Os Lagos do Canadá ao longo da Icefields Parkway

Alguns dos mais bonitos lagos do Canadá ficam ao longo da estrada Icefields Parkway, que liga os parques – e cidades – de Banff e Jasper. Ali também fica a geleira Columbia, muito turística pois pode-se caminhar sobre ela após embarcar num ônibus gigante. Completam o cenário cachoeiras, rios e picos nevados até mesmo no verão. Além disso, a Icefields é uma estrada-safari, onde a vida selvagem é avistada com facilidade, do conforto e segurança de seu carro.

A estrada Icefields Parkway

Percorrer a estrada 93 entre Banff e Jasper é mais do que um banquete aos sentidos, estamos na rota que antigos exploradores e comerciantes de pele percorriam no lombo de cavalos. Enquanto o percurso era feito em 3 semanas, hoje é feito em pouco mais de 3 horas – isso se você resistir ao canto da sereia! A estrada, inaugurada em 1940, abriu terreno para o turismo e hoje 1,2 milhões de pessoas percorrem a Icefields Parkway anualmente. Seguramente, é uma das roadtrips mais cinematográficas do mundo e onde ficam alguns dos mais lindos lagos do Canadá.

A sereia canta muito, então vou deixar aqui os trechos mais lindões da Icefields Parkway, bem à beira da estrada, sem precisar de desvios ou trilhas. Estão no sentido Banff a Jasper, mas é claro que se pode fazer o sentido inverso, também.

Para ver os lagos, cânions e atrações de outros pontos das Montanhas Rochosas, não deixe de ler:
Lagos perto de Banff: Lake Louise e Emerald
Banff, o filé das Montanhas Rochosas do Canadá
Jasper, Canadá: o pote de ouro no fim da Icefields Parkway

Os lagos do Canadá ao longo da Icefields Parkway e outros bônus

Hector Lake

Nossa roadtrip pela Icefields Parkway começa no primeiro lago da manhã, o Hector Lake, a 77 km de Banff. A temperatura estava quase negativa, com brisa absolutamente negativa, e uma camada de bruma fria cobria o lago. Em outro ponto, poucos minutos depois, o tempo finalmente abriu:

Bow Lake

A estrada segue cheia de paisagens lindas, e poucos minutos depois, surge um lago que eu considero um dos mais bonitos das Rochosas, o Bow Lake. A foto abaixo foi feita descendo um morrinho na beira da estrada, onde tem um pequeno estacionamento/acostamento. Na viagem de volta, paramos ali para fazer picnic, pois há algumas mesas com esta vista:

Pouco antes, uma placa sinaliza a parada como ‘Crowfoot Glacier’. Mas seguindo adiante sentido Jasper, uma estradinha à esquerda leva a outro ponto lindo do lago, onde há banheiros químicos limpos e equipados, além de uma cabana/pousada, a Numti Jah Lodge, onde compramos talvez um dos sanduíches mais caros de nossas vidas. Nesta parte do lago tem uma ponte sobre um terreno alagado que rende fotos lindas.

Peyto Lake

Cinco minutos de carro adiante, é hora de estacioná-lo novamente e caminhar a trilha até Bow Summit, o ponto acessível mais elevado da Icefields Parkway, a 2.085m. A trilha tem um desnível de 66 metros, e apenas 1 km e crianças e idosos podem fazê-la sem problemas, seguindo seu ritmo.

Ao final da trilha, há uma plataforma com vista para o Peyto, lago que eu chamo de Wow, porque é o que todos dizem ao chegar ao mirante. Pena que hoje haja tantas imagens em Instagram e redes sociais e isso roube a surpresa, mas mesmo assim é daquelas vistas que chegam a doer, de tão linda que é.

Waterfowl lake

De volta à estrada e cerca de 15 minutos depois do Peyto, uma trilha rapidinha leva até mais um dos lagos do Canadá. Não lembro de ter visto placa indicativa, mas como tem um acostamento-estacionamento, paramos – e valeu a pena. Além da beleza do lago, pela vista da montanha Chephre, com 3.307 metros de altitude.

Saskatchewan River Crossing

Uma das poucas pontes sobre a Icefields Parkway, mas é claro que teria uma vista linda! Esta região é tão mais deserta que a de Banff, que paramos ali mesmo, sobre a ponte, para fotografar.

lagos do Canadá

Wheeping wall

Outra cachoeira com pouco volume no final do verão, a wheeping wall é um paredão quase vertical de 100 metros de altura, no km 124 da Icefields.

Mirante na estrada sobre a estrada

Antes de chegar à Bridal’s Veil (sim, eles também tem inúmeras cachoeiras nomeadas véu de noiva!), a estrada faz uma curva e um acostamento-estacionamento à esquerda permite um registro da Icefieds do alto, ótimo para quem não tem drone!

Columbia Icefield

Os picos mais altos e a maior quantidade de gelo das Montanhas Rochosas fica no campo de gelo Columbia, uma área de 325m2. Estar perto de geleiras é algo impressionante e, se elas têm marcações datadas como as que vi ali no Canadá e no Alasca, chega a ser alarmante pois percebemos o quanto elas estão retrocedendo. Uma parte educativa de uma viagem contemplativa. Prepare-se pois o frio nas proximidades é grande.

Se você quiser, há duas atrações turísticas pagas na Columbia Icefield, as únicas de toda esta roadtrip:
1.  Ice Explorer, um gigantesco ônibus, que mais parece um equipamento da Nasa, que te levará até a geleira, com acompanhamento de guia e grampões para poder caminhar na geleira.
2.  Glacier Skywalk, uma plataforma de vidro em formato de ferradura, projetada para fora da montanha, mas que fica um pouco mais adiante na estrada.

Tangle creek falls

No final do verão, como quando fomos, esta cachoeira à beira da estrada não parecia muito impressionante porque seu volume de água estava bem reduzido, mas vale a parada.

Athabasca Falls

A altura de 23 metros não impressiona muito aqui, mas sim o volume de água proveniente da Columbia Icefield.

Dirija por mais 40 km e estará na pacata cidade de Jasper, onde mais lagos, cânions e paisagens estonteantes te esperam.

Para entender nossa viagem inteira, copiar o roteiro e aproveitar as dicas, leia também:
Montanhas Rochosas Canadenses: Roteiro e planejamento
Alberta: onde ficar nas Montanhas Rochosas do Canadá
Ou veja tudo sobre as Montanhas Rochosas canadenses

Estes são os lagos do Canadá e demais pontos altos que vemos na roadtrip pela Icefields Parkway, de fácil acesso, mas para quem tem tempo e quer fazer trilhas, há muitos outros lagos, cânions e paisagens incríveis te esperando nas montanhas rochosas canadenses.

Blogs de viagem são gratuitos para os leitores, mas têm um custo para ficar no ar além de toda dediação e tempo gasto para deixar para você as melhores informações. Por isso, se você gostar das condições de nossos parceiros listados abaixo, organize toda sua viagem aqui no Mulher Casada Viaja:

14 COMENTÁRIOS

    • Primeira semana de setembro. Muita sorte com o tempo. Na segunda semana choveu e caiu até a primeira nevasca.

  1. Fico louca cada vez que leio um dos seus posts do Canadá! Os lagos da Icefields Parkway são maravilhosos. Fiquei curiosa com o “ônibus da Nasa” para passear nas geleiras… rsrs Sem dúvidas um passeio contemplativo bem diferente.

    • Ixi, ess ‘da Nasa’ tem um referência de um quebra-cabeças da minha infância ahaha, vai entender o que nosso cérebro guarda….

  2. Que coisa mais linda, Marcia. Faz tempo que quero conhecer essa região de Banff, os lagos, as Montanhas Rochosas. Estive recentemente em Toronto, mas não é bem esse Canadá urbano que me fascina – isto sim, lagos, montanhas, Natureza. Parabéns pelo relato. Grande abraço aqui de Portugal.

    • Conheci o leste do Canadá depois de viajar pelo Oeste e acho que isso tirou um pouco do brilho das cidades. Pra quem gosta de natureza, é um dos destinos mais legais pra colocar na lista. Obrigada pela visita, abraços

  3. Minha esposa tem muita vontade de conhecer os lagos do Canada, mais achei muito caro para ir, é caro mesmo?

  4. essa região dos lagos do canadá é simplesmente apaixonante, foi um dos primeiros lugares que eu queria conhecer quando tinha uns 15 anos aheuahe o tempo passou e ainda não fui, mas ano que vem promete!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui