Ortisei: localização central nas Montanhas Dolomitas

Ortisei ficou de fora em meu primeiro roteiro pelas Montanhas Dolomitas, região alpina da Itália, mas por um bom motivo: preferi ficar numa pousada no meio do nada, com vista para um dos cartões postais das Dolomitas, em Funes. Mas se você gosta de trilhas e montanhas, de ser transportado para o alto delas em teleféricos, seja no verão ou no inverno, e quer ficar num lugar estruturado e estratégico dos Alpes Italianos, conheça Ortisei.

Lá se vão 3 anos desde que estive nas Montanhas Dolomitas, patrimônio inscrito na Unesco desde 2009 e meu lugar favorito na Itália. Nesta segunda vez, montamos base em Ortisei e Cortina d’Ampezzo. E como imagino que Ortisei não seja seu único ponto a conhecer na Itália, deixo links com dicas de lugares que incluímos no roteiro.

Na primeira vez nas Dolomitas, além dos Alpes incluí no roteiro algumas cidades da Toscana, Verona, Veneza e Milão. Desta vez conhecemos a Costa Amalfitana, exploramos outras partes do belíssimo Lago de Garda e estreiamos na região das Cinque Terre da Ligúria.

A bela Ortisei

Situada 1.236m acima do nível do mar, Ortisei se localiza numa região chamada Val Gardena, onde também ficam as vilas Selva Val Gardena e Santa Cristina. Nesta área fica o passo Gardena e talvez seja uma das regiões mais bonitas de todos os Alpes italianos, se é que seja possível eleger uma. Repleta de hotéis em arquitetura alpina, com balcões coloridos por gerâneos, ruas para pedestres, diversas esculturas espalhadas pela cidade, a sensação é de se estar na Alemanha ou Suíça – mas com a vantagem de ter comida e preços italianos.

Entretanto, a maior parte da população não fala nem italiano nem alemão, mas sim o Ladino, numa esmagadora porcentagem de 84%. Ortisei em italiano, mas Urtijëi em ladino e St. Ulrich em alemão, tem uma população de 4.600 habitantes e o turismo como principal atividade econômica. Usei Inglês para me comunicar sem problemas.

Ortisei agrada tanto a quem busca preencher o tempo com a prazerosa atividade de caminhar pelas trilhas no alto das montanhas, quanto a quem quer apenas desfrutar da quietude e beleza local, pois tem farto comércio, boas opções de restaurantes e cafés. Eu definitivamente gostei mais dela do que de Cortina d’Ampezzo ou Bolzano, e adoraria ir no inverno, também.

Porque escolher Ortisei como base nas Montanhas Dolomitas

1. farto comércio e adoráveis lojinhas 

Você pode achar que isso se repete em todas as cidades, mas acredite, Ortisei se destaca nesse quesito, também. Sabe aquele empório com delícias como queijos, pães, vinhos que você quer muito encontrar? Ortisei tem bem no centrinho. Lojas para comprar lembrancinhas diferentes, nada da China? Tem! Fora o comércio tradicional de roupas e calçados de montanha, as galerias de arte, e a artesanal tradição de esculpir em madeira.

2. você pode esquecer o carro por uns dias

Ortisei tem um centrinho apenas para pedestres e fora dele alamedas agradáveis para caminhar, com pontes de madeira cobertas sobre riachos, esculturas em meio a jardins floridos no verão. Tão prazeroso caminhar por ali quanto no alto das montanhas.

Além disso, oferece ônibus gratuito para turistas hospedados em acomodações membros da Associação de Turismo. Caso prefira alugar um apartamento, verifique com o proprietário esta questão. Apartamentos listados no AirBnB em geral não têm este benefício.

Ortisei

3. A cultura secular das esculturas

Além das flores, há uma boa quantidade de esculturas pelos caminhos, um entretenimento a mais na bela Ortisei. Adoro cidades onde dá até pra fazer um roteiro para conhecer as esculturas, e você?

Ortisei

O trabalho é realizado na própria Ortisei, uma tradição de 4 séculos. Dois nomes pesados são Giuseppe Stuflesser & Co, especializado em Arte Sacra, e Dëur Sculptures (Str. Arnaria 10). Ambos comercializam suas peças. Mas madeira não é a única matéria prima dos escultores, não.

Fora da cidade, na Strada Digon, tem um shopping dedicado a esta arte, a Dolfiland.

Ortisei

4. Ortisei fica entre Seceda e Alpe di Siusi

Deixei por útlimo o motivo que me fez escolher Ortisei como base: as facilidades para alcançar dois cartões postais das Montanhas Dolomitas, Seceda e Alpe di Siusi. São platôs de beleza ímpar, acessíveis por teleféricos que ficam em pontos extremos da cidade de Ortisei, aonde se chega a pé.

Eu já tinha subido até Alpe di Siusi pela cidade de Siusi, e neste retorno aos Alpes Italianos conheci o outro teleférico, justamente o que sai da cidade de Ortisei. Uma passarela para pedestres (foto abaixo) sobre a rodovia 242 liga o centro de Ortisei à estação do teleférico (Funivie Ortisei).

Ortisei
a passarela que liga o centro de Ortisei à estação do teleférico

Infelizmente não tivemos tempo de subir o teleférico até Seceda, porque gastei todo o tempo na minha querida Alpe di Siusi. Dei um pulinho lá enquanto o maridão usava a laundromat de Ortisei e fiquei muito impressionada com a estrutura: um túnel com esteira rolante te conduz até a estação do teleférico (Via Val d’Anna 2).

Ortisei Seceda

Quando ir a Ortisei e às Dolomitas

Ortisei na Primavera e no Verão

Estive no início do verão e também no final de primavera nas Dolomitas, e peguei tempo completamente diferente nas duas ocasiões, com apenas uma semana de diferneça – 3 3 anos. A primavera deixa os alpes ainda mais lindos, com tapetes de flores pelos campos, mas pode ser ainda muito instável, com chuvas. Então para fazer trilhas ou para apreciar toda a beelza das montanhas, as cores dos lagos, dias longos, o melhor é ir no verão, que é alta temporada nos Alpes.

O verão, entretanto é altíssima temporada e algumas trilhas estão tão cheias que a gente anda em fila indiana, como a Tre Cime di Lavaredo.

trilha dolomitas
Trilha Tre Cime, na região de Cortina d’Ampezzo

Ortisei no Outono e no Inverno

Início de outono, entre final de setembro e comecinho de outubro também pode ser uma boa opção, pois tudo estará mais vazio e a maior parte do comércio e dos teleféricos ainda estão funcionando.

Ortisei é uma cidade resort de esqui, e Val Gardena é parte do Dolomiti Superski, uma rede de 12 áreas de esqui nas Dolomitas que formam a maior estação de esqui do mundo. Você pode acessar todas as 12 áreas de esqui usando um único passe de esqui., o Dolomitik Superski. A temporada de esqui começa em meados de dezembro até abril.

O inverno também é legal para curtir os mercados de natal, quando as ruas ficam decoradas para a data e há comércio de produtos e alimentos típicos de inverno e muita animação.

  • Em Ortisei tem a Nadel Urtijëi, no período de final de novembro até a primeira semana de janeiro.
  • Magic Town é o mercado de Natal para crianças no Parque Santa Cristina/Dosses, aberto de meados de dezembro até o final de dezembro.
  • Selva di Val Gardena oferece desde o início de dezembro até a primeira semana de janeiro a Mountain Christmas.
ortisei

Onde ficar em Ortisei

Estas cidades-resort são bem maiores do que eu imaginava e têm diversas opções de hospedagem, de hotéis 5 estrelas bem no centro como o Cavalino Bianco, a pousadas e apartamentos.

hotel em ortisei

Nós ficamos no B&B Villa Angelino e recomendo! Tem avaliação 9,6 no Booking e gostei de tudo: espaçoso, limpo, café da manhã muito bom. Fica dentro da área exclusiva para pedestres, mas o estacionamento é na frente da entrada, e a gente recebe um cartão para que os postinhos que bloqueiam o trânsito abaixem – ehehe, sempre quis ser VIP assim!

Confira outras opções de lugares para ficar em Ortisei ou seja lá onde você estiver indo. Temos parceria com o Booking.com e a cada reserva o blog recebe uma pequena comissão que ajuda a pagar as despesas para mantê-lo no ar. E você não paga nada a mais por isso, então que tal reservar pelo link acima?

Como chegar a Ortisei

Aeroportos nas Dolomitas

Os aeroportos mais próximos de Ortisei são o de Bolzano (a 40km), Innsbruck (a 120 km) e Verona (a 190km). Voos diretos do Brasil chegam a Milão, a 350 km de distância.

Dolomitas de transporte público

Acho o carro a maneira perfeita para explorar as Dolomitas. Mas se você ficar alguns dias apenas em uma região, como Val Gardena, é viável usar transporte público.

Para explorar as Dolomitas de trem, as estações mais próximas são Bolzano e Bressanone. A partir delas, use o ônibus 350 de Bolzano ou compre uma excursão.

De carro pelas Dolomitas

Na primeira vez nas Dolomitas eu dirigi sem nenhum app, estava sem conexão com a Internet então usava apenas o wifi do hotel, colocando o destino antes de sair no Google Maps. Ou seja, se algo desse errado, bem, muita coisa deu errado, mas são só histórias que conto hoje. com conexão é bem fácil se deslocar, mas sugiro estudar os nomes dos lugares antes. Como a região tem 3 línguas oficiais, isso pode confundir um pouco.

Na segunda vez foi mais legal, porque fui de passageira e consegui aproveitar bem a paisagem. Nas duas vezes aluguei o carro através do Rentcars com a Hertz e a Europcar.

Veja as dicas para Dirigir na Itália com segurança e Diringindo na Itália. Tem muita informação, então dividi em dois posts.

dirigindo na Itália
adoro dirigir, mas prefiro fotografar!

O que fazer em Ortisei e região

Além de explorar o gracioso centro urbano de Ortisei, a cultura e a culinária, listei as atrações de Ortisei abaixo:

Visitar as igrejas de Ortisei

A capela de Santo Antonio se destaca no centro de Ortisei e sua torre no horizonte. Construída em 1430 e reconstruída em 1670, em estilos renascentista e barroco.

Já a igreja paroquial de Ortisei é do final do século 18 e tem estilo neoclássico e muitas esculturas feitas pelo artistas de Val Gardena.

Você terá que caminhar um pouco mais para chegar a outro cartão postal das Dolomitas, a Igreja São Jacó (Chiesa di San Giacomo), mas cujo caminho tem vistas lindas de uma importante montanha das Dolomitas, Sassolungo. A igreja é do século 13 e a mais antiga de Val Gardena. Para chegar lá, siga as placas a partir da igreja paroquial de Ortisei.

ortisei
torre da capela de Santo Antonio

Museu Gherdëina

Inaugurado nos anos 1960, o museu e a biblioteca instalados na Cësa di Ladins têm o objetivo de manter viva a cultura ladina. O acervo conta com esculturas de madeira, fósseis, minerais e espécies da flora e da fauna locais.

Passeggiata Val d’Anna

A palavra trilha possa afastar quem não curta caminhadas, mas a passeggiata Val d’Anna está mais para um caminho do que uma trilha. São apenas 3 km de extensão, mas há várias coisas para fazer por lá. A começar pela pitoresca ponte de madeira coberta – adoro!

O Parque Col de Flam e um amplo playground ficam ali (falo a respeito no item Ortisei com Crianças), que além das atividades de aventuras também tem um zoo.

O caminho Kneipp leva o nome do padre que desenvolveu a terapia baseada nos efeitos da água fria para a saúde – eu devo estar mesmo muito doente, não aguento água gelada! Mas depois de fazer trilhas, a água gelada nos pés é um alívio, e todo mundo sabe que gelo é um antiinflamatório natural, não é? Pois bem, o caminho Kneipp é um percurso com corrimão por onde desce água fria do riacho no meio da floresta.

ortisei

E na Passeggiata Val d’Anna também tem opções para comer, como o restaurante Baita Pauli e o café Val d’Anna (leia mais abaixo).

Rifugio Brogles

A partir do Café Val d’Anna, uma trilha de 8 km montanha acima, num desnível de 800 metros te leva ao Rifugio Malga Brogles. Que cenário lindo, parece muito com o lugar que conheci em Funes. Eu já salvei no meu Google Maps pra quando eu voltar! Se não quiser ou não puder fazer a trilha, é possível usar o teleférico de Seceda até o Chalet Resciesa e lá caminhar com mais facilidade. Vi esta dica no blog baby trekking.

Visitar as vilas vizinhas e o Passo Gardena

Vai por mim, vai ser uma das vistas mais deslumbrantes que você já viu na sua vida e nem é preciso tomar teleférico ou fazer trilha, basta estacionar o carro. O Passo Gardena fica a menos de 30 km de Ortisei, num caminho com tantas curvas fechadas quanto picos dramáticos e você nem sabe para onde olhar! Antes dele, as duas cidadezinhas que também têm bom comércio e meios de elevação, com mais opções de caminhadas fáceis, como Vallunga.

Passo Gardena

Caminhada em Alpe di Siusi/Seiser Alm

Alpe di Siusi é um lugar que me emociona. Difícil não querer rolar nos campos floridos, sair correndo cantando The hills are alive with the sound of music – e isso só senti em outro destino alpino, perto de Salzburg, mas num cantinho dos Alpes Alemães chamado Berchesgaden.

Alpe di Siusi é o maior platô de altitude da Europa, isto quer dizer que é uma área enorme e plana, fácil para caminhar ou pedalar, que traz proximidade de outros picos mais altos, então é bem contemplativo.

Para chegar lá a partir do centro de Ortisei, siga as indicações para a estação Ortisei-Alpe di Siusi Ropeway (também conhecido como Mont Sëuc Gondola). São apenas 5 minutinhos a pé. Se estiver de carro, tem estacionamento pago na estação do teleférico.

O bilhete de ida custa €15,90 e de ida e volta €23,90. Menores de 8 anos não pagam e há descontos para quem tem até 16 anos. O teleférico funciona das 8h30 às 18h30 no verão e fecha às 17h na primavera e outono. Confira valores atualizados, mapas dos meios de elevação e mais dicas da região em Seiser Alm.

alpe di siusi ortisei

Leia sobre meus passeios em Alpe di Siusi e descubra o que fazer, onde comer e comprar neste platô-paraíso

Caminhada em Resciesa

Um funicular (Rasciesa Funicula Str. Resciesa) leva a Alpe Resciesa, outro planalto com vistas deslumbrantes e trilhas de nível fácil, a 2.200 metros de altitude. No inverno tem uma pista de 6km para descer de trenó!

ortisei no inverno
Foto divulgação Val Gardena

Ortisei com crianças

Caso as crianças ainda tenham energia depois de caminhadas em Seceda e Alpe di Siusi, há vários playgrounds em Ortisei, nomeados Kinderspielplatz, como o Strada Nevel, da Promeneda, do cminho Luix Trenker e o do caminho Val d’Anna.

Aliás, na Passeggiata Val d’Anna tem um restaurante ótimo para quem viaja com bebês e crianças de todas as idades, o Caffé Val d’Anna. Além da boa comida, as mesas ao ar livre dão conforto pela proximidade com o playground, tanque de areia, tênis de mesa e camas elásticas. Uma cabana tem estrutura para as mamães trocarem seus bebês e esquentarem a papinha. Tudo ao ar livre!

Arvorismo, tirolesa, cama elástica no Col de Flam para os mais jovens e para os mais radicais, uma tirolesa de 1.600 metros que pode alcançar 90 km/h, na Zipline Monte Pana, em Santa Cristina. Quanto publiquei este post adultos pagavam € 58 e crianças dos 12 aos 16 anos € 38.

Gardena Card

Nem só cidades grandes têm cartões de desconto para atrações turísticas. Como as montanhas são os grandes protagonistas em Ortisei e nos Alpes como um todo, o Gardena Card oferece descontos para quem usar os teleféricos por 3 ou 6 dias consecutivos.


Há muitos lugares lindos pelo mundo, espero que você encontre o seu. Eu ainda preciso voltar mais uma vez às Dolomitas, e vou querer ao menos dar uma passadinha em Ortisei.

Planeje sua Viagem aqui

Blogs de viagem são muito úteis no planejamento de viagem e gratuitos para o leitor, mas têm um custo para serem mantidos no ar – e posts como este levam muitas horas e às vezes dias até serem publicados.

Se você gostou das dicas do Mulher Casada Viaja, saiba que pode retribuir e contribuir para que as dicas continuem chegando gratuitamente a quem busca inspiração e informação de qualidade. Basta clicar sobre os links de nossos parceiros. Você planeja sua viagem e retorna a gentileza:

Booking.com: para fazer suas reservas de hotel, apartamento, B&B
Rentcars: aluguel de carro, com possibilidade de parcelamento e isenção de IOF, no caso de aluguel no exterior
Seguros Promo: desconto de 5% em seguro viagem para leitores. Aplique o código CASADAVIAJA5
Chip de Viagem: compre seu simcard internacional e receba em casa antes de sua viagem
– para ingressos de atrações, excursões e tours, temos 2 opções para você escolher: a Get your Guide e a Tiqets.


8 COMENTÁRIOS

  1. Bela postagem com lindas fotos, esse lugar é incrível mesmo em? e as dicas excelentes, estou incluindo no meu roteiro, é possível conhecer os Alpes de teleférico? por ex. Alpe de Siusi? Obrigada

    • Oi, Paulo, obrigada! Sim, lugar incrível, e infinitamente melhor ao vivo. Sim, Ortisei é o melhor lugar pra subir de teleférico para Alpe di Siusi e Seceda.

      • Marcia, mais uma informação por favor, os ônibus vindo de Bolzano para dentro da cidade de Ortisei? Obrigada.

        • Oi, Paulo, no post tem esta informação:
          “Dolomitas de transporte público

          Para explorar as Dolomitas de trem, as estações mais próximas são Bolzano e Bressanone. A partir delas, use o ônibus 350 de Bolzano ou compre uma excursão.” demora menos de uma hora, e no verão sai um a cada hora.

          Você comhece o site rome2rio? Ele traz informações de horários, preços, e cia que faz o trajeto. Talvez seja útil para seu planejamento.

  2. Como não amar a Itália? Já tinha visto muita coisa sobre as Dolomitas, porém sobre Ortisei não. Fiquei encantada com o que vi aqui, as dicas já foram para as anotações da próxima viagem para a Itália.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui