sequer sobre sua mesa ou ninguém que nos desse satisfação. Quando voltou, atendeu um casal de coreanos, que não falavam espanhol, então ele nada perguntou (!). Saiu mais uma vez para fazer sabe-se lá o que, sem dizer nada, simplesmente largando nossos documentos sobre sua mesa escura (sim, não havia energia elétrica no posto argentino). Quando voltou, tentou fazer piadinha. Um casal espanhol que estava na fila atrás de nós também demostrou descontentamento. Homem Casado Viaja segurou minha onda e disse que eu só pioraria as coisas se eu reclamasse. E engole-se sapo! Ah, na aduana do Chile há um telefone de contato para reclamar em caso de atendimento ruim. Adivinha se na da Argentina existia qualquer coisa parecida! Com esses 30 minutos perdidos na fronteira argentina, aconteceu de não conseguirmos entregar o carro na locadora de El Calafate a tempo, pois a viagem de volta estava planejada levando-se em conta que não se perde todo esse tempo na fronteira. Evite perrengue: programe-se para perder tempo na fronteira e não passar sufoco caso tenha voo a pegar ou carro a entregar.

fronteira chilena
Paso Internacional Rio Dom Guillermo, a aduana do Chile


PISTOP

Bem ao lado do Paso Internacional Rio Dom Guillermo, há um restaurante-lanchonete-casa de câmbio-loja de suvenires chamado Ovejero. Não sei o que vocês acham, mas olhando a fachada pensei que estivesse numa cidade fantasma da corrida do ouro no Oeste Americano.

DSC_2316Mas por dentro a lanchonete é um aconchego só! Pele de carneiro nas cadeiras, livros sobre a região, lembrancinhas, bandeiras do mundo todo e um detalhe no capricho: cada mesa tem uma região do Chile feita com pirógrafo. A música que rolava no ambiente era tipicamente gaúcha, assim como as cuias e mate. Aproveite para comprar suvenires ali, pois no parque não encontrei nada.

De el Calafate a Tores del Paine
O tampo da mesa, no capricho!
fronteira Chile-Argentina
O interior da lanchonete-casa-de-cambio-loja

onde comer em Torres del Paine

Além da pausa para comer e usar o banheiro, aproveitamos para trocar dólares por pesos chilenos. Você pode fazer isso na volta também, caso tenha alguns sobrando.

CHEGANDO A TORRES DEL PAINE

A partir da fronteira, são mais 90 km até TdP, em estrada de rípio, mas a paisagem fica mais bonita, com lagos, montanhas, guanacos. Entramos pela portaria Lago Sarmiento, onde pagamos o ingresso ao parque.

A portaria Sarmiento
A portaria Sarmiento

Resumindo

  • tempo de viagem de El Calafate à fronteira Argentina-Chile: no mínimo, 2 horas
  • combustível para ir e voltar e rodar por todas as estradas de TdP, em carro econômico: 1 tanque cheio + 1/4, caso utilize a estrada asfaltada até Esperanza.
  • estrada boa, mas sem grandes atrativos. A paisagem fica melhor perto da fronteira, mas a estrada fica pior.

Posts Relacionados (leia também os posts clicando em seus títulos)

Vai ficar em TdP? confira post com links para todo tipo de hospedagem no parque: TdP: Hotéis, Campings e Refúgios
Vai encarar a trilha de 8 horas (10, no meu caso)? leia TdP: Sangue, Suor e Beleza 
O que há para fazer lá: Torres del Paine: hipnotizantes
O que faltou nos posts anteriores você encontra aqui: Torres del Paine: Dicas práticas

Sobre El Calafate:

Dicas para planejar sua viagem ao Sul da Patagônia: Patagônia Argentina e Chilena: plano de viagem
Atrações em El Calafate: El Calafate: o que fazer por lá
Mais sobre El Calafate: El Calafate, aquela da geleira Perito Moreno
Como foi caminhar sobre a geleira, no minitrekking: Perito Moreno: Caminhando sobre o gelo

33 comentários sobre “De El Calafate a Torres del Paine

  1. Amanda março 14, 2015 / 5:06 pm

    Olá, eu vou de Él Calafate para TDP agora dia 21 de Março com mais 3 pessoas, e tenho muita dúvida se é melhor alugar carro, como vocês fizeram, ou pegar ônibus de excursão. Você recomendaria a estrada como tranquila e segura? Vocês precisaram apresentar carteira de motorista internacional em algum momento? Se puder me dar mais informações sobre esse processo de alugar carro e o caminho até lá eu agradeço.
    Obrigada

