Roteiro pela Itália em 15 dias

Até meu Playmobil foi – e a caráter!

Conheça nosso roteiro pela Itália em 15 dias, que incluiu destinos de 3 regiões distintas: Costa Amalfitana em Campania, Cinque Terre na Ligúria, e Montanhas Dolomitas em Trentino Alto-Adige e Vêneto. Também deu tempo de uma passadinha em Roma e agradáveis horas no Lago di Garda.

No final do post, sugiro roteiros com cidades clássicas como Milão, Veneza, Verona, Roma, Florença, Siena e as cidades do Val d’Orcia na Toscana.

Neste post, além do roteiro, você vai saber:

  • coisas para fazer e cidades próximas que não entraram no meu roteiro
  • sobre passagens aéreas promocionais e minha avaliação do voo da Alitalia SP-Roma
  • outros roteiros pela Itália

Esta foi minha quarta viagem à Itália e, se depender de mim, voltarei quantas vezes puder, paixão e lugares não faltam. Foi uma viagem especial que aconteceu na segunda quinzena de junho, só para mim e meu marido, presente de aniversário para marcar meus 50 anos.

O roteiro não inclui as cidades usualmente visitadas numa primeira viagem à Itália, mas é muito rico pela variedade: tem paisagens distintas como praias, lagos e montanhas. Passeios de barco, trilhas, viagem de trem e de carro, visita a ruínas e museus. Perdemos bastante tempo em deslocamentos, indo de uma parte a outra da Itália, por causa do bilhete aéreo que tinha destinos fechados: São Paulo a Roma, Roma a Milão, Milão a São Paulo. Por outro lado, isso permitiu a variedade de paisagens citada e mesmo os deslocamentos fazem parte da experiência de viagem, concorda?

Sirmione, no Lago di Garda

Combinei com este roteiro de 15 dias pela Itália outros 15 dias pela Suíça, afinal, Milão está a apenas 80 km da região italiana da Suíça, onde fica o belo lago e cidade Lugano. Confira as dicas da Suíça aqui no Mulher Casada Viaja.

Roteiro de 15 dias na Itália – resumido

Abaixo, listo apenas as cidades que visitamos e onde passamos as noites. Para dicas completas de cada uma, você será direcionado para outras publicações do Mulher Casada Viaja.

  • Dia 1: chegada a Roma – trem Leonardo Express até a estação Roma Termini. Passeio e almoço no Mercado Central da estação. Trem da Italo para Nápoles e Sorrento. Passeio pelo centro e jantar na Marina Grande, ao pôr do sol. Pernoite no ótimo B&B Cioffi Sorrento Rooms
Mercado Central na Estação Roma Termini

Leia Como ir de Roma a Sorrento (e Costa Amalfitana) – todas opções

  • Dia 2: café da manhã na sacada do quarto. Ônibus da SITA até Amalfi. Passeio pelo centro e visita interna à catedral. Almoço em Amalfi. Ônibus até Ravello. Passeio pelo centro e visita à Villa Cimbrone. Retorno a Sorrento no início da noite e pernoite.
Villa Cimbrone, em Ravello

Leia Onde comer em Sorrento e Costa Amalfitana

  • Dia 3: café da manhã na sacada do quarto. Barco da Marina Piccola até Positano. Passeio pelo centro e almoço. Retorno a Sorrento, passeio pelo centro, jantar e pernoite.
Positano
  • dia 4: café da manhã na sacada do quarto. Trem da Circunvesuviana até Pompeia. Visita à cidade romana, almoço e retorno de trem a Sorrento. Passeio pelo centro e pernoite.
roteiro itália 15 dias
Pompeia
  • dia 5: café da manhã na sacada do quarto. Trem Campania Express até Nápoles. Passeio pelo entorno do Museu Arqueológico, almoço, visita ao Museu e à noite a melhor pizza que já comi na vida. Pernoite no B&B mais estranho que já fiquei na vida, o La Dimora del Conte.
Mosaicos provenientes de Pompeia, no Museu Arqueológico de Nápoles
  • dia 6: café da manhã do B&B. Trem da Italo para Roma. Visita à Basílica Santa Mara Maggiore. Almoço da praça de alimentação da Roma Termini. Voo para Milão. Jantar em frente ao hotel Garda, a passos da estação Centrale.
roteiro itália 15 dias
Basílica Santa Mara Maggiore
  • dia 7: café da manhã no carro que retiramos na Hertz e viagem pela costa Oeste do Lago di Garda. Passeio e almoço em Limone Sul Garda. Viagem a Ortisei, nas Montanhas Dolomitas. Passeio pela cidade. Jantar e pernoite no maravilhoso B&B Villa Angelino.
Passeando em Limone sul Garda
Ortisei
  • dia 8: café da manhã no quarto. Teleférico de Ortisei a Alpe di Siui. Trilhas e almoço. Passeio até Val di Funes. Pernoite em Ortisei
trilha em Alpe di Siusi
Um dos cartões postais das Dolomitas, em Funes
  • dia 9: café da manhã no quarto. Passeio por Ortisei. viagem cinematográfica a Cortina d’Ampezzo, fazendo paradas pelo caminho. Jantar no centro de Cortina. Pernoite no Hotel Villa Nevada
roteiro itália 15 dias
Passo Gardena
Passo Giau
quintal do hotel em Cortina
  • dia 10: café da manhã no hotel. Trilha Tre Cime di Lavaredo. Almoço e passeio nos Lagos Misurina e Braies. Jantar e pernoite em Cortina
roteiro itália 15 dias
trilha Tre Cime di Lavaredo
Lago Misurina

Para informações e dicas das Montanhas Dolomitas, visite a página-índice Alpes Montanhas Dolomitas

roteiro itália 15 dias
Lago di Braies
  • dia 11: café da manhã no hotel. Viagem cinematográfica pela Grande Strada di le Dolomiti. Parada no Passo Pordoi e Lago di Carezza. Chegada, passeio e jantar em Bolzano. Pernoite no Villa Jasmine Guest House
roteiro itália 15 dias
Lago di Carezza, sem filtro!!!
Bolzano
  • dia 12: café da manhã no quarto. Viagem até o extremo Sul do Lago di Garda. Passeio e almoço em Sirmione. Viagem a La Spezia, passeio pelo centro e jantar. Pernoite no Affittacamere Casa Dane
roteiro itália 15 dias
Sirmione, Lago di Garda
Marina de La Spezia
  • dia 13: café da manhã no quarto. Devolução do carro na Hertz de La Spezia. Barco até Riomaggiore, onde passeamos. Trem até Monterosso al Mare, onde passeamos e almoçamos e eu quase desmaiei pelo calor e esforço de subir ladeiras e escadarias. Trem para Vernazza e passeio lá. Trem para Manarola, onde passeamos e tomamos o trem de volta a La Spezia. Jantar no centro e pernoite.
roteiro itália 15 dias

Encontre dicas práticas para organizar sua viagem ou bate-volta às Cinque Terre em As Cinque Terre da Ligúria, Itália

  • dia 14: café da manhã no trem para Roma. Visita à Galleria Borghese e ao Pantheon. Passeio pelo centro de Roma e almoço. Pernoite no B&B pertinho do Coliseu, no Colosseo Dream House.
roteiro itália 15 dias
A inigualável abóboda do Pantheon, o senhor de Roma

Se é sua primeira vez em Roma, não deixe de ler Roma: Guia para Planejar sua Viagem e Onde Ficar em Roma: Hotéis por Região

  • dia 15: café da manhã no quarto. Marido retorna ao Brasil, eu pego voo para Zurique, onde uma nova etapa da viagem se inicia.

Até parece corrido este roteiro pela Itália de 15 dias, mas não foi, não. Os dias de verão longos fizeram as horas render, então ficávamos ‘pela rua’, das 9h às 21h quase que todos os dias. Entenda que para mim viajar não é descansar, então se você pretende descansar, tire deste roteiro um dos destinos e permaneça 7 dias em cada um. Mesmo com os 3 destinos espalhados pela Bota, tivemos tempo de ver a vida passar em praças, trilhas ou em mesas de bares e restaurantes.

O que incluir no seu roteiro que não está no meu

Na Costa Amalfitana

  • Impossível ir à Costa Amalfitana e não fazer ao menos um bate-volta a Capri. Nós já tínhamos ido a Capri nesse formato, a partir de Roma, leia em Itália: Um dia na Ilha de Capri.
  • Uma trilha muito legal para fazer na Costa Amalfitana é a Caminho dos Deuses, que estava na minha lista mas, por causa do calor insano que fez naquele junho, acabei desistindo.
  • A quantidade de turistas na Costa Amalfitana excedeu o limite dos serviços de transporte, causou tráfego nas estradas sinuosas e com isso me impediu de visitar cidades como Atrani e Praiano e descer em uma piscina natural nos limites de Sorrento chamada Bagni della Regina Giovanna.
  • Já o custo de passeios de barco (no mínimo € 100 por pessoa) foi o que me impediu de visitar a bela praia Furore. Pagando tal preço, eu não ia querer visitar uma praia tão minúscula, entre paredões rochosