Dicas de Viagem à Eslovênia e roteiro

Compartilhe:

Conteúdo do Artigo

Uma amiga planejando viagem à Eslovênia me fez perceber que ainda não havia dicas gerais do país no Mulher Casada Viaja. Agora você também pode começar o planejamento por aqui: roteiro, melhor época, custos de alimentação, hospedagem, e outros.

A Eslovênia faz fronteira com países muito visitados por brasileiros, como Itália, Croácia e Áustria, além de Hungria, mas é um dos poucos lugares que visitamos onde não encontramos patrícios. Combinar uma viagem à Eslovênia com esses países é uma boa forma de enriquecer sua Eurotrip.

Interessante que apesar de Eslovênia e Croácia terem pertencido à extinta Iugoslávia, vi poucas semelhanças entre eles. Achei o povo mais simpático e receptivo e, por questões geográficas, encontramos paisagens totalmente diferentes. Mas acho que aprendi mais sobre a Eslovênia no retorno, descobrindo sobre as esdrúxulas divisões de cidades quando a Itália ficou com a maior parte da costa do mar Adriático, por exemplo.

Melhor época para uma viagem à Eslovênia

Nossa viagem à Eslovênia aconteceu na segunda quinzena de maio do pós-Covid, primavera na Europa. As temperaturas estavam agradáveis (máximas entre 11o e 15o nas montanhas, média de 20o nas cidades) e no geral choveu pouco e só sentimos frio congelante no ponto mais alto dos Alpes Julianos.

A primavera e outono são as melhores épocas para viajar para a capital Eslovena, Liubliana. No verão (jul-ago), as ruas do centro histórico e das margens do rio ficam intransitáveis, me disse uma local, e as temperaturas podem alcançar os 35 graus.

Já no parque Triglav, se sua intenção for fazer trilhas, nadar nos lagos ou acampar, o ideal é o período de verão (jul-ago, início de set). E o inverno (dez-jan-fev), claro, é uma boa época para esquiar.

Como chegar à Eslovênia

Voos para Eslovênia

Como não há voos diretos a partir do Brasil, você terá que fazer conexão em algum aeroporto da Europa antes de desembarcar na Eslovênia. O principal aeroporto da Eslovênia é o Aeroporto Jože Pučnik, a cerca de 25 km da capital Liubliana, que recebe voos diretos de destinos europeus.

Liubliana fica centralizada na região mais desenvolvida da Eslovênia. O mapa abaixo mostra sua localização e as autoestradas.

Nós desembarcamos no aeroporto de Zagrebe e depois de 2 noites na capital croata alugamos um carro pelo site de buscas e reservas Rentcars, na locadora Sixt, pois é a melhor maneira de viajar pela Eslovênia. Foram €344 para 19 dias de locação e a distância foi de apenas 198 km até o Lago Bled.

Assim que cruzamos a fronteira Croácia-Eslovênia, paramos no posto de fronteira (desde 2023 a Croácia também faz parte da CE, então não há mais controle de passaportes) para comprar a vinheta (16€/semana), obrigatória para dirigir nas autoestradas da Eslovênia.

Viagem à Eslovênia de transporte público

Trens não são tão práticos nos Balcãs, então muita gente opta pela Flixbus, na viagem à Eslovênia. Essa empresa de ônibus rodoviários é bem popular na Europa e vende bilhetes antecipados online. Mas talvez a empresa nacional Arriva tenha mais rotas.

Liubliana em tours/excursões

Idioma

Incompreensível para falantes de Português, pois são famílias distintas, já que o Esloveno faz parte das línguas eslavas. Mas me comuniquei em Inglês em todo lugar. E no lago Bled, o italiano é muito falado, também.

Cartão SIM

Compramos o cartão Net2Go num posto de gasolina por €4 e usei durante os 5 dias por lá. O que comprei na Croácia, da A1, não funcionou na Eslovênia.

viagem Eslovênia Alpes Julianos

Dinheiro e custos de viagem

A Eslovênia é mais barata que a Europa Ocidental e países vizinhos como a Itália e a Áustria e até Croácia, mas um pouco mais cara que a Europa Central.

A moeda local é o franco suíço, mas usei o cartão de débito internacional Wise. Se não conhece, é uma conta internacional autorizada pelo Banco Central, muito simples de abrir, tudo virtual. Para carregar o cartão (virtual ou físico), geramos no app da Wise um código para transferir dinheiro (pode ser pix) da conta corrente do banco brasileiro para dólares, euros, libras, moedas à sua escolha. O dinheiro não rende, mas é uma forma de poupança para viagens internacionais, já na moeda do país-destino. A comodidade maior é que mesmo que você tenha apenas dólares, e gaste em euros, o app automaticamente faz a conversão e o débito. Adeus casas de câmbio, adeus money belt! Se você quer abrir uma conta na Wise, pelo link acima você ganha uma transferência de até R$ 3.000 sem a cobrança de tarifas, aproveite!

Hospedagem na Eslovênia

Como em outros lugares, ao valor da diária de sua hospedagem será acrescida uma taxa municipal que varia entre €2 e 3 por pessoa e por noite. Como viajamos em 3, apartamentos caíram melhor que quartos de hotel, tanto pelo espaço quanto pela economia. Veja nossas escolhas a seguir.

Apartamento em Liubliana

Em Liubliana não foi difícil achar um apartamento bonito, confortável e no centro histórico – e ainda com vaga para estacionar. Pode seguir a sugestão e ficar no Hisa Pod Gradom que não irá se arrepender. Hóspedes deram nota 9.1, excelente.

O apartamento localizado num prédio histórico no quarteirão do Castelo de Liubliana é completo, com armários, cozinha equipada, tudo novinho e claro. Eu estava preocupada porque fica acima de um restaurante, mas as janelas são duplas e o movimento não vai até tarde. Aliás, achei uma vantagem ter o restaurante a degraus do apartamento! A vaga de garagem é na rua, bem em frente ao prédio. Eles deixam cones para reservar as vagas para os hóspedes.

viagem Eslovênia Liubliana

Hotel em Liubliana

Se você não abre mão de comodidades oferecidas por hotéis, confira o 5 estrelas Intercontinental Ljubljana, também no centro histórico.

Mais econômico, o Ibis Styles Ljubljana Centre também fica a menos de 1 km do mercado de Liubliana e é mais bonito do que o padrão básico da rede.

Apartamento no Lago Bled

Ficar em cabanas em destinos de montanha é para mim a melhor opção. Procurei por um lugar fora do centrinho, mais tranquilo e com mais opções de estacionamento, e encontrei o Holiiday Lake no Booking.com, que tem diferentes acomodações: estúdio para 2 pessoas, apartamento de 3 quartos, ou de 1 quarto com sofá cama na sala. Ficamos neste último (foto abaixo), apartamento novinho, com ótimo isolamento térmico.

viagem Eslovênia hotel

Hotel no lago Bled

Hotel Starkl – Heritage & Unique fica bem em frente ao lago Bled, no porto dos barcos para a Ilha Bled, e tem nota 9,1 segundo avaliação dos hóspedes.

Para uma hospedagem especial, aposte no Vila Bled, instalado na antiga mansão de verão do general Tito, e que já hospedou personalidades como Indira Gandhi, Nasser e Nikita Khurshchev.

Comer numa viagem à Eslovênia- e preços

O território onde hoje é a Eslovênia foi casa de impérios otomano, austro-húngaro, napoleônico e todos esses povos deixaram uma rica herança. As imagens abaixo, que achei em um restaurante em Liubliana, mostram os principais pratos da culinária do país:

Como em outros países, podemos beber água da torneira e fontes durante a viagem à Eslovênia.

Deixo abaixo os lugares e os pratos que comemos durante nossa viagem à Eslovênia.

Lago de Bled e Triglav

Em Bled, no primeiro dia almoçamos num restaurante que eu não daria nada ao passar pela frente, mas achei muito bom, tanto pelo serviço, apresentação dos pratos e sabor, o Gostilna Murka (Riklijeva cesta 9). Gastamos €57 para 3.

viagem Eslovênia Bled

No segundo dia comemos no Koča na Gozdu. restaurante de montanha, a caminho do Passo Vršič. Nada de especial, além da localização, da vista, e da situação de ter que me comunicar com atendente que não falava inglês. Histórias para contar, habilidades gestuais em prova.

viagem Eslovênia

Quanto ao tão falado tradicional bolo de creme de Bled (krenna rezina), achei superestimado. Nós o provamos no Art Cafe Bar (Cesta svobode 7a), onde gastamos €29 em 2 chocolates quentes, 1 café com leite e 3 bled cakes.

Liubliana

O restaurante Hiša Pod Gradom (Streliška ulica 10), no térreo do nosso apartamento alugado é bem avaliado e gastamos €50 em 3 pratos: filé de frango ao molho mostarda, filé de frango grelhado, nhoque à bolonhesa, 2 cervejas de 500 ml e 1 coca.

Escolhemos uma das mesas externas do mercado central de Liubliana para provar a tradicional salsicha eslovena. Veja os preços de outros petiscos:

viagem Eslovênia Liubliana

Na última noite em Liubliana comemos à beira do rio, na Pizzeria Ljblajanski Dvor (Dvorni trg 1). Com refrigerante, 1 cerveja, 2 pizzas individuais e uma porção de fritas gastamos €31.

viagem Eslovênia

Gostei mais do doce gibanica (€ 5,80) do que do tradicional bolo de Bled. Foi no Caffe Bienale, no museu de artes gráficas, no Parque Tivoli de Liubliana, que o provamos – e passei o resto da viagem procurando por outro, mas só o encontrei em Split.

Também guardei o recibo do restaurante em frente ao Castelo Predjama, o pior desta nossa viagem à Eslovênia. Gastamos 56€ em 3 pratos nada saborosos, 3 picolés e 2 cervejas. Apenas a vista valeu.

viagem Eslovênia

Preços nos supermercados da Eslovênia

Uma viagem à Eslovênia é mais econômica do que à Croácia, por exemplo. E ainda podemos economizar mais alugando apartamentos onde podemos fazer algumas refeições. Não vi pessoas comendo pratos de mercado pelas ruas, como é comum na Suíça, por isso levamos para o apartamento para comer.

No Mercator de Bled (Prešernova cesta 48), fizemos uma comprinha para o café da manhã: 1,5 litro de água, 500 gr de pão integral, nescafé, café com leite pronto, morangos, 2 iogurtes saiu por 16€.

Mas mesmo em refeições principais dá pra economizar. Em Liubliana, uma noite nossa filha preferiu ficar no apartamento, e com 9€ compramos um lanche de frios em baguete de 25 cm, 2 refris, uma salada grande com molho.

Roteiro na Eslovênia

A Eslovênia entrou espremida na viagem à Croácia – e não me arrependi por ‘perder’ dias no país mais popular da antiga Iugoslávia em favor da Eslovênia. Eu, que sou do time montanhas e lugares tranquilos, gostei muito do país, mas se você vai no verão e quer curtir praias e ilhas croatas, talvez seja melhor evitar a adição, a não ser que tenha uns 30 dias e esteja numa viagem pelos Balcãs. Meu roteiro foi de 19 dias e não consegui ver tudo o que essa região europeia oferece.

Um roteiro é sempre único devido a inúmeros fatores: época da viagem, disponibilidade de tempo e recursos financeiros, preferências pessoais, entre outros. Eu fiz um roteiro pouco específico, típico de uma primeira viagem à Eslovênia. Entretanto, evitei bate e voltas, como de Liubliana ao Lago Bled ou de Liubliana ao Castelo Predjama e a Caverna Postojna, embora não haja nada errado com essa escolha.

Mas talvez o maior diferencial tenha sido incluir os Alpes Julianos e Parque Triglav, embora por menos tempo do que eu gostaria. A região do vale do rio Soca é muito bonita e popular para quem curte destinos de natureza, e não tivemos tempo de esticar até lá.

Confira o roteiro de nossa viagem de 5 dias na Eslovênia. Clique nas palavras sublinhadas para dicas específicas desses lugares.

dia 1 da viagem à Eslovênia

Chegamos ao Lago Bled a partir de Zagreb, ainda pela da manhã (194 km de distância). Deixamos as malas no apartamento alugado no Holiday Lake e seguimos para Garganta de Vintgar. A trilha na ida é por passarelas e pontes de madeira, mas a volta foi bem cansativa. Quando publiquei estas dicas de viagem à Eslovênia, ainda não tinha escrito sobre este passeio, por favor procure na página-índice Eslovênia. Depois voltamos a Bled onde almoçamos (veja mais abaixo).

Aproveite para seguir o Mulher Casada Viaja no Instagram. A garganta de Vintgar apareceu lá, primeiro!

viagem Eslovênia

dia 2 da viagem à Eslovênia

Após o café da manhã no apartamento, fizemos o passeio de barco até a Ilha Bled. Depois pegamos o carro e dirigimos até a parte norte do Triglav, o único parque nacional da Eslovênia. A Cachoeira Pericnik foi a primeira parada, aonde chegamos depois de breve trilha.

viagem Eslovênia
A ilha do lago Bled

Não podíamos deixar de subir a montanha para ver o Vršič Pass. No caminho, paramos para ver e fotografar o Lago Jasna, na cidadediznha Kranjska Gora. É um lugar muito fotogênico, e quem liga que o lago é artificial?

viagem Eslovênia

Leia sobre o Triglav em Descubra os Alpes Julianos e o Parque Triglav, na Eslovênia: Destino Turístico Deslumbrante

A estrada começa a ficar íngreme e segue por floresta fechada até a Capela Russa.

viagem Eslovênia

Depois da breve parada, mais curvas acentuadas estrada acima, e paramos para almoço na cabana de montanha Koca na Gozdu. Fiz questão de comer com vista, no terraço. Ainda bem que ofereceram mantinhas para nos aquecer!

Ainda havia neve no Vršič Pass, para nossa alegria!

viagem Eslovênia
viagem Eslovênia

No retorno ao Lago Bled, ainda tivemos tempo de uma passada no Castelo de Bled e de comer o tradicional doce de Bled antes de escurecer.

viagem Eslovênia
Castelo de Bled

dia 3 da viagem à Eslovênia

Deixamos o apartamento no lago Bled e com as malas no carro seguimos para a parte sul do Triglav, onde fica o lindo lago Bohinj. O lado oeste é mais natural, com campings e menos turistas, e o leste tem comércio, mais turistas e a igreja de São João Batista, com afrescos externos do séc 14 a 16,

viagem Eslovênia
viagem Eslovênia

Continuamos ao sul, até a cidade Škofja Loka, onde passeamos pelo centro histórico. Seguimos viagem até Liubliana, onde jantamos e tivemos a primeira boa impressão da capital da Eslovênia.

viagem Eslovênia

dia 4 da viagem à Eslovênia

Dia dedicado à linda capital da Eslovênia, Liubliana, que por ser verão = dias longos, conseguimos conhecer em apenas um dia.

dia 5 da viagem à Eslovênia

Deixamos Liubliana em direção a Trieste, com paradas na Caverna de Postojna pela manhã, e almoço e visita interna no Castelo Predjama à tarde. Chegamos em Trieste ao entardecer. Depois de 2 dias em Trieste, passamos por território esloveno até chegar a Zadar, na Croácia.

Agora que você tem informações de qualidade para sua viagem, não esqueça que pode retribuir ao reservar carro, hospedagem e comprar tours com nossos parceiros. Afinal, todo trabalho deve ser remunerado, não acha? O meu é te inspirar e ajudar a viajar bem. Se tiver alguma dúvida, pode deixar nos comentários que respondo rapidinho.

Marcia Picorallo

Marcia Picorallo

Escrevo o Mulher Casada Viaja com carinho desde 2014, compartilhando minhas impressões dos lugares por onde passei, inspirando e ajudando leitores a planejar suas aventuras.

Índice

Márcia, a viajante

Márcia, a viajante

Bem-vindo a bordo - e nem precisa apertar os cintos! Escrevo o Mulher Casada Viaja com carinho desde 2014, compartilhando minhas impressões dos lugares por onde passei, inspirando e ajudando leitores a planejar suas aventuras.

SAIBA MAIS

Assine a Newsletter

Resolva sua Viagem

Hospedagem

Faça suas reservas de hotel, apartamento ou B&B

Aluguel de Carro

com parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior

Viagem Segura

Viaje com Seguro, viaje tranquilo!

Roteiro Personalizado

Não pode planejar tudo sozinho e prefere contar com minha ajuda? Clique .

Artigos Recentes

Leia Também

Siga no Instagram

Planeje sua Viagem Aqui

Blogs de viagem são muito úteis no planejamento de viagem e gratuitos para o leitor, mas têm um custo para serem mantidos no ar – além do trabalho para edição. Se você gostou das dicas do Mulher Casada Viaja, saiba que pode retribuir e contribuir para que continuem chegando gratuitamente a quem busca inspiração e informação de qualidade. Basta clicar sobre os links de nossos parceiros. Você planeja sua viagem e retorna a gentileza:

Aluguel de Carro

com parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior

Hospedagem

Faça suas reservas de hotel, apartamento ou B&B

Ingressos sem Fila

Ingressos de atrações, excursões e tours

Viagem Segura

Viaje com Seguro, viaje tranquilo!

Roteiro Personalizado

Não pode planejar tudo sozinho e prefere contar com minha ajuda? Clique .

COMENTÁRIOS

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa Newsletter!

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos por e-mail.