Alagoas: Praias ao Norte de Maceió – roteiro e dicas

sao miguel dos milagres como chegar

Maceió já é destino que satisfaz as ambições veraneias de qualquer ser, com um mar hipnotizante, as famosas piscinas naturais e suas jangadas, bons restaurantes, orla agradável para caminhadas no final de tarde, fácil acesso às praias do litoral sul, como a paradisíaca Gunga, mas não deixe de conhecer as praias ao Norte de Maceió para uma experiência menos urbana. Leia as dicas de onde ficar, quais conhecer, como chegar, para que suas férias em Alagoas sejam redondinhas.

Em Maceió: o que fazer além de ser hipnotizado pelo mar você encontra a relação de praias da capital e outras dicas 

Aeroporto: chegando por Maceió ou Recife?

Se você ainda não comprou passagem aérea, saiba que para conhecer as praias ao norte de Maceió há duas opções: desembarcar em Maceió ou na capital vizinha, Recife, cujas distâncias até Maragogi são similares, em torno de 130, 135 km. 

Maceió o que fazer
vista do quarto em Jatiuca

Aluguel de Carro ou traslado?

Depois de pousar, você terá mais liberdade para explorar as praias se estiver sobre suas próprias rodas. Nós alugamos com a Localiza, através da RentCars, e retiramos e devolvemos no aeroporto de Maceió.
Se estiver no ponto de querer se internar num resort ou mesmo pousada (afinal, elas estão cada vez mais eficientes na técnica de nos receber bem) e a única coisa que você quer explorar é uma bebida gelada, sombra e brisa do mar, pode ser mais barato contratar um traslado. A Lucky tem loja no aeroporto e em dez/18 cobrava R$150 por pessoa o trecho Maceió-Maragogi para janeiro/19.

Veja os detalhes de nosso aluguel de carro e entenda como são as estradas e a balsa no post Maceió-Maragogi: como chegar, aluguel de carro, paradas e outras dicas

piscinas naturais de Maragogi
piscinas naturais de Maragogi

Praias a Norte de Maceió

Veja no mapa abaixo que são muitas praias, então falarei sobre as que conhecemos. Fizemos o trecho Maceió-Maragogi de duas maneiras: na chegada, à noite, pela AL-105 e durante o dia pela costa, passando pela chamada Rota Ecológica e parando nas praias ao longo do dia.

Outra questão a considerar em seu planejamento é dividir sua estadia em 2 ou 3 pontos, que podem ser Maragogi e Maceió ou Japaratinga e Maceió. No meio, se quiser/puder, São Miguel dos Milagres. Evite fazer bate-voltas para o litoral norte a partir de Maceió. No máximo, vá até a Praia do Carro Quebrado.

praias Maceió a MAragogi

Roteiro pelas Praias ao Norte de Maceió

Dia 1: Praias ao norte de Maragogi: Burgalhau (almoço), Barra Grande e Antunes
Dia 2: Piscinas Naturais de Maragogi, Mirante de Maragogi (almoço) e tarde no hotel
Dia 3: praias entre Maragogi e Maceió: Japaratinga, São Miguel dos Milagres (almoço) e mirante da Praia Carro Quebrado no pôr do sol

Maragogi é o município mais famoso do litoral norte de Alagoas, e chegamos lá com grandes expectativas, esperando um paraíso – e nada mais gostoso do que se hospedar no paraíso, então reservei 3 noites no Hotel Areias Belas, em frente ao mar, com uma área de lazer aconchegante de dia e noite, e um café da manhã caprichado. A mais famosa opção de hospedagem é o resort Salinas de Maragogi. Veja também outras opções de pousadas e hotéis em Maragogi.

onde ficar em Maragogi
vista do quarto em Maragogi

Mas o paraíso é urbano demais e achei a orla urbana de Maragogi feinha, com restaurantes e lojas erguidos na areia (!), área pertencente à Marinha e que segundo me informei está há anos em processo para desocupação. Nos finais de semana a avenida da orla é fechada para pedestres, o que achei mais que adequado, mas nos demais dias não. Ficamos na porção urbana de Maragori, então se você gosta de movimento talvez queira ficar por ali. A escolha do local não nos agradou muito pelo que descrevi acima, mas nos garantiu uma boa espiada na vida real local: ainda há casas de pescadores, daquelascoloridas, de janelas e portas pequenas, cujos ocupantes passam a noite sentados em suas cadeiras, praticando a antiga arte da conversação olho no olho. Uma vantagem de se hospedar ali é a oferta de restaurantes, mas confesso que não provei nenhum prato que tenha valido a pena. 

Maragogi cidade
a avenida da orla, no centro de Maragogi

Foi em Maragogi que fizemos o passeio até as piscinas naturais. Na minha cabeça, eu iria numa jangada, mas isto só em Maceió, mesmo. Em Maragogi as piscinas estão a 6km de distância da praia, então você pode contratar lancha ou catamarã, diretamente com o proprietário ou em uma das agências locais. É aconselhável que se reserve antes e que se consulte a Tábua das Marés, informação imprescindível neste tipo de passeio. Se a maré estiver muito alta, não rola. Se estiver muito baixa, a água fica mais turva pela areia que sobe ao pisar dos pezinhos.

Maragogi piscina natural

Não há pier, então é preciso entrar no mar para embarcar. Como contratamos uma lancha (éramos 3 e mais um casal), não foi difícil, mas leve sacos tipo ziploc para guardar celular e carteira. Há um número limitado de pessoas e embarcações na área restrita das piscinas e depois de fazer a travessia praia-piscina tivemos que esperar um pouco nossa vez de ‘entrar’. O percurso foi divertido, com a lancha rápida sobre as ondas e o vento forte, e a espera, apesar de ter parecido longa, não foi desagradável, tendo aquele marzão por onde quer que se olhasse. O proprietário da lancha nos informou que a fiscaliação é rígida, que há sempre fiscais garantindo a restrição de barcos nesta área de preservação ambiental, assim como existe um rodízio da área a ser explorada pelos turistas. Foi tranquilo flutuar e mergulhar, e também caminhar, pois há áreas apenas com areia, livres de corais. Vi muitos ouriços e várias espécies de peixes, mas menos do que esperava. Um rapaz se ofereceu para fazer as tradicionais fotos subaquáticas, mas confesso que algumas coisas me incomodaram nesta vidinha de turista consciente e uma delas foi o fato de o rapaz disfarçadamente jogar ração para os peixes. Ou seja, é bem fake e não significa que haverá um cardume nadando junto a você.

piscina natural Maragogi

Um dos lugares que visitamos em Maragogi é o mirante que fica no restaurante e pousada Alto do Cruzeiro. É um lugar bem simples, mas com uma vista linda, confira:

View this post on Instagram

Maragogi vista do Restaurante Alto do Cruzeiro.

A post shared by Marcia Moghetti Picorallo (@mulher_casada_viaja) on

Letreiro Maragogi
o letreiro, no Mirante

Uma manhã de céu escuro e de chuva forte nos esperava em Burgalhau, mas isso não tirou a beleza da praia que tem restaurante de mesmo nome com boa estrutura. Chegue cedo se quiser ficar em uma das tendas ou pegar espreguiçadeiras. 

Burgalhau praia perto Maragogi
praia perto maragogi Burgalhau

A praia Burgalhau é a primeira ao Norte de Maragogi e é bonita como as demais da região, mas o diferencial fica no encontro do rio com o mar, uma chance de caminhar com tranquilidade oservando o mangue, tomar banho de rio e ainda aproveitar os bancos de areia mar adentro. 

Maragogi o que fazer
esfoliando os pés na praia de Burgalhau

Seguindo pela AL-101, a próxima praia é a de Barra Grande, que tem do lado direito um ponto mais selvagem, com poucas barracas/restaurantes. Um deles dispôs uma rede dentro do mar, coisa que uesó tinha visto em Jericoacoara! O mar é bem tranquilo, bom para crianças e terceira idade.

Barra Grande Alagoas

Segiundo pela areia mesmo, chega-se à Praia do Antunes, cuja característica turística principal são os coqueiros inclinados super instagramáveis. Difícil é esperar as poses todas até chegar sua vez! 

praia Antunes Alagoas

Para curtir estas praias ao norte de Maragogi, sem carro, pergunte sobre as vans que fazem o trajeto até Peroba, já na divisa com Pernambuco.

praia antunes Alagoas

Partimos de Maragogi no terceiro dia em direção ao Sul, e logo em seguida tivemos que parar para fotografar um trecho lindo da estrada e da praia sem interferências construídas que atrapalhasem a vista do mar da janela do carro. 

maragogi a maceió

A próxima parada foi Japaratinga, num mirante lindinho à beira da estrada onde se vê o letreiro ‘eu amo Japaratinga’, não tem como perder. Mas gostei mesmo foi de rodar pela estrada deste trecho que vai até Porto das Pedras, não se vê o mar muitas vezes, mas a estrada com curvas e vegetação tropical é um presente para os sentidos.

japaratinga onde ficar
mirante de Japaratinga

Se você optar por se hospedar em Japaratinga, uma pousada maravilhosa é a Pousada do Alto, com uma vista incrível, piscina de borda infinita, e nota 8,7 no Booking.com. Eu vi a dica no blog Viagens Cinematográficas e fiquei louca pra ter minhas próprias fotos lá, embora seja difícil bater as fotos dos caras – ahaha. Confira outras opções de hospedagem em Japaratinga aqui.

Japaratinga onde ficar
A Pousada do Alto, em Japaratinga. Foto divulgação

Em Porto das Pedras a AL-101 é interrompida pelo rio Manguaba e é preciso tomar a balsa (R$15/carro), que funciona das 6h à meia-noite. Há barraquinhas vendendo bebidas, salgadinhos industrialiados, produtos praianos, e a água de coco mais deliciosa que já tomei na minha vida.

balsa Boqueirão rio pedras

Neste trecho de pouco menos de 20 km entre Porto das Pedras e São Miguel dos Milagres, a estrada passa quase sempre dentro das cidades, com muitas lombadas e limite baixo de velocidade, o que torna a viagem bem longa. Mas calma, porque novo paraíso te espera! Use o GPs para localizar a entrada, pois não havia placas indicando nem a cidade, nem a direção da praia.

A expectativa era grande e São Miguel dos Milagres não decepcionou!  Diferente de Maragogi, a cidade não passa uma impressão ruim, as casas são simples, mas parece haver mais qualidade de vida e ainda há muito verde, muitos coqueiros. Que permaneça assim! 

sao miguel dos milagres

Como São Miguel dos Milagres fica no meio do caminho entre Maragogi e Maceió, é uma ótima opção para montar um roteiro de 1 semana: 3 noites em Maragogi, 2 em São Miguel, 2 em Maceió! Confira as sugestões de hotéis e pousadas em São Miguel dos Milagres.

alagoas sao miguel milagres

Infelizmente não tínhamos reservado nada ali, e ficamos apenas para o almoço, sendo depois literalmente expulsos pela maré que subia e derrubava as cadeiras e mesas do restaurante/barraca do Lita, sob sombra generosa de árvores, com estrutura de banheiros-cabines de madeira.

sao miguel milagres

Trocamos a areia e a vista do mar pelo asfalto mais uma vez e nossa próxima parada foi em Barra de Santo Antonio, onde você encontra muita tranquilidade na praia do Carro Quebrado, por seu acesso difícil e porque a maré alta toma conta da faixa de areia. Então confira a tábua de marés para ir no melhor horário. Na primeira vez em que fomos, contratamos uma agência para nos levar em um 4X4 e visitamos a praia deserta, sem infraestrutura, mas hoje parece haver barraquinhas. 

melhores praias Maceió
Julia bem criança na Praia do Carro Quebrado

Nesta nossa última viagem a Alagoas visitamos não a praia, mas a vimos do alto, do mirante que fica depois de uma estrada buraqueira que mais parecia cenário de guerra. Sério, não eram buracos, eram crateras. E as costelas de vaca pareciam mais costelas de T-Rex! Não é muito fácil chegar lá pois não há qualquer sinalização. Jogamos no Google Maps “mirante da Praia do Carro Quebrado”, mas foram trabalhadores rurais que nos indicaram o caminho, pois o GPS num ponto se perdeu.  

como chegar praia carro quebrado
trecho não tão ruim, que permitiu uma foto sem tremor

É mais fácil conhecer a Barra de Santo Antonio se você está hospedado em Maceió (47 km). De Maragogi são quase 100km, mas foi assim que fizemos desta vez porque estávamos voltando a Maceió. E se decidir ficar hospedado por ali, confira as opções de pousadas em Barra de Santo Antonio.

Praia-carro-quebrado-mirante-como-chegar
Mirante da praia do Carro Quebrado

E se você estiver se perguntando o porquê do nome Carro Quebrado, a lenda urbana praiana diz que um carro atolou na areia e quando a maré subiu não conseguiu mais ser recuperado. A outra lenda conta a historia de um casal que foi namorar na praia à noite e o carro quebrou. Eu fico meio decepcionada com a criatividade desse povo, os índios têm muito mais emoção em suas lendas!

A Barra de Santo Antonio é outro município onde fica outro encontro lindo de rio com o mar. Paramos lá depois de conhecer a praia do Carro Quebrado, e não me lembro exatamente onde almoçamos, mas a vista da mesa era esta:

alagoas praias norte maceio

E conversamos com um grupo de mulheres que catavam um molusco (?) para vender aos restaurantes da região. Eu mal entendia o que ela falava, pelo sotaque e pelo cachimbo dependurado na boca, mas disse que precisava de um balde completo para garantir o jantar da família.

dicas de Alagoas Maceió

Naquela primeira viagem a Alagoas, nos hospedamos na Praia de Pratagi, onde fica o resort Pratagy Beach, mas a praia tem acesso e atendimento a não hóspedes, também. É uma praia muito bonita, com uma faixa de areia entre o mar e o rio Meirim. 

onde ficar perto maceió

Foi um prazer rever estas viagens e compartilhar aqui as praias ao norte de Maceió. Se você já esteve em alguma que não está na lista, deixe aí nos comentários para ajudar quem ainda vai conhecer este nosso caribe brasileiro.

Não deixe de ler os demais posts sobre Alagoas: 
Resorts e Hotéis em Maceió: minha seleção
o que Fazer em Maceió além de Ser Hipnotizado pelo Mar
Maceió-Maragogi: como chegar, aluguel de carro, paradas e outras dicas
Alagoas: melhores praias ao Sul de Maceió e o São Francisco

Anúncios

27 comentários sobre “Alagoas: Praias ao Norte de Maceió – roteiro e dicas

  1. carlaalexmota 16 de dezembro de 2018 / 6:44 pm

    Que lugar bacana para uma escapainha de fim de semana. Maravilha! 😀 Anotei tudinho! Obrigada.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Amilton Fortes 16 de dezembro de 2018 / 1:45 pm

    Excelente suas dicas! Adorei Maceió e região, espero poder voltar mais vezes para explorar esse lugar de beleza impar.

    Curtir

  3. traveltipsbrasil 14 de dezembro de 2018 / 10:08 pm

    Nunca fui a Maceió! Mas animei depois de ler as suas dicas! As fotos estão lindas, Márcia!! Já tá na minha lista para viagens futuras! 🙂

    Curtir

    • Marcia 18 de dezembro de 2018 / 1:58 pm

      Você vai adorar, principalmente se sair de Maceió em direção ao Norte, com praias mais tranquilas.

      Curtir

  4. Fabio 14 de dezembro de 2018 / 3:06 pm

    A pouco tempo fizemos Maceió, Maragogi e São Miguel dos Milagres (que por sinal, me surpreendeu muito). Foi uma viagem sensacional. Espero muito voltar em breve.

    Curtir

    • Marcia 18 de dezembro de 2018 / 1:59 pm

      Tão bom quando encontramos perto de casa lugares inesquecíveis…

      Curtir

  5. Juliana Moreti 13 de dezembro de 2018 / 10:22 pm

    O calor me repele
    hahahahaha
    Nunca visitei esses locais, mas as paisagens são incrìveis!
    Agora.. o maridon nao deu bronca em fotografar o saradao na Praia do Antunes???
    hahahahaha

    Curtir

    • Marcia 18 de dezembro de 2018 / 2:01 pm

      Ahaha, Maridom é sossegadom nestas questões. Afinal, se fosse uma gostososa eu também iria fotografar! Mas como meu público feminino é grande, vamos mostrar tanquinhos! Olha, não se sente o calor lá, muita brisa o tempo todo, pode ir que vai aprovar, Ju.

      Curtir

  6. Aline Aguiar 13 de dezembro de 2018 / 10:04 pm

    Se o Nordeste tem defeitos, desconheço! Rs. Como é bonito!!! Adorei essa pousada que vc ficou em Japaratinga!!

    Curtir

    • Marcia 18 de dezembro de 2018 / 2:03 pm

      Tem defeitos humanos, Aline, a natureza foi generosa ali. Mas não fiquei em pousada em Japaratinga, não, só passei por lá.A dica é do Fábio do Viagens Cine.

      Curtir

  7. Juny 13 de dezembro de 2018 / 8:09 pm

    Ainda não conheco Alagoas e fiquei inspirada a conhecer pelo seu post. O roteiro pelas praias esta bem completo.
    As piscinas naturais de Maragogi parecem ser lindas! E sobre jogarem ração para os peixes para tirar essas fotos durante o snorkel, infelizmente fazem isso na maioria dos destinos.

    Curtir

    • Marcia 18 de dezembro de 2018 / 2:04 pm

      Nossa, Juny, me sinto super mal contribuindo para estas coisas. Antes de contratar, eu ainda fiz perguntas a respeito, o cara foi bem sacana.

      Curtir

  8. Gisele Rocha 13 de dezembro de 2018 / 7:22 pm

    Márcia, o roteiro está impecável e as fotos cada vez mais lindas. Você acha que bate e volta é ruim por questões de tempo de deslocamento? Eu acho meio cansativo ficar mudando mto de cidades.

    Curtir

  9. tharsilafernanda 13 de dezembro de 2018 / 1:32 pm

    Eu amo o Alagoas. As praias são incríveis e o que é esse azul desse mar? Quando fui fiquei hospedada na Pajuçara e foi demais. Meu bateu uma saudade agora lendo o post. Preciso voltar com essas novas dicas que vi aqui. 🙂

    Curtir

    • Marcia 13 de dezembro de 2018 / 6:46 pm

      Olha, se você achou Pajuçara incrível, espere até estar numa praia menos urbana, com as mesmas piscinas naturais! Volte, sim, o norte de Alagoas te espera!

      Curtir

  10. vicfarina 13 de dezembro de 2018 / 12:26 pm

    Aí quanta foto maravilhosa e dicaa valiosa! Amei! Me deuavisa vontade de visitar Alagoas novamente e me apaixonar mais ainda pelo nosso Brasil maravilhoso

    Curtido por 1 pessoa

  11. Rafael Cruz e Silva 12 de dezembro de 2018 / 7:13 pm

    Dentre todos esses estados do Nordeste que eu amo, nenhum tem o litoral mais bonito que Alagoas! Essa água azul é realmente maravilhosa!

    Curtir

  12. Adelaide 12 de dezembro de 2018 / 8:45 am

    Olá,
    ótimas dicas para o roteiro que estou planejando para janeiro. Com certeza é uma das regiões mais lindas no nordeste. Onde encontro as pousadas com melhor custo e benefício?

    Curtir

    • Marcia 13 de dezembro de 2018 / 6:53 pm

      Adelaide, como eu expliquei em um outro post desta série, esta viagem veio de supetão e não tive tempo de planejamento. Fiz as reservas em 2 hotéis – Maragogi e Maceió e não fiz muitas pesquisas de preço. No post têm links para hospedagem nas praias do litoral norte e neste aqui sugestões em Maceió, mas são hotéis e resorts, não pousadas. https://mulhercasadaviaja.com/2018/03/12/resorts-e-hoteis-em-maceio-minha-selecao/ Desculpe não poder ajudar…

      Curtir

  13. Gabriela Torrezani 12 de dezembro de 2018 / 7:28 am

    Eu visitei essa região do Alagoas no ano passado e ADOREI! Maragogi e arredores tem praias com a cor da água de outro mundo, verdadeiro caribe brasileiro.

    Curtir

  14. Cristina 11 de dezembro de 2018 / 8:38 pm

    Bacana saber que está próximo à Maceió e Recife. Com certeza um destino que não pode faltar! Adorei o mar, a orla, os peixe, o roteiro, tudo! Dicas anotadas.

    Curtido por 1 pessoa

Vamos trocar figurinhas! Deixe seu comentário ou dúvida:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.