Puerto Varas: guia para sua viagem

20150704-img_0051
dia cinzento em Puerto Varas, em junho

Revisitei virtualmente Puerto Varas por esses dias, planejando a viagem para um casal à região dos Lagos Andinos e me deu uma invejinha branca porque agora, na primavera-verão, as chuvas dão uma folga, assim como as nuvens, permitindo que o azul intenso do lago Llanquihue e os vulcões Osorno e Calbuco em seu horizonte sejam apreciados em sua plenitude. Aí percebi que ainda não tinha escrito sobre a cidade chilena menos conhecida que sua vizinha argentina Bariloche, o que faço agora.

Puerto Varas o que fazer
As placas à beira do Lago Llanquihue indicam as paradas do Cruce Andino

Visitei Puerto Varas porque a cidadezinha é ponto final da histórica – e inesquecível – travessia dos Lagos Andinos (Cruce Andino), que pode ter início em Puerto Varas ou Bariloche. Eu fiz os dois sentidos do passeio de um dia completo e as dicas você encontra no post Cruce Andino: de Bariloche a Puerto Varas.   

Cruce Andino Puerto Varas
Percurso final do Cruce Andino, já em Puerto Varas

Cheguei a Puerto Varas no ônibus da agência local, que pegou o grupo do Cruce Andino no porto onde o Lago Todos los Santos e o rio Petrohue se encontram. No caminho, marcado no screenshot acima, três meses após a erupção do Calbuco, ainda podíamos ver os montes de cinza que haviam sido empurrados da estrada para o acostamento.

A caminho de Puerto Varas, as cinzas deixadas pelo Calbuco
A caminho de Puerto Varas, as cinzas deixadas pelo Calbuco. Ao fundo, o Rio Petrohue

Poucos quilômetros mais adiante, o ônibus pára às margens do Lago Llanquihue e registramos em foto sob a luz do sol poetente o fotogênico vulcão Osorno. Mais uma vez, porque no Lago Todos Los Santos eu já tinha cansado de fotografá-lo!

Osorno, prazer em te ver!
Osorno, prazer em te ver!
Puerto Varas
Por do sol em Puerto Varas

Onde fica e como chegar a Puerto Varas

Puerto Varas no mapa do linguição Chile
Puerto Varas no mapa do linguição Chile

Não sei pensar em uma cidade ou país sem localizá-los no mapa, entonces aproveitei pra mostrar o Chile e suas regiões, lembrando que esta é a região dos Lagos e que Puerto Varas fica na mesma latitude de Bariloche, sendo mais fácil conhecer as duas numa mesma viagem do que sair de Santiago para isso, por exemplo. Aliás, esta é uma excelente maneira de se organizar: esqueça as fronteiras políticas e visite cidades de dois ou três países numa mesma viagem (como Viena, Budapeste e Praga. Ou Seattle e Vancouver ou ainda Bolzano e Innsbruck…)

Além do Cruce Andino, você pode chegar de avião a partir de Puerto Montt, distante apenas 20 quilômetros de Puerto Varas, seja de carro alugado ou de transfers promovidos pelas agências turísticas da região.

Ônibus também partem de Bariloche, dando a volta no Lago Nahuel Huapi, passando por Vila La Angostura, cruzando os Andes no Passo Cardenal Antonio Samoré, numa viagem de mais de 300 quilômetros. Este mesmo trajeto pode ser feito de carro e é uma opção mais econômica do que o Cruce Andino, mas verifique as condições climáticas: não vá se meter a dirigir em estrada gelada ou nevada sem ter esta prática.

Melhor época para conhecer Puerto Varas

Se quiser aproveitar a neve ao subir o Osorno, o melhor é ir entre final de julho e agosto. Dependendo do ano, setembro ainda tem bastante neve – e em 2016 nevou nos Andes no início de novembro! Por outro lado, a região dos Lagos Andinos enfrenta alto índice pluviométrico no inverno, e se você não tiver sorte, pegará dias chuvosos que atrapalharão a visão dos vulcões ou a beleza dos lagos.

Frio e muita chuva
Frio e muita chuva no início do inverno/2015


Como eu disse no início, primavera e verão, além de serem meses quentes, trazem a vantagem de dias longos, claros e livres de chuva – o que fazem desse período a alta temporada para argentinos, chilenos, europeus e norte-americanos, que buscam a região para fazer trilhas nos muitos parques nacionais chilenos e argentinos. Porque brasileiro quer ir pra ver neve!😉

Quantos dias em Puerto Varas

Se for só para conhecer a cidade, um dia é suficiente. Dois para conhecer a cidade e fazer o passeio no parque nacional Vicente Perez Rosale. E vá aumentando se quiser conhecer cidades do lago Lago Llanquihue.

Leia o post O que Fazer em Puerto Varas

Como circular por Puerto Varas

como circular em Puerto Varas

Dá pra fazer tudo a pé no centrinho e ao redor do lago, mas lembre-se de que a cidade fica num morro, o que pode trazer dificuldades para quem tem problemas de locomoção ou para idosos. Vi alguns ônibus circulando e esta van que leva a municípios vizinhos. Taxis podem ser chamados pelos hoteis.

Onde Ficar em Puerto Varas

A onipresente vista. Mas tem vulcão ali, atrás da neblina!
Vista do quarto no Hotel Cabaña del Lago. Tem vulcão ali, atrás da neblina!

Como em outras cidades, há várias opções de hospedagem, de hostels a hotéis estrelados. Eu me hospedei no Cabañas del Lago, cortesia da TuristTour em parceria com a Turistur, que também me ofereceram o passeio Cruce Andino. Mas eu indicaria o hotel mesmo que não tivesse sido assim: ele é lindo e aconchegante, todos os quartos têm vista para o lago, as salas de convivência são muito acolhedoras, café da manhã farto. O único porém é que é preciso caminhar um pouco para chegar ao centrinho, pois o Cabañas se localiza bem no cantão do lago, mas eu gosto de andar e é um grande prazer fazer isso em Puerto Varas – quando não chove, claro. Leia a review que fiz de minha hospedagem no Cabañas del Lago.

o restaurante do Cabanas del Lago
o restaurante do Cabanas del Lago

Enquanto não chovia, consegui caminhar pela cidade e visitei alguns hotéis para contar aqui para vocês minhas impressões. Dos que não gostei, nem comento aqui.

Um hotel mais simples e menor, mas que achei bastante acolhedor é o Hotel Puerta del Lago, que fica perto da igreja Sagrado Coração, cartão postal da cidade.

Fachada do Puerta del Lago
Fachada do Puerta del Lago

Outro hotel legal – e com uma vista bacana, mas com cara de hotel urbano (eu gostei do Cabañas pela rusticidade chique) é o Solace. Consegui permissão para visitar um de seus melhores quartos, andar alto e que tem janelas em duas paredes, proporcionando uma vista linda. Saiba mais clicando aqui.

Opção mais econômica é o Hostel Estrella de Belén, que como você vê na foto abaixo fica ao lado da Igreja do Sagrado Coração. O papo à mesa da cozinha foi tão bom que acabei indo embora sem ter visto as instalações. Fica na Rua Verbo Divino 422.

20150704-img_0048

Compras e Preços

o que comprar no Chile

Além de lojas com artigos para montanhistas, há uma vila com várias lojinhas de produtos artesanais chamada Feira Artesanal, com boa variedade e qualidade superior aos que vi em Bariloche. Os preços ali estavam bem atrativos e comprei toucas e luvas de lã, além dos carimbados ímãs de geladeira e chaveirinhos. 

Também passei por um supermercado para conferir frutas, legumes e mesmo produtos industrializados. Aproveite para levar o tradicional Pisco Sauer e vinhos.

pães mega brancos - não são pães sírios!
pães mega brancos – não são pães sírios!

Eu consumi muito pouco em Puerto Varas, mas anotei alguns preços
em dólares americanos:

– chocolate quente no Cabañas del Lago: 3
– sanduíche quente no Cabañas del Lago: 8
– água mineral no Cabañas del Lago: 2
em pesos chilenos:
– salada completa: 3.200
– salmão: 5.900
– cerveja Corona: 2.200
– excursão até Chiloe : 30.000 pesos chilenos
– sakdis de Petrohué e Lago Todos Los Santos: 15.000 pesos chilenos
– Saltos de Petrohue, Vulcão Osorno com almoço, meio de elevação e navegação no Todos Los Santos: 40.000
– excursão a Frutilar: 18.000

onde comer em Puerto Varas

Tomadas

tomada no chile

Cada vez mais necessárias para recarregar todas nossas tralhas eletrônicas, também é importante saber como são as tomadas em outros países. 

Mais sobre Puerto Varas e outros destinos no Chile

Leia os demais posts sobre Puerto Varas. Caso inclua Bariloche na mesma viagem, há mais de 10 posts sobre a cidade. Confira dicas de Santiago, Portillo, Torres del Paine e Deserto do Atacama!

Planeje sua viagem aqui

Blogs de viagem são muito úteis no planejamento de viagem e gratuitos para o leitor, mas têm um custo para serem mantidos no ar. Se você gostou das dicas do Mulher Casada Viaja, saiba que pode contribuir com a manutenção do blog e consequentemente para que as dicas continuem chegando gratuitamente a quem busca inspiração e informação de qualidade. Basta clicar sobre os links de nossos parceiros. Você planeja sua viagem e retorna a gentileza:
Booking.com: para fazer suas reservas de hotel, apartamento, B&B
Rentcars: aluguel de carro, com possibilidade de parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior
Seguros Promo: desconto de 5% em seguro viagem para leitores. Aplique o código CASADAVIAJA5
Chip de Viagem: compre seu chip e receba em casa antes de sua viagem

4 COMENTÁRIOS

  1. Estive em Puerto Varas durante 1 semana em agosto/setembro. Foi meu ponto de partida para bate e voltas em Osorno, Cabulco, Ensenada, Frutillar, Petrohue e Puerto Montt. Conheci muitoooo bem a cidade e todas as opções gastronômicas. O melhor restaurante da cidade, na minha opinião, é o La Marca. Fiquei hospedada no hotel Bellavista, que é perto do Cabanã, ao lado do Cassino. Super recomendo! Lindo, novo, aconchegante, quarto imenso, roupões, chinelos, chocolates cortesia e a vista linda dos vulcões. Fui esquiar em Osorno e tinha muita neve. Amei e voltaria mais vezes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui