Oeschinensee, Kandersteg: o lago mais lindo da Suíça?

Compartilhe:

Conteúdo do Artigo

A Suíça não tem praia, em compensação a natureza caprichou em seus lagos! Não consigo eleger um mais bonito, mas o Oeschinensee é sem dúvida um deles. E não é apenas um lago, vai por mim, o entorno é tão lindo que é difícil acreditar que realmente existe um lugar assim. Da pequena Kandersteg aos caminhos no platô onde as montanhas parecem tão próximas que dá vontade de estender a mão para tocá-las. Por aí você já tem uma ideia de que não é apenas um passeio a um lago. Compartilho aqui dicas práticas, fotos lindas e deixo um prólogo da minha experiência fazendo a trilha panorâmica, esta da foto abaixo.

Oeschinensee

Onde fica o lago Oeschinensee

Kandersteg

O Oeschinensee (na verdade Oeschinen, porque see=lago) fica no vilarejo de Kandersteg, no cantão de Berna. Situada num vale a 1.200 metros de altitude e cercada por montanhas acima de 3 mil metros, Kandersteg atrai muitos turistas tanto no verão quanto no inverno. No verão para as diversas atividades que sugiro adiante, e no inverno para as mais de 50 km de pistas de esqui e outras atividades como patinação no gelo e escalada no gelo – sim, cachoeiras congeladas viram paredões de escalada!

No caminho da estação de trem até o das gôndolas, você encontrará lojas com artigos esportivos, o onipresente mercado Coop e o centro de informações turísticas de Kandersteg. No mais, a cidade é um sossego, com restaurantes, pousadas e hotéis alpinos.

Parte do município, inclusive a região do lago Oeschinensee, está na área Jungfrau-Aletsch, protegida pela Unesco desde 2001 – pena que as geleiras não alcancem tal proteção. Corra pra Suíça, estão derretendo! Aliás, no caminho da estação de trem à do teleférico avistamos a geleira Kander.

kandersteg
vista a partir da estação de trem

Veja na página Suíça todos os lugares lindos que conheci no país carinho mas que vale cada franco, especialmente para amantes das montanhas

Como chegar

Como chegar a Kandersteg

O caminho de carro ou de trem é o mesmo, apenas de carro é mais rápido. Perto da estação do teleférico você encontra estacionamento (CHF 5/dia).

Eu fui de trem regional, a partir de Interlaken West, desci em Spiez, onde tomei outro em direção a Brig. Usei o Berner Oberland Pass e não paguei pelos bilhetes, mas o Swiss Travel Pass também cobre. Para quem não tem nenhum passe, de Interlaken West a Kandersteg o custo de ida e volta seria CHF 54 (+30 do teleférico). Viu como compensa comprar um passe?

Leia também Passes Regionais na Suíça para economizar

Sente-se do lado direito do trem para vistas lindas! Eu ficava olhando pela janela de um lado a outro, como doida, tentando ver os picos enquanto o trem brincava de esconde-esconde, entrando e saindo de túneis.

Outra dica é chegar a Kandersteg antes das 9h, se quiser ter o lago praticamente para você. Era meu plano. Mas cansada da trilha do dia anterior no lago Brienz, de Iseltwald a Giessbach, e pés com bolhas ainda em recuperação da trilha do Lago Seealpsee, em Appenzell, acabei ficando mais na cama no  Hotel Bernerhof, em Interlaken.

Como chegar à estação de gôndolas

Chegando à estação de Kandersteg, pegue a Banhofstrasse até o final e vire à esquerda e depois na próxima direita. Ali o caminho é apenas para pedestres e lindão (foto abaixo)! Mas há placas indicando o caminho e é provável que pela manhã todos estejam indo para a estação de gôndolas. Se você preferir pegue um ônibus, tem um ponto na estação de trem. Mas sugiro que caminhe (1 km), pois assim dá pra admirar a beleza do trajeto. Em 16 de setembro de 2023, ainda havia algumas flores, enfeitando ainda mais a paisagem.

kandersteg

Teleférico do Oeschinensee: voando pelos Alpes

Bem, na verdade são gôndolas. As gôndolas têm funcionamento ininterrupto, enquanto os teleféricos são maiores e param nas estações. Nas gôndolas de Kandersteg até o Oeschienensee cabem 8 pessoas. O passeio dura 15 minutos e a última descida é às 18h (no verão), então fique atento para chegar ali um pouco antes, ou terá que descer a montanha a pé ehehe.

Em 2023, uma viagem de ida e volta na gôndola custava CHF 30/adulto, CHF 15/criança (6 a 15 anos), menores de 6 anos grátis. Também é possível pagar 22 CHF só para subir ou só para descer (leia sobre trilhas abaixo).

Portadores do Swiss Travel Pass têm 50% de desconto. Como eu fiquei 1 semana na região Berner Oberland, preferi comprar o Berner Oberland Pass, que dá gratuidade na gôndola do lago Oeschinensee e em muitos outros meios de elevação. O link acima é seguro, de nosso parceiro Get your Guide, e se você usá-lo para sua compra, estará contribuindo para a manutenção do blog. Sim, ele dá despesa!

Após a compra do Swiss Travel Pass ou do Berner Oberland Pass, você receberá em até 48 horas o passe em PDF no e-mail informado, e poderá imprimi-lo ou usar o meio digital para mostrar ao fiscal ou nas bilheterias.

Não perca as dicas de Swiss Travel Pass vale a pena? e Trem na Suíça: tudo sobre a melhor forma de viajar

Oeschinensee teleférico

Hotéis e Casas de Temporada em Kandersteg

Se você gosta de lugares bucólicos como Kandersteg, pode reservar um espaço para chamar de seu pertinho da estação do teleférico. Opte por uma casa de 3 quartos, no Chalet Marietta, ou um studio que é um charmoso vagão de 16m2 com um ofurô no quintal, no Typically Swiss Hotel Ermitage.

No centrinho de Kandersteg você estará mais perto de restaurantes e outras conveniências. Um apartamento completo de 2 quartos, como o Alpine Chalet pode ser boa opção para famílias. O Hotel des Alpes é mais simples e barato, mas ainda tem boa localização. Gostei também do Studio the Cow: pelo preço de um hotel de SP.

Mas se você prefere ficar em uma cidade maior, as mais próximas são Thun e Interlaken.

O que fazer no lago Oeschinensee além de admirá-lo

Tobogã do Oeschinensee (Rodelbahn)

Como perdi a chance de ir no tobogã do Monte Pilatus em 2019, fui decidida a ir no tobogã do Oeschinensee na viagem à Suíça de 2023! Assim que cheguei comprei o ingresso (6 CHF) na bilheteria ao lado do tobogã.

O tobogã fica a passos da estação de montanha do teleférico, mas antes de sair da estação, deixe bolsa, mochila, etc no locker. É gratuito, mas você precisará usar um cartão de crédito para trancar e abrir o locker. Se não tiver um, o funcionário da estação pode te emprestar um cartão genérico.

No site informam que não é permitido usar celular para filmar, mas todo mundo estava filmando, então mantive o meu escondidinho no bolso e só o tirei na hora da descida. Mas a vista é tão linda que filmei só um pouquinho e curti o passeio. Não é como uma montanha russa, mas é uma experiência diferente e prazerosa. Uma alavanca entre as pernas permite acelerar ou desacelerar. A dica é tentar entrar no trenozinho bem depois de quem vai à sua frente, pois assim se eles frearem, não atrapalham sua urgência por velocidade. São 750 metros de pista, mas passa tão rapidinho… Ainda bem que tinha muitas belezas pela frente!

O tobogã do Oeschinensee não opera durante inverno e só começa a funcionar entre meados de maio a meados de outubro, dependendo do clima. Na primavera e outono, abre das 9h30 às 16h30 e no verão (junho a setembro, até as 17h30). Pegue uma carona comigo no reel abaixo e aproveite para seguir o Instagram do Mulher Casada Viaja:

Não se esqueça de contratar seguro viagem, ainda mais se você vai fazer trilhas! Cotei e contratei com a Real Seguros, achei bem fácil fazer orçamento e gostei do atendimento, também. Acabei fazendo parceria com eles e leitores têm desconto, já aplicado no link acima.

Caminhar pelas Trilhas

Trilha montanha acima

Note que não é obrigatório tomar a gôndola, pois há uma trilha de 2 km (linha roxa no mapa abaixo) a partir da estação de gôndola de Kandersteg – mas são 450 m de elevação. Isso é comum em muitas montanhas, mas acho que só vale a pena pular o meio de elevação para quem é muito bem preparado e tem bastante tempo. Além do mais, é tão gostoso ‘voar’ nessas gôndolas e teleféricos da Suíça!

trilha Oeschinensee

Trilha para o mirante do lago Oeschinensee

Saindo da estação de montanha, há uma bifurcação logo adiante. Pela esquerda (linha verde no mapa acima), em 10 minutos cheguei ao mirante, onde também tem um restaurante. Passei algum tempo ali fotografando, mas mal sabia que veria ângulos ainda mais lindos a partir da trilha circular panaromaweg.

Oeschinensee mirante

Trilha para o lago Oeschinensee

Na bifurcação, pegue a direita (trilha rosa no mapa acima) e depois de 1,5 km você chegará à área de piquenique, restaurantes e outras atividades ao nível do lago. É a região mais popular e cheia do lago, e quem faz a trilha circular também passa por ali.

Oeschinensee

Trilha circular panorâmica no lago Oeschinensee

Que trilha linda, mesmo para níveis suíços! Passamos por túneis, cachoeiras, avistamos picos dramáticos – e claro o intenso azul do lago Oeschinensee. Foi uma experiência incrível fazer esta trilha sozinha, aos 54 anos, 2 anos depois de terminar quimio e radioterapia contra um câncer de mama.

Mas esta história e toda a descrição da trilha eu conto em Trilha Panorâmica no Oeschinensee. E veja dicas de outros passeios e cidades da Suíça

Oeschinensee trilha
só quem faz a trilha panorâmica tem esta vista

Remar no Lago

Entre as 10h30 e 17h, uma opção romântica é remar no lago (29 CHF/hora), desde que o tempo esteja bom – e seja temporada de verão.

lago Oeschinensee

Comer de olho no Lago Oeschinensee

Depois da trilha panorâmica, o timing perfeito: começou a chover fraco por volta das 15h, assim que cheguei ao Berghotel Oeschinensee para almoçar, ainda com os olhos no lago. O sistema dos restaurantes de montanha em geral é de pegar e pagar no balcão, não há serviço nas mesas. Também é comum dividir a mesa com outras pessoas, como num biergarten. Retire seu prato e limpe a mesa após terminar, como fazemos aqui nas praças de alimentação.

Eu pedi um rösti (23 CHF) e uma cerveja (6 CHF) para comemorar mais uma trilha feita na Suíça. O rösti não estava tão delicioso quanto o que provei no Monte Titlis, mas comi tudo – afinal paguei em francos suíços ahaha.

Percebi que o custo em Kandersteg é mais baixo do que o de Interlaken, então aproveitei para comprar Toblerones e outras coisas numa lojinha de conveniência perto da estação de trem.

Oeschinensee para pessoas com mobilidade reduzida

Você notou que é preciso caminhar bastante para chegar ao lago, mas na temporada de verão há um serviço de ônibus elétrico (10 CHF) que liga a estação de montanha do teleférico ao lago. Pode ser usado por quem está cansado demais ou preguiçoso demais, também.

Eu quase tomei este ônibus depois da trilha, mas a fila me desanimou. Ainda bem, pois pelo caminho, mais paisagens encantadoras!

Quanto tempo reservar para explorar o Lago Oeschinensee

Como as montanhas são a praia dos suíços, subir uma vai te ocupar por um dia inteiro, principalmente se você aprecia longas caminhadas com vistas incríveis.

Eu tinha planejado chegar ao Oeschinensee por volta das 9h, fazer parte da trilha e sair de lá no mais tardar às 13h, seguindo para o lago Blausee. Mas como já aconteceu em tantos outros lugares da Suíça, não resisti, fiz a trilha completa e só saí de lá perto do anoitecer! Caso você não faça a trilha panorâmica, poderá seguir meu plano de visitar os dois lagos no mesmo dia. Então volte aqui e me conte como foi!

Marcia Picorallo

Marcia Picorallo

Escrevo o Mulher Casada Viaja com carinho desde 2014, compartilhando minhas impressões dos lugares por onde passei, inspirando e ajudando leitores a planejar suas aventuras.

Índice

Márcia, a viajante

Márcia, a viajante

Bem-vindo a bordo - e nem precisa apertar os cintos! Escrevo o Mulher Casada Viaja com carinho desde 2014, compartilhando minhas impressões dos lugares por onde passei, inspirando e ajudando leitores a planejar suas aventuras.

SAIBA MAIS

Assine a Newsletter

Resolva sua Viagem

Hospedagem

Faça suas reservas de hotel, apartamento ou B&B

Aluguel de Carro

com parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior

Viagem Segura

Viaje com Seguro, viaje tranquilo!

Roteiro Personalizado

Não pode planejar tudo sozinho e prefere contar com minha ajuda? Clique .

Artigos Recentes

Leia Também

Siga no Instagram

Planeje sua Viagem Aqui

Blogs de viagem são muito úteis no planejamento de viagem e gratuitos para o leitor, mas têm um custo para serem mantidos no ar – além do trabalho para edição. Se você gostou das dicas do Mulher Casada Viaja, saiba que pode retribuir e contribuir para que continuem chegando gratuitamente a quem busca inspiração e informação de qualidade. Basta clicar sobre os links de nossos parceiros. Você planeja sua viagem e retorna a gentileza:

Aluguel de Carro

com parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior

Hospedagem

Faça suas reservas de hotel, apartamento ou B&B

Ingressos sem Fila

Ingressos de atrações, excursões e tours

Viagem Segura

Viaje com Seguro, viaje tranquilo!

Roteiro Personalizado

Não pode planejar tudo sozinho e prefere contar com minha ajuda? Clique .

COMENTÁRIOS

7 respostas

  1. Um dia ainda vou conhecer a Suíça! Cada lugar incrível que você mostra aqui no blog. O Lago Oeschinensee realmente parece surreal de lindo!

  2. Nunca tinha ouvido falar no Oeschinensee ou em Kandersteg, mas já corri ver no mapa onde fica rs e já considerando visitar quando for pra Suíça porque essa sua primeira foto do post me pegou – que lugar lindo!!!

  3. É daqueles lugares que o visitante gasta todo o seu estoque de Uau! Que lugares lindos! Lago, trilha, montanhas encantadores. obrigada por me levar nessa viagem que eu não farei concretamente. Post de utilidade pública com tantas dicas preciosas.

  4. Como pode um lugar tão cinematógrafico assim? Não sei se o Oeschinensee é o mais bonito mas a concorrência é certamente acirrada! Viajei com você nesse post e nessas belezas! Comecei meu domingo bem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa Newsletter!

Cadastre seu e-mail e receba conteúdos exclusivos por e-mail.