Resorts e Hotéis em Maceió: minha seleção

Antes de iniciar a busca por um hotel ou resort para as férias, é preciso conhecer um pouco sobre o destino para saber se vale ficar num mesmo hotel durante a viagem toda ou em vários. Foi o que fiz enquanto planejava nossa última viagem a Alagoas: ficamos 3 dias em Maragogi e 3 em Maceió. Neste post, faço uma seleção de hotéis e resorts em Maceió e mais adiante escreverei sobre o litoral norte de Alagoas, onde ficam municípios menores em tamanho e maiores em beleza, como Maragogi, Japaratinga e São Miguel dos Milagres.

Rodar 230 km, extensão do litoral alagoano, em 6 dias é moleza. Já fizemos muitos roteiros com quilometragem maior em menos tempo, mas as praias te convidam a sentar, beber algo gelado enquanto se fita o horizonte sem fim, então as dicas deste post são de 2 viagens diferentes.

De qualquer forma, se você gosta do estilo quicar ou pingar de praia em praia ou se tiver mais tempo pra curtir tudo com a calma que aquele mar verde hipnotizante merece, sugiro ficar em dois hotéis diferentes, um mais ao Norte, como nos arredores de Maragogi, e outro mais ao sul ou em Maceió mesmo, para evitar bate-voltas mais longos, quando a gente acaba chegando junto com todo mundo e tudo está mais lotado e, no caso das piscinas naturais, nem sempre chegando no horário da maré baixa. 

Este post está dividido em duas categorias:
1. sugestões de resorts em Maceió
2. sugestões de hotéis em Maceió.

Para escolher um hotel que seja a sua cara, leia o post Maceió: o que Fazer além de Ser Hipnotizado pelo Mar, onde descrevo a estrutura de cada praia da capital alogoana.

Letreiro em Ponta Verde

Resorts em Maceió

Pratagy Beach
Em 2010, quando visitamos Maceió pela primeira vez, ficamos no resort Pratagy, que na época pertencia a um grupo italiano e por isso tinha 80% de hóspedes provenientes de lá, assim como a equipe de monitores. A estrutura era muito boa, com serviço de praia, caiaques gratuitos para brincar no rio Meirim, e toda noite tinha um show no teatro, que às vezes envolviam os hóspedes, integrando o pessoal. Minha filha adorou a equipe de monitores, e ora ficava com os brasileiros, ora com os italianos. Ficamos em regime all inclusive, uma delícia, na verdade um regime de engorda (desconfiei que iríamos pro abate ahaha) mas era muito bom estar na praia e receber frutas tropicais cortadinhas enquanto nos esticávamos entre os coqueiros…

como é resort Pratagy
Praia no Pratagy, em 2010

Quando fomos o mar estava bastante agitado, e acabamos ficando mais nas piscinas, porque a Juju, como toda paulista, adora uma – e eu fiquei mais tranquila, porque o mar estava pra peixe!

Maceió dicas de hotel resort
Vista aérea do Pratagy. A ponte liga a área do hotel à praia, passando sobre o rio Meirim

Hoje o resort pertence à rede Wyndham, e não sei mais como está o hotel, mas eu gostei muito da experiência. Mas é indicado para quem não vai sair do hotel ou, como nós, no máximo dois dias, porque se você for fazer muitos passeios, o que você paga pelo regime all inclusive não compensará.

Outra questão é que o hotel fica a 17km do centro, o que pode ser bom para quem quer hibernar, ou ruim para quem gosta de curtir a noite ou fazer compras.

onde ficar em Maceió resorts
passeio de caiaque no rio, no Pratagy

Saiba mais sobre o  Pratagy Beach, que tem nota 8.1. no Booking.

Jatiuca Resort
Nesta viagem a Alagoas ficamos em dois hotéis diferentes para poder explorar o melhor do Sul e do Norte de Alagoas, e nos hospedamos no hotel/resort mais antigo de Maceió, o Jatiuca Resort. Localização excelente, porque fica a 5km da muvuca praia de Pajuçara, mas facilmente alcançável numa caminhada prazerosa pelo calçadão de Maceió ou mesmo de carro.

O Jatiuca fica no único ponto de Maceió em que não há a avenida beira-mar, quer dizer, o hotel é pé na areia. Isso intrigava mesmo euzinha estando aproveitando todas as benesses de um pé na areia, então quando voltei fui investigar. Como eu disse, este é o hotel mais antigo de Maceió e na época em que foi construído, nos anos 1970, a região de Jatiuca era um lugar afastado e sem desenvolvimento, daí ser um resort. No entanto, não descobri nada que contasse a historia da época da construção da avenida beira-mar e porque esta área do hotel não foi desapropriada para que a avenida seguisse sem precisar dar a volta no hotel. Mas eu faço uma ideia…

Alimentação é de qualidade superior, mas não gostei muito do jantar buffet. Até os pratos servidos no bar da piscina eram deliciosos e bem apresentáveis. Alguns mimos: o coco verde vinha num suporte de bambu, assim você podia colocá-lo sobre a mesa.

Jatiuca melhor resort de Maceió
Prato servido no bar da piscina

A área verde em meio às piscina ganha qualquer um. Coqueiros, uma lagoa, uma ponte coberta e com venezianas para nos proteger do sol, tendas com cortinas brancas dançando ao vento à beira das piscinas. Sim, precisava de tudo isso, porque competir com o mar de Maceió não é dadinho de tapioca!

como é ficar no Jatiuca

Monitoria: vi as crianças se divertindo e participando assiduamente das atividades, mas minha filha já é adolescente então não participou. Aliás, profissionais de hotelaria, por que não fazem um espaço e atividades para integrar adolescentes, também, hein? Essa turma precisa de ajuda, porque só sabem se relacionar através de eletrônicos!!!

o playground e salas de atividades do clubinho: apenas algumas das opções para a molecada

Os adultos tinham atividades na piscina como alongamento, step, e outras atividades. Ah, quer praticar espanhol? fique ali. Acho que 80% dos hóspedes eram provenientes da América Latina.

hotels in brasil Maceio
a área de piscina mais antiga recebeu uma modernização há pouco tempo

Olha, difícil encontrar algum ponto negativo ali. Os funcionários são muito bem treinados, mas o atendimento não ficou engessado e é bem simpático. A manutenção é sempre presente e não achei nada quebrado, sujo ou que necessitasse ser trocado.

Veja preços e condições para reserva do Jatiuca no Booking.com, cujos hóspedes o avaliaram com nota 9,2.

a vida é boa aqui!

Dica de ouroPara usufruir de toda esta estrutura, você pode reservar o hotel ao lado, onde não é preciso ficar em regime de meia pensão (café+jantar) e por isso a diária fica um pouco mais barato. Falo sobre ele no próximo parágrafo.

Ponte sobre a Lagoa da Anta, ligando as duas áreas do resort

Jatiuca Suites Resort by Slaviero
Bem, não é só o custo do jantar que diferencia os dois Jatiuca. Eu achei os funcionários do Suites, embora simpáticos, menos profissionais do que os do Resort.

O quarto era de tamanho excelente e ficamos com bastante conforto, pois era um duplex, com lavabo e sala embaixo e no andar de cima uma suíte, o que permitiu privacidade tanto para o casal como para a adolescente. A vista pro mar vale o investimento e se você escolha um quarto virado para o mar, porque vê-lo do alto renova as energias de qualquer estressado. De quebra, vai dar aquela vontade básica de se mudar para o Nordeste.

superlua em Maceió
vista do quarto do Jatiuca Suites

Para poder aproveitar a estrutura do Resort, ganhamos 2 pulseiras: uma eletrônica de borracha leve e macia onde todas as despesas do bar e restaurante são lançadas e uma de plástico simples para indicar que somos hóspedes do Suites.

Ponto negativo: Pra dizer que achei um: o acabamento do hotel é um pouco ruim. Não que seja de qualidade inferior, mas o problema parece ser de mão de obra, mesmo. De qualquer forma, nada que atrapalhe sua hospedagem.

Veja preços e condições de reserva no Jatiuca Suites Resort by Slaviero no Booking.com

Salinas Maceió
Embora o Salinas Maragogi seja seu irmão mais famoso, Maceió também tem Salinas all inclusive – mas fica a 20km do centro, então não se engane pelo nome. Não vou fazer uma avaliação porque só passei em frente, mas se você quiser ver as avaliações dos hóspedes que já ficaram nele, visite o site do Salinas no Booking.com, onde ele conseguiu nota 8.8.

Hotéis em Maceió   

Bem, nestes aqui eu não fiquei hospedada, mas estavam na minha pré-seleção. O motivo de não terem sido escolhidos foi porque não quis ficar em praia no centro, pois apesar de a região ter uma oferta grande de restaurantes e bares, é muito cheia.

O Ritz Lagoa da Anta tem boa localização – fica em Jatiúca, ao lado do Jatiuca Suites Resorts by Slaviero, e é um dos mais reservados pelo Booking. Vou falar dos pontos negativos que vi, porque os positivos são facilmente encontrados nos sites de venda. O movimento de carros na avenida em frente ao mar no final do dia pode atrapalhar um pouco o sossego, mas passa rápido. A área de piscina, em frente ao mar, fica sombreada no período da tarde. Nota 8,5 no Booking.

Alagoas onde ficar
piscinas do Ritz.

Para quem prefere ficar no centro, o Best Western Premier Maceió é uma boa opção. A área de piscina fica na cobertura e dá uma linda vista para o mar e as jangadas que vão até as piscinas naturais de Pajuçara. Tem uma nota 9.4 no Booking.

hotel Pajuçara Maceió

Confira outras opções de hotéis em Maceió 

E você, se já esteve em Maceió, onde ficou e o que achou da hospedagem? Deixe suas dicas, elas podem ser úteis para outros leitores.

hotel lua de mel Maceió

Anúncios

12 comentários sobre “Resorts e Hotéis em Maceió: minha seleção

  1. Patricia outubro 7, 2018 / 10:19 pm

    Olá, tudo bem? Irei em janeiro, o que indica? Ficar primeiro em Maceió e depois Japaratinga, ou o contrário? Pensei primeiro em Maceió, pois o voo de volta para SP é só no final da tarde… Mas a estrada é boa ou melhor prevenir? Obrigada

    Curtir

    • Marcia outubro 7, 2018 / 11:17 pm

      Oi, Patrícia. Voltar de Japaratinga e pegar voo no mesmo é possivel, mas eu acho que twm tanros lugares pea parar no caminho que ou vc se atrasa ou nao os faz. Além disso, tem balsa pra pegar ou uma estrada mais longa. Eu ficaria em Maceió depois.

      Curtir

  2. Deisy Rodrigues março 16, 2018 / 1:25 am

    Eu preciso contemplar essas praias de Alagoas o quanto antes e uma boa hospedagem completa essa experiência, gostei bastante das suas dicas.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Andrea março 15, 2018 / 7:53 pm

    Você sabe que eu estou planejando uma viagem a Maceió e a procura de posts como esse?! Sério, caiu como uma luva…obrigada por compartilhar.

    Curtir

    • Marcia março 19, 2018 / 2:38 pm

      que bom, Andrea! Depois volte e deixe suas dicas.

      Curtir

    • Marcia março 21, 2018 / 8:38 pm

      Que bom, Andrea! Qualquer dúvida, é só perguntar.

      Curtir

  4. Cristina março 14, 2018 / 1:08 pm

    Que delícia! Precisando de uma road trip por esses 230 km! Adorei a seleção e as dicas!

    Curtir

    • Marcia março 21, 2018 / 8:38 pm

      É incrível como alguns dias assim fazem a diferença.

      Curtir

  5. Cynara Vianna março 14, 2018 / 9:37 am

    Ficar hipnotizado com o mar alagoano é realmente uma coisa que acontece com 100% dos visitantes, sou suspeita pra falar porque nossa segunda casa é em Maragogi. Passamos boa parte dos finais de semana do ano por lá. Maceió tem praias lindas e com um mar com banhos deliciosos também e qualquer um desses hotéis/ resorts que você citou acomodam muito bem todo perfil de viajante. Muito boa sua lista.

    Curtir

    • Marcia março 19, 2018 / 2:37 pm

      Ah, Cynara, fiquei com pena de você poder passar os finais de semana em Maragogi ahahaha E você, ainda fica hipnotizada ou já se acostumou?

      Curtir

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.