    Curtir

    • mulhercasadaviaja março 15, 2015 / 12:33 am

      Oi, Amanda. O carro sempre dá mais liberdade para parar, apreciar a paisagem, tirar fotos. A Ruta 40 é tranquila e bem sinalizada, não há curvas perigosas. O acesso ao parque é em estrada de pedriscos, assim como todas dentro do Parque. Use o Google Maps e siga a dica do post sobre o trecho que não aparece no Google. Você só precisa decidir se fará o desvio até Esperanza, em estrada asfaltada, ou se vai direto pela Ruta 40, com um trecho de rípio. Usamos a carteira de habilitação brasileira mesmo e você a apresenta na locadora de veículos e na fronteira.
      Abraços e aproveite a viagem!

      Curtir

  2. Elizabete março 26, 2015 / 3:41 pm

    Ola. Estou pensando em visitar a Patagonia em Novembro, e seus posts sao muito informativos, parabens!
    Você poderia me dar uma ideia de quanto gastou com o aluguel do carro + combustivel? Estou analisando se seria melhor alugar carro ou ir de onibus.
    Obrigada

    Curtir

    • mulhercasadaviaja março 26, 2015 / 6:21 pm

      Oi, Elizabete. Eu fiz orçamento em três empresas e achei minhas anotações com o email delas e os valores:
      Nunatakrentacar@cotecat.com.ar (876 pesos/dia)
      – reservas@milletrentacar,com.ar (120 dólares/dia)
      – Hertz (no site eram 107 dólares/dia com km controlado e na central telefônica 99,90 quilometragem livre)
      Vou atualizar no post algumas informações sobre o aluguel de que me lembrei agora.
      Bom planejamento para você!

      Curtir

  3. Dênia setembro 3, 2015 / 10:53 am

    Mulher Casada, seu blog é o máximo! Tudo que eu precisava! Vou viajar com meu namorado e nosso planejamento é todo à distância, pois ele é inglês (e mora lá!). Aqui encontrei uma série de informações importantes, pois pretendo fazer o trecho El Calafate – Torres del Paine de carro, como você. Nós vamos num dia e voltamos no outro. Existe algum tour que você recomenda? Nós iremos no Parque Nacional, é claro. Mas, eu queria, primeiro, aproveitar a tarde do primeiro dia, e o outro dia inteiro antes de retornar. Se puder, me dê dicas de tours de meio dia 🙂 Ele queria fazer algum trekking, mas como só ficaremos 1 dia, vi que o trekking de 1 dia dura cerca de 9h, que poderia complicar a questão do retorno a El Calafate de carro (além da questão da entrega do carro a tempo. Enfim, é isso! Abraços!!

    Curtir

    • mulhercasadaviaja setembro 3, 2015 / 12:14 pm

      Bem vinda ao blog! Obrigada, Dênia, eu também gosto muito dele (rsrsrs). De carro é super tranquilo conhecer o parque todo em um dia. Neste post https://mulhercasadaviaja.com/2015/03/17/torres-del-paine-hipnotizantes/ tem o roteiro de 2 1/2 dias, que fica igual ao seu tempo disponível tirando a trilha que fiz de um dia completo. Note que dá pra fazer uma trilha linda e fácil de cerca de uma hora. As dicas estão lá! Ah, diferente de El Calafate, que tem centrinho, comércio, etc, não tem nada além do parque em TdP, então tudo o que você programar será no parque. Abraços e bom planejamento.

      Curtir

  4. Tarcisio setembro 16, 2015 / 9:54 pm

    Oi
    Tem como vc me mandar seu email?
    Pretendo fazer esse trecho no dias 04/01/2016 e tenho “algumas/várias” duvidas, se puder me ajudar, ficarei mto grato.
    MUITO BOM seu blog.. bjo

    Curtir

    • mulhercasadaviaja setembro 17, 2015 / 12:07 am

      Oi, Tarcisio, tudo bem? Se você não tiver nenhuma dúvida constrangedora (acho que nunca seria esse o caso, não é?), pode perguntar aqui nos comentários e há uma razão boa para isso: sua dúvida pode ser a mesma de outros leitores, que quando visitarem o blog já terão a resposta. Fico aguardando. Abraços!

      Curtir

  5. Felipe Souto setembro 28, 2015 / 6:00 pm

    Oi!

    Usaram GPS para andar de carro por lá? O sinal de celular e 3 ou 4G funciona?

    Parabéns e sucesso com o blog. Muito bem escrito!

    Abraço,

    Felipe

    Curtir

    • mulhercasadaviaja setembro 29, 2015 / 3:47 pm

      Oi, Felipe, bem vindo ao blog. Olha, em nenhum momento senti necessidade de GPS. A estrada nao tem saídas e um mapinha e a sinalização foram suficientes. Só usei sinal do hotel, na estrada, não, então não sei te informar. Abraços

      Curtir

  6. alice junho 29, 2016 / 10:01 pm

    oi tudo bem? parabéns pelas dicas, adorei seu blog! gostaria de saber quanto tempo você gastou de carro de el calafate até torres del paine?obrigado alice

    Curtir

    • Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja junho 30, 2016 / 12:16 am

      Oi, Alice, obrigada e seja bem vinda ao blog! Como diz no resumo do post, cerca de 2 horas. Cada um faz em seu tempo, pois não estávamos com pressa e paramos para fotografar, para comer, etc… abraços

      Curtir

      • alice junho 30, 2016 / 8:10 am

        Oi Márcia, entendi! Eu li que vc escreveu que são 2h de viagem mas achei muito pouco, porque no Google maps fala que são 3:30, e no outro blog a menina gastou entre 5 a 5:30 pegando o atalho, por isso quis perguntar de novo para confirmar e me preparar rs muito obrigado! Abraço

        Curtir

  7. Maurício Conti julho 11, 2016 / 1:22 am

    Olá … como faço pra descobrir se está havendo passagem entre Calafate e Torres del Paine e de Calafate a El Chalten em pleno mes de Julho ??? Pretendo ir no final do mes mas não sei como está o tempo (se as estradas estão ou não bloqueadas)

    Curtir

  8. Raphael novembro 10, 2016 / 7:04 am

    Parabéns Márcia, acho que o seu relato é o mais completo que encontrei!
    Você lembra de quanto foi a taxa para conseguir a documentação para atravessar a fronteira com o carro? Você fez bate e volta, dá p aproveitar? Obrigado

    Curtir

  9. Loyal Rio novembro 29, 2016 / 4:36 pm

    Oi Marcia!

    Muito legal esse forum e seu post, que achei pesquisando fotos da estrada para ver se me apavorava o suficiente para desistir: E APAVAROU rs!!!!

    Passei por uma péssima experiência recentemente ao alugar pela 1x carro em Cozumel, México, pq minha mãe entrou em desespero ao ver que não tinha nada na estrada ao circulara a ilha por um pouco mais de 1 hora, só montanha de um lado e mar do outro, nem placa, nem nada! E só de lembrar dessa tensão já quero desistir dessa trip planejada para março de 2017 com ela e o namorado. Iríamos alugar um carro para sair de El Calafate para TDP que segundo a pessoa do hotel leva 5 horas!!! Isso que a reserva seria para 3 noites, voltando no dia do embarque para Ushuaia as 14h em El Calafate, o que já pensei em voltar na véspera “just in case”, mas vendo a estrada do sem fim e do nada, entrei em pânico total, afinal eu irei digirir com uma pessoa medrosa do lado dando um comando energético de tragédia à vista rs.

    Será que existe escurssão?? E se sim que pernoita lá?? Mesmo que não saia de El calafate…aí veria como pegá-la…pq 5 horas dirigindo no nada me dá mesmo meda rs!!!

    No caso seria o primeiro alugar de carro propriamente dito haja vista que nesse 1 dia em Cozumel não havia programado, estava bebendo cerveja na praia e um cara ofereceu, só demos os 40 dólares (roubo pois era uns 20 nos balcões) mas valeu pq não precisamos dar cartão de credito , coisa que soube ser furada no México). Tb queria saber com vc que é super mega ultra experiente em alugar carro: a gente tem que fazer aquele seguro total pela Localiza da vida né? Ou teria um d cartão de crédito?? Vi um que cobra coisa de 50 reais por dia de seguro dando o direito de em caso de sinistro ter o reembolso total visto que a locadora de carro vai pegar seu numero do cartão para caso ocorra algo…e por último o fato de ter que contratar seguro contra terceiro. Enfim td isso são mais coisas para somar no final das contas né?

    Muitas questões!!!!

    MUITISSIMO obrigada desde já pela atenção e o tempo em elucidar minhas questões psíquicas racionais :-))

    Curtir

    • Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja dezembro 4, 2016 / 10:45 am

      Primeira coisa: dê um dramim pra tua mãe relaxar e dormir, assim você dirige em paz e curte a paisagem!rsrsrs A estrada é deserta, sim, mas não significa que a gente precisa pirar com isso, mas entendo que algumas pessoas tenham preocupações demais e se assustem com isso. Sim, se o pneu furar, se a gente passar mal, se, se, pode acontecer tanta coisa, né? Mas pode acontecer tanta coisa boa, também! Só a sensação de estar no meio do nada é tão rara e especial, não é mesmo? Tehno mais medo de andar em SP do que rodar pelo deserto!
      Dei um Google e achei duas agencias que fazem bate-volta a partir de El Calafate: http://patagoniachic.com/patagonia-chic-excursiones-detalle.php?id=49 e https://www.interpatagonia.com/elcalafate/parque-nacional-torres-del-paine.html. Para pesquisar mais, em vez de google.com.br, insira google.com.ar que vai achar mais opções.
      Eu sempre faço os seguros totais do carro, assim viajo mais tranquila, mas nunca precisei usar. Fala pra tua mãe isso: nem um pneu furado, nem problema de mecânica, nada. Vá com pensamentos positivos e coisas boas acontecerão. Tem gente ruim no mundo, mas tem muita gente boa.
      Abraços e espero que curtam TDP, seja de carro ou excursão.

      Curtir

  10. Jeannie Klein janeiro 6, 2017 / 11:54 am

    Olá MArcia, cheguei ao seu blig por causa de um comentário seu lá pelas lados do Viaje na Viagem do Ricardo Freire! Estou planejando uma viagem a Patagonia em Dezembro/17 e seuas diacas estão vindo a calhar. Meu roteiro é BSB > Ushuaia a Punta Arenas por navio > Puerto Natates/TdP > El calafate. Vou eu e meu marido e estamos na faixa dos 40 anos. Minha dúvida é estava vendo para alugar um carro em Punta Arenas para ir até El Calafate ou ir fazendo os trechos de ônbus… qual a sua opinião?

    Curtir

    • Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja janeiro 6, 2017 / 1:40 pm

      Oi, Jeannie. Que roteiro legal! Isso é muito pessoal, algumas pessoas gostam da comodidade de ônibus e agências turísticas, outras preferem a independência do carro, podendo parar ao ver algo interessante e não se prendendo a horários. Em dezembro os dias são bem longos e de carro vcs aproveitariam mais (sou do segundo grupo), mas como o próprio Ric Freire disse, pra ele foi suficiente ver tudo da janela do ônibus. Veja seu perfil e faça a escolha baseada nele. Abraços

      Curtir

  11. Juliane Naschpitz fevereiro 16, 2017 / 7:59 am

    Oi Márcia!
    A minha vontade depois de ler seus posts sobre Torres de Paines era lhe dar um grande abraço. Muito obrigada por esclarecer dúvidas práticas que são dificílimas de achar. Vamos ficar 3 noites no Hotel Serrano e estaremos de carro alugado. Acho que por conta do tempo que passaremos no parque de carro estou considerando descer ate Puerto Natales para abastecer e ter alguns quilômetros a mais de combustível. Vc acha exagerado? Mais uma vez Obrigada.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja fevereiro 16, 2017 / 1:19 pm

    Oi, Juliane, Me senti abraçada! Olha, se você vai ficar 3 noites e não vai fazer trilhas, usando só o carro para se deslocar, com certeza precisará reabastecer em Puerto Natales. Caso faça as trilhas e o carro fique estacionado, como eu fiz dá, mas é um risco, chegamos a El Calafate na reserva! Abraços e boa viagem pra vocês.

    Curtir

  13. Fernando março 30, 2017 / 7:35 pm

    Estimada Marcia:

    Te felicito por el blog en general y por este post en particular, me ha sido muy útil para planificar mi paseo desde Calafate a TDP.

    Como mi plan es dormir en Puerto Natales, lo más seguro es que tome el atajo de ripio evitando Esperanza, ya que podré cargar combustible ahí. Estuve averiguando en otros sitios y el tramo es perfectamente transitable.

    Me da pena y siento verguenza por cómo te trataron en el puesto fronterizo, lamentablemente es bastante común ese tipo de trato y profesioanlidad en los funcionarios públicos argentinos.

    Saludos y gracias por tomarte el trabajo de compatir con todos nosotros toda esta valiosa información.

    Fernando
    Córdoba
    Argentina

    Curtir

    • Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja março 31, 2017 / 7:41 pm

      Muchas gracias, Fernando, por seu feedback. Que bom que as informações estão sendo úteis. Sim, muitas pessoas enfrentam o caminho de rípio tranquilamente, e acho que eu deveria ter feito o mesmo.
      Quanto ao comportamento do funcionário da aduana, não é uma exclusividade argentina, infelizmente. Espero que aproveite muito esta viagem e que seja inesquecível, como foi para mim.
      Abraços!

      Curtir

  14. MARIA FERREIRA abril 26, 2017 / 5:53 pm

    Oi Márcia parabéns pelas informações, estamos querendo fazer o mesmo trajeto que fez em 02/2018, diz uma coisa tem algum lugar depois da fronteira do chile onde podemos comprar lanche? Já que não pode levar comida de El Calafete.
    Obrigada

    Curtir

    • Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja abril 26, 2017 / 11:38 pm

      Oi Maria, sim, neste mesmo post, no item Pitstop, eu falo da parada que fizemos depois da imigração chilena. Tem até foto do cardápio. Virando a esquina de onde fica este restaurante, tem uma cafeteria, mas não sei como é pois não entrei. Bom planejamento e aproveite. O fim do mundo é lindo! rsrsrs

      Curtir

  15. Juliana Volpi junho 21, 2017 / 6:46 pm

    Oi Márcia. Você sabe se é possível alugar o carro em El Calafate e devolver em Punta Arenas ou Puerto Natales? Obrigada e adorei seu blog!

    Curtir

    • Marcia, blogueira do Mulher Casada Viaja junho 21, 2017 / 7:09 pm

      Oi Juliana. Obrigada! Olha, sempre cobram uma taxa bem alta para carros devolvidos em outras cidades e para outro país deve ser ainda mais caro. Faça uma simulação na Rentcars.com – e se for reservar, não se esqueça de mim rsrs, pois clicando no banner deles aqui no blog eu recebo uma comissãozinha. 😊

      Volte e me conte o que decidiu. Bom planejamento!

      Curtir

  16. Cintia julho 12, 2017 / 8:04 pm

    Olá, Marcia! Estou adorando o blog e suas dicas! 🙂
    Meu noivo e eu planejamos passar nossa lua de mel na Patagônia, e estamos pleiteando a questão de alugar o carro ou não.
    Minha dúvida: Quantas horas demoramos no trajeto de Torres del Paine para El Calafate? Como nosso vôo de retorno em EC está previsto para as 13:00 horas, tenho medo de ficar muito em cima da hora… Caso estejamos sem carro, você sabe se há transporte pela manhã para retornar a El Calafate?

    Super obrigada! 🙂

    Cíntia

    Curtir

  17. Mariana setembro 20, 2017 / 8:43 pm

    Olá, Márcia! Parabéns pelo blog – essas dicas são de ouro! Vou à Patagônia com meu marido em dezembro/17 e estou fazendo nosso roteiro sozinha (pra variar, tudo é com a gente…). Minha ideia é alugar um carro em El Calafate para ir a TdP, dormir 3 noites em uma hosteria no Sector Rio Serrano (e de lá ir ao parque de carro nos 3 dias), e voltar a El Calafate para entregar o carro e pegar o vôo para o Brasil. Dúvida: como usaremos o carro dentro do parque, muito me preocupa a questão combustível. Não dá pra abastecer no posto de Taipe Aike (ou mesmo Esperanza) na volta pra não correr o risco de voltar com o tanque na reserva?
    Muito obrigada e parabéns de novo! Vou agora ler seus outros posts sobre a viagem ❤
    Abraços,
    Mariana

    Curtir

    • Marcia setembro 20, 2017 / 10:23 pm

      Oi, Mariana, sim, sempre nós mulheres planejando! Olha, Esperanza fica muito longe de TdP, melhor reabastecer em Taipe Aike e acho que se vc encher o tanque lá, dá pra rodar nesses 3 dias pelo parque, reabastecendo em Taipe Aike pra ir a El Calafate. Masctudo depende do quanto vc vai rodar e do carro que usará. Nao sei se ajudei, pq nao lembro onde é a região onde vc vai ficar…
      Volte depois pra contar como fez e ajudar os outros leitores.
      Obrigada pelo feedback. Espero que curtam bastante – e preparem-se pro vento!

      Curtir

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s