HWY 1 Califórnia: a icônica estrada de São Francisco a Los Angeles

Embora o caminho mais curto entre São Francisco e Los Angeles seja um voo qualquer, curtir a HWY-1 Califórnia em geral entra num primeiro roteiro de viagem pelo estado dourado. É a estrada mais bonita que você já viu ou verá? Espero que não, mas talvez seja. E é uma daquelas coisas obrigatórias que fazemos em determinados destinos. Então faça este trecho entre São Francisco e Los Angeles, por ser um ícone, um clássico das roadtrips. Veja o que você encontrará aqui neste post:

HWY-1 na Califórnia paradas

O que é a HWY-1 afinal?

A HWY-1 California é uma estrada construída nos anos 1930, quase como a nossa Rio-Santos, ou seja, segue margeando o litoral da Califórnia. Também conhecida como Pacific Coast Highway, seu trecho mais famoso é este do título, entre São Francisco e Los Angeles, mas totaliza 1.055 km de extensão.

HWY-1 na Califórnia mapa
A Hwy 1, em vermelho

Parte do percurso pertence a parques estaduais, como Big Sur, que vai de Carmel ao riacho San Carpoforo, alcançando 145 km e mais 32 km no sentido do interior. Você estará numa região preservada, e encontrará poucos restaurantes ou postos de combustível. Mas encontrará muitos mirantes. Siga a leitura e veja os principais.

Melhor época para fazer a HWY-1

A primavera e o verão, entre maio a agosto pode parecer o melhor período, com dias longos, mas também é o período mais cheio e no verão tem muita neblina, o que atrapalha a visão da paisagem. Estivemos lá em julho e também em setembro, mas não demos sorte com o clima, estava bem nublado, o que impactou na qualidade das imagens.

Outra questão a considerar são os frequentes incêndios florestais da Califórnia, mais comuns no verão. Ficamos parados numa estrada entre o parque Yosemite e São Francisco num trecho que mais se parecia um campo de guerra, com pinheiros pretos, sem vida, sendo retirados e içados em caminhões. Não acho que seja motivo para você deixar de ir, mas nos dias próximos da viagem fique atento a notícias locais da Califórnia.

O inverno (dezembro a março) apresenta dias mais chuvosos, e não pense que a Califórnia é quente como nosso nordeste, não. Já no final do verão faz frio em lugares como São Francisco, onde venta muito. Então o início do outono é a melhor época para esta roadtrip.
 

Alugar conversível para a HWY-1 Califórnia

Sonhe com o pacote completo: sol, boa companhia, música, a bordo de um carro conversível. Tá, mas e a mala? Desculpe o reality check, mas não se esqueça que em geral os conversíveis têm espaço para mala tamanho P, no máximo uma M. O que fazer, então?

Como estávamos em 3 e ficamos 15 dias na Califórnia, levamos duas malas M e uma P, que não caberiam no conversível. Também não queríamos correr o risco de deixar uma ou duas malas no banco traseiro, à vista de qualquer um quando estacionássemos – e a gente para bastante nos vários mirantes da HWY-1. Então reservei na Hertz, pela Rentcars, um carro comum para a viagem toda e na Alamo um Mustang conversível por 24 horas para fazer o trecho da 17-Mile Drive a partir de Monterey, onde nos hospedamos.

Importante escolher uma locadora que tenha cancelamento gratuito 24h antes, assim você fica de olho na previsão do tempo. Porque pra mim não vale a pena alugar um conversível e tomar garoa ou voltar pra casa com dor de ouvido por causa de vento. De fato, no dia em que deveríamos retirar o carro, a previsão era de tempo seco, mas frio, e o conversível ficou no campo dos sonhos.

Rode com mais confiança depois de ler Dirigindo na Califórnia #2: Sinais e Regras de Trânsito, Combustível, Estacionamento e Dirigindo na Califórnia #1: Pedágios, aluguel de carro, estradas e mais.

A Pacific Coast HWY-1 de moto

E que tal alugar uma moto para rodar pela HWY-1? Basta ter habilitação para guiar moto e reservar para 1 ou 2 dias, com cancelamento gratuito. A moto é entregue no hotel em que você indicar, em Monterey. Veja aqui.

HWY-1 California sem carro

Para quem não quer ou não pode fazer a HWY-1 de carro, a alternativa é comprar excursões que saiam de cidades próximas. Veja algumas sugestões de excursões de nosso parceiro Get your Guide:

Mais dicas para dirigir pela HWY 1 California

Em que sentido fazer a HWY-1


Se você puder montar um roteiro para fazer a estrada na direção Norte-Sul, ou seja, de São Francisco a Los Angeles, melhor. Isso facilitará o acesso com segurança aos mirantes espalhados pela Hwy-1, os sinalizados vista points, que ficam do lado do Pacífico.

Caso você já tenha comprado o voo chegando aos Estados Unidos por Los Angeles, você tem duas opções: fazer a Hwy-1 no sentido sul-norte, tendo o máximo de cuidado para cruzar a estrada e parar nos mirantes (e talvez perder alguns) ou ‘subir’ pelo interior, indo a Yosemite Park, por exemplo, ficar em São Francisco uns dias e depois começar a ‘descida’. Em nossa primeira vez na Califórnia fizemos no sentido LA-SF, e não gostamos. Aproveitamos muito mais no sentido SF-LA.

Condições da HWY-1, pedágio, combustível

A HW-1 é toda asfaltada, há apenas uma pista em cada direção, tem acostamento, algumas pontes, muitas curvas, mas não tem aqueles cotovelos típicos de serra ou passos.

Quando estivemos lá, o parque Big Sur estava fechado devido a incêndios, e em fev/21 a HWY-1 California esteve interditada por desmoronamentos. Confira em sites oficiais da região para saber se há algum impedimento na época de sua viagem.

Não há pedágios ao longo da estrada, exceto para entrar na 17-Mile Drive (leia mais no item próprio abaixo).

Aproveite a proximidade com as cidades maiores para reabastecer o tanque. Em lugares mais afastados como Yosemite ou na exclusiva 17 mile drive o valor do combustível é ligeiramente mais alto. Um lugar que você pode abastecer é o Big Sur River Inn.

HWY-1 na Califórnia posto combustível

Sinal de Internet na HWY-1

Em alguns trechos não há sinal, como em Big Sur, mas a estrada é bem sinalizada, então nem é preciso recorrer ao velho mapa de papel ou usar o Google maps offline.

E por falar nisso, sugiro que você já saia do Brasil com um chip americano instalado no seu celular. Confira os valores da Travel Mobile, eu usei nesta viagem à Califórnia e aprovei.

Melhores pontos para parar na HWY-1 California

Há acostamentos de terra com espaço de 2 a 6 carros, mais ou menos, dependendo do mirante, para parar o carro observar a vista e os contornos do litoral e fotografar. Listei aqui apenas os lugares que considero valer a pena a parada, ou seja, há muitos outros, então se o dia estiver lindo, você tiver tempo, pare em todos! E sugestões de cidades onde dormir estão mais abaixo.

Mapa dos principais pontos da HWY 1

17-Mile Drive e Carmel

A 17 mile Drive é uma rota dentro de um condomínio classudo entre Monterey e Carmel. Parte dela beira o mar e outra parte o condomínio que tem campos de golfe. Até o relógio de rua do The Lodge é da Rolex rsrsrs. Para ter acesso à 17-mile dr., entre por uma das 4 portarias e pague a taxa de entrada ($10,50). Leia o post completo no link acima.

HWY-1 na Califórnia praias
Pebble Beach, na 17-Mile Drive

Bixby Creek Bridge

HWY-1 na Califórnia ponte

É apenas uma ponte, mas na linda paisagem de Big Sur, então vale parar no View Point um pouco antes.

Pfeiffer Beach

Praia famosa devido à rocha com um buraco, conhecido como Buraco da Fechadura. Lugar perfeito para ver o por do sol! Dá pra chegar lá de carro, mas o estacionamento costuma lotar logo. Vários blogs americanos dão a dica, só buscar how to get to Pfeiffer Beach.

McWay Falls

HWY-1 na Califórnia cachoeira

Um dos cartões postais de Big Sur e da HWY 1, a cachoeira de 25 metros de altura cai diretamente na praia. Pelo que pesquisei não é permitido descer até a pequena praia por segurança e multa para os que tentarem pode ser aplicada.

San Simeon

Um bolsão de estacionamento no final da Pico Ave. e alguns passos te levam a um deck com vista para um colônia de leões marinhos, que não se importam com sua presença e continuam se espreguiçando na areia! Aguente o cheiro forte que vem deles, vale a pena.

HWY-1 na Califórnia leões marinhos

Restaurantes na HWY-1 California

Comer com vista deixa qualquer refeição mais saborosa, não acha? Há algumas boas opções de restaurantes que preenchem este quesito ao longo da HWY 1.
O Rocky Point Restaurant, na região Monterey, 10 milhas ao sul de Carmel é um deles. O Big Sur River inn também serve não hóspedes, embora não tenha vista, é uma opção bem na beira da estrada.

Paramos no restaurante Nepenthe, que tem mesas internas e no terraço com vista para o mar. Pena que ainda não era hora de comer…

HWY-1 na Califórnia restaurantes

Quantos dias para rodar pela HWY-1?

Sem parar, que não é a intenção de uma roadtrip como esta, são cerca de 12 horas, então o ideal é decidir quais cidades deseja conhecer e quanto tempo ficará em cada uma. Nós começamos a rota depois de ficar em Monterey e ter visitado o trecho da 17-Mile Drive e Carmel. Então em um dia fizemos o trecho até Los Angeles. Deixo abaixo sugestões de onde dormir e o número de dias que considero ‘adequado’ para você conhecer um pouquinho de cada uma delas.


Cidades para incluir no roteiro entre São Francisco e Los Angeles

Veja todos os posts publicados sobre a Califórnia

Yosemite National Park – fique ao menos 2 noites

Não é uma cidade e mesmo sendo no interior da Califórnia, portanto afastado da HWY-1, inclua Yosemite Park no seu roteiro, especialmente se seu voo aterrissar em Los Angeles. É um dos parques mais lindos dos Estados Unidos, meca de montanhistas, farta vida selvagem, as incríveis sequóias, paisagens inesquecíveis, e uma atmosfera deliciosa. Leia estes posts para ver se você não gostaria de estar ali: Roteiro de 2 dias em Yosemite, Yosemite: o melhor motivo para ir à Califórnia, Yosemite Park: guia para sua viagem.

Yosemite, Califórnia

São Francisco – fique ao menos 3 noites

Caso seu voo chegue à Califórnia por São Francisco, maravilha! Assim você conhece a cidade antes de fazer a HWY-1 no sentido correto. Escrevi sobre o passeio de barco na Baía de São Francisco, o Parque Golden Gate, as Painted Ladies e o Museu Exploratorium. Em Economia na Viagem a São Francisco estão vários pontos turísticos, além das dicas para economizar, como sugere o título. Passe lá!

Monterey – 1 dia

Em nossa primeira viagem à Califórnia, fomos até Monterey principalmente por causa de seu aquário, numa época em que havia poucos deles pelo mundo, e passamos apenas uma noite. Na segunda vez ficamos dois dias e duas noites, não fomos ao aquário, e descobrimos uma cidade muito gostosa para passear, com boas opções de restaurantes, ruas tranquilas e bem mais barata do que a badalada vizinha Carmel-by-the-Sea.

Leia O que Fazer em Monterey, Califórnia

HWY-1 na Califórnia Monterey

Carmel-by-the-Sea – 1 dia

Colada em Monterey, a cidade é um encanto, repleta de galerias de arte e lojinhas encantadoras. Estivemos lá apenas de passagem, descansando um pouco na Sunset Beach, praia muito bonita, mas gostaria de ter ido à noite também, pois a cidade não tem iluminação pública, deve ser muito aconchegante!

Solvang – 1 dia

Muita gente para ou dorme ao menos uma noite em Santa Bárbara, mas preferimos fazer um desvio e fazer uma parada para almoço tardio em Solvang. Outra opção é dormir por lá.

A cidade é um brinco, uma colônia de imigrantes dinamarqueses que souberam explorar as características arquitetônicas europeias e atrair turistas. Conta com 5 moinhos, fachadas em estilo enxaimel e até uma réplica da estátua copenhaguense (é esse o adjetivo?) da Pequena Sereia, que fica na Mission Drive. Solvang também homenageia o autor de A Pequena Sereia, dO Patinho Feio, entre outros, com seu museu Hans Christian Anderson.

E o caminho até lá é muito bonito, gostei de revisitá-la. E nos arredores há várias vinícolas, vale a pena explorar um pouco mais se você tem tempo no roteiro.

caminho para Solvang
HWY-1 na Califórnia solvang

Estou falando um pouco mais sobre Solvang porque diferente dos outros lugares apontados neste artigo, não tenho um próprio para ela. Nós comemos no Solvang Brewing Co, a cervejaria local, e na Olsen’s Danish Village Bakery, uma tradicional confeitaria. Além de comer, em menos de uma hora você conhece a cidade toda, caminhando.

a cervejaria

Los Angeles – 3 dias + 1 dia para cada parque (Universal, Knott’s Berry Farm, Six Flags)

Não é minha cidade favorita da Califórnia, mas tem que estar no roteiro passear ao menos um dia por Hollywood, visitar o pier de Santa Mônica e zanzar por Venice Beach. Nesta segunda viagem, em vez de ir à Universal Studios, fizemos um tour pelos Estúdios da Warner.

Veja também minhas dicas em Los Angeles: dicas para planejar sua viagem e Roteiro de 2 dias em Los Angeles

itinerário e dicas de Los Angeles
A praia de Santa Monica, em Los Angeles

Onde Ficar em Los Angeles

Los Angeles tem trânsito pesado, então preferi ficar em dois hotéis diferentes: um a passos da muvucada região de Hollywood, no Hollywood Celebrity e para curtir as praias ficamos no Hotel Erwin, em Venice Beach. Mas veja abaixo quantas opções legais:

Booking.com

Anaheim – 1 dia para cada parque da Disney

A cidade de nome pouco conhecido pelos brasileiros é onde fica o primeiro parque Disney, a Disneyland, e o mais recente, Disney Adventure, aberto em 2001. Já visitamos em bate-volta de Los Angeles e também nos hospedando na cidade. São menos de 50 km, mas acho que ao final de um dia de parque a última coisa que você vai querer é pegar uma estrada, por isso sugiro hospedagem em Anaheim.

Disneyland, na comemoração de seus 60 anos

San Diego – 2 dias + 1 dia para cada parque (Balboa, Sea World, San Diego Zoo)

San Diego fica ao sul de Los Angeles, e muita gente desconsidera esticar a viagem até lá, mas sugiro que se couber no seu orçamento e tempo, vá, sim! A apenas 200 km de Los Angeles, San Diego mistura o clima praiano com a tranquilidade de uma cidade média. Tem muitos museus e várias atrações para crianças, além de vida selvagem presente nos parques e nas praias.

Leia San Diego: 10 Lugares pra Visitar ao Sul da Califórnia

BAlboa Park san Diego
Balboa Park, em San Diego

Outros destinos legais da Califórnia

A partir de São Francisco, estique até Napa Valley se você gosta de conhecer vinícolas e fique ao menos uma noite.

Caso vá no inverno, que tal curtir Lake Tahoe? São apenas 300 km a partir de São Francisco.


Espero que este post tenha ajudado você a planejar esta roadtrip de São Francisco a Los Angeles pela HWY 1 Califórnia. Caso tenha alguma dúvida, deixe uma pergunta. Ou, se você está aqui revendo sua própria viagem, que tal deixar um comentário contando como foi? Parece que cada um tem um ou outro ponto de parada a sugerir. Qual o seu?


hwy 1 california sao francisco

Planeje sua Viagem aqui

Blogs de viagem são muito úteis no planejamento de viagem e gratuitos para o leitor, mas têm um custo para serem mantidos no ar – e posts como este levam muitas horas e às vezes dias até serem publicados.

Se você gostou das dicas do Mulher Casada Viaja, saiba que pode retribuir e contribuir para que as dicas continuem chegando gratuitamente a quem busca inspiração e informação de qualidade. Basta clicar sobre os links de nossos parceiros. Você planeja sua viagem e retorna a gentileza:

Booking.com: para fazer suas reservas de hotel, apartamento, B&B
Rentcars: aluguel de carro, com possibilidade de parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior
Seguros Promo: desconto de 5% em seguro viagem para leitores. Aplique o código CASADAVIAJA5
Chip de Viagem: compre seu simcard internacional e receba em casa antes de sua viagem
– para ingressos de atrações, excursões e tours, temos 2 opções para você escolher: a Get your Guide e a Tiqets.


7 COMENTÁRIOS

  1. Nossa, adorei conhecer a HWY-1 na Califórnia pelo seu post, que quantidade e variedade incrível de lugares para visitar no caminho!

  2. Adorei suas dicas sobre a HWY 1 na Califórnia. A viagem entre São Francisco e Los Angeles por ela é sensacional. Deu uma saudade muito grande aqui, porque essa foi a minha primeira viagem para fora do Brasil (inclui Las Vegas no roteiro). Todas as cidades que você incluiu aqui (Carmel, San Diego, etc.) são adoráveis. Cada uma com o seu jeitinho. Lendo seu post, morri de vontade de refazer essa viagem.

    • Já é a terceira por aqui a dizer que esta foi a primeira viagem internacional. O marketing turístico americano funciona bem!

  3. Que post lindo! California + Las Vegas foi minha primeira viagem internacional quando era criança! Acabamos fazendo a Highway 1 de LA pra SF por conta das datas que teríamos que estar no Yosemite e em Las Vegas, mas como paramos para dormir em 2 cidades pelo trajeto e tb para refeições, conseguimos ter várias vistas incríveis!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui