Harder Kulm, o mirante de Interlaken na Suíça

harder kulm interlaken
O restaurante do Harder Kulm, em foto de Lukas Bieri

A Suíça talvez seja o país com mais mirantes do mundo – pelo menos dentre os que conheço. Visitei alguns deles e afirmo que o Harder Kulm em Interlaken é um dos mais populares. Venha conhecê-lo e saber o que esperar de uma visita.

Além da beleza natural, rica e diversificada cultura, da organização, dos chocolates maravilhosos e das montanhas, montanhas, montanhas, a Suíça surpreende pelas facilidades de locomoção. Claro que o fato de ser um país pequeno contribui para isso, mas lembre-se de que 60% do país é composto por montanhas alpinas, o que poderia ser um complicador, mas é muito fácil chegar perto do ou no topo de muitas delas.

Esta introdução é para explicar como visitei o Harder Kulm. Eu estava no Vale de Lauterbrunnen, tinha acabado de visitar a bela Mürren e outro mirante, Schilthorn, a montanha do 007. O tempo estava fechado no vale, e ainda tinha umas duas horas antes que escurecesse, vantagens de uma viagem no verão. “Vou passear em Interlaken”, disse como quem vai até o bairro vizinho em SP. Em 30 minutos eu estava de volta à cidade que significa ‘entre dois lagos’ – e como eu previra, o céu estava mais aberto, algo essencial para subir uma montanha e aproveitar as vistas.

Interlaken é uma belezinha, principalmente se você vai entre a primavera e o verão: canteiros floridos por todo lado, um gramado imenso para pouso de parapentes no meio da cidade, o rio Aar que corta a cidade e serve como ponte entre os dois lagos que justificam o nome da cidade, entre lagos. Só isso já valeria o passeio, mas tinha um mirante para conhecer, o harder Kulm.

Quando publiquei este post, ainda não havia escrito sobre Interlaken e os passeios de barco pelos dois lagos que a cercam, então por favor confira as publicações na página Suíça, aqui no Mulher Casada Viaja, e aproveite dicas de outras cidades do país.

O que Fazer no Harder Kulm

O Harder Kulm não é dos mirantes mais altos da Suíça, fica a apenas 1.321 metros de altitude. Em alguns casos, como este, não ser tão alto é algo positivo, pois vemos detalhes de Interlaken, do rio Aar e dos lindos lagos Thun e Brienz. Em dias claros é possível avistar as 3 grandes montanhas da região: Eiger, Monch, Jungfrau. Se é estas montanhas que você quer avistar, sugiro ir até o Schilthorn, pois a proximidade com as montanhas torna a experiência mais impactante.

Veja agora o que curtir durante a visita a Harder Kulm.

O passeio de funicular

O passeio no centenário funicular que percorre a distância de 755 metros em apenas 10 minutos, vencendo uma inclinação de 64%, é um bônus da visita ao mirante. O teto é de vidro e os assentos posicionados de maneira que todos consigam ver a vista.

Lá no alto, depois do desembarque você caminha por uma trilha leve, de uns 5 ou 10 minutos. Vá com calçados confortáveis, pois a trilha é de terra batida. Na foto abaixo se vê a estação do funicular e um trecho da trilha.

Harder Kulm interlaken
O lago Brienz ao fundo

Fazer uma foto na plataforma de vidro

Dispute um lugar para fotografar no bico da plataforma de vidro sobre o penhasco. Mesmo com nebulosidade, a vista é incrível!

Harder Kulm interlaken

Observar a dança dos parapentes

Que espetáculo assistir aos parapentes rodopiando ao sabor dos ventos! Ah, como eu gostaria de ter coragem para uma aventura assim. Quem sabe um dia…

Harder Kulm

Assistir ao pôr do sol

Nos meses entre primavera e verão, o funicular que leva ao Harder Kulm de Interlaken funciona também à noite, mas acho que o melhor é subir perto do pôr do sol. Como eu ainda tinha que voltar a Lauterbrunnen, não esperei, mas se você puder, não deixe de curtir o horário nobre do Harder Kulm.

Comer e beber nas alturas

O Restaurante Panorama oferece cardápio com refeições leves e também vegetarianas. Um café sai CHF4,70 e o cappucino 5,20. O tradicional Rösti (batatas com presunto e queijo derretido) CHF24. Carinho, né, mas a Suíça pode.

Harder Kulm interlaken

Visitar alguns animais no Wildpark

Uma caminhada rápida a partir da estação na base do funicular leva a uma espécie de minizoo, área com alguns animais locais, típicos de montanhas alpinas, como o ibex e a marmota.

Dicas para conhecer a Harder Kulm de Interlaken

Como chegar a Harder Kulm

A partir da estação de trem Interlaken Ost (atenção, pois há outra estação, a Interlaken-West), vire à direita (sentido oeste) e caminhe pela charmosa alameda arborizada Untere Bonigstrasse até avistar a ponte sobre o rio Aare. A estação do funicular fica em frente, do outro lado da ponte. Se você não parar embasbacado com a cor do rio, levará uns 10 minutos apenas.

Se você é esportista, uma trilha até o topo, com 759m de elevação, pode ser feita em cerca de 2 horas.

Interlaken
O rio Aar, visto da ponte próxima à estação do Harder Kulm

Ingressos

O bilhete de acessp ao Harder Kulm de Interlaken (CHF 17, quando escrevi este post) pode ser comprado na bilheteria, no momento do embarque, e não está incluso no Swiss Travel Pass. Quando fui, a espera foi de uns 10 minutos, no interior do predinho, um pouco apertado para a quantidade de turistas no verão.

Horário de Funcionamento do funicular

O funicular presta serviço entre meados de abril e novembro, das 9h às 16h55, com viagens noturnas durante o verão até as 21h. Confira o calendário atualizado no site Jungfrau.

Então, gostou deste mirante? Achou que vale a pena incluir Harder Kulm em sua visita a Interlaken?

harder kulm Interlaken

Outros Mirantes pelo Mundo

Este post é parte da blogagem coletiva do 8on8, grupo de blogueiras que publicam sobre o mesmo tema no mesmo dia. Confira as sugestões delas para o tema Mirantes:

Let’s Fly Away – Lugares para ver Paris do alto e se encantar!
Destinos por onde andei… – Mirantes imperdíveis para conhecer e amar!
Chicas Lokas na Estrada – Mirantes na Região dos Lagos
Viajante Econômica – Mirantes para visitar na Baixada Santista
Entre Polos – Monte Nebo – O Mirante para a Terra Prometida
Espiando pelo Mundo – Os magníficos contornos de Chicago

Organize sua Viagem aqui

Blogs de viagem são muito úteis no planejamento de viagem e gratuitos para o leitor, mas têm um custo para serem mantidos no ar. Se você gostou das dicas do Mulher Casada Viaja, saiba que pode contribuir com a manutenção do blog e consequentemente para que as dicas continuem chegando gratuitamente a quem busca inspiração e informação de qualidade. Basta clicar sobre os links de nossos parceiros. Você planeja sua viagem e retorna a gentileza:
Booking.com: para fazer suas reservas de hotel, apartamento, B&B
Rentcars: aluguel de carro, com possibilidade de parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior
Seguros Promo: desconto de 5% em seguro viagem para leitores. Aplique o código CASADAVIAJA5
Chip de Viagem: compre seu chip e receba em casa antes de sua viagem

8 COMENTÁRIOS

  1. Essa Suíça é mesmo escandalosamente linda! Estive em muitos mirantes por lá, tive acesso a vistas inesquecíveis, mas em Interlaken não fui. Ainda!

    Que sensacionais os cenários vistos do Harder Kulm! Espero poder conhecer um dia!

    Gostei de saber que o restaurante tem opção vegetariana! 🙂 Os valores pesam para nós, né? Contudo, a gente até esquece um pouco quando estamos diante de tanta beleza! 🙂

    • ;isso mesmo, Ana, sempre finalizando com um “não fui – ainda”. Sim, serviços em geral são muito caros na Suíça, mas eu passei de boa sem ir a restaurantes, embora ache uma parte importante de qualquer viagem.

  2. A Suíça é realmente um país com paisagens inesquecíveis. Fiquei morrendo de vontade de ir a Interlaken para conhecer o Harder Kulm. A cor da água do rio é impressionante, Márcia. Vi algo parecido em Kognisee, na Alemanha. Amei seu post e me deu uma vontade incrível de viajar pra lá.

    • Peguei dia de chuva no Konigsee, uma pena, é um lugar lindo, mas a cor do lago não estava lá estas coisas. Aliás, mesmo em dias de sol, não vi nos lagos da Alemanha ou da Áustria as cores dos lagos dos alpes italianos e suíços ou das Montanhas Rochosas do Canadá. Este mundo é muito lindo.

  3. Adorei a dica Márcia. Tenho muita vontade de voltar à Suíça, pois conheci muito pouco quando fui. Quero muito ir à Interlaken, uma cidade que está no meu imaginário há bastante tempo, então vou ler quando você postar. E é claro que não poderei deixar de subir até o mirante Harder Kulm. Você e a Suíça combinam muito bem: fotos lindas de um lugar lindo.

  4. Que sonho passear naquele funicular de teto de vidro para ver aquela paisagem deslumbrante! Amei conhecer o Harder Kulm de Interlaken na Suíça pelo seu post. Espero um dia conseguir visitar ao vivo!

  5. Que maravilhosa sua visita ao Harder Kulm, o mirante de Interlaken na Suíça, Márcia. Parece cenário de filme, daqueles mais espetaculares e não é coisa de cinema, é real, isto que é admirável. E você pôde comprovar, vendo de perto e trazendo toda esta beleza aqui pra gente.
    Me apaixonei, espero poder conhecer um dia também.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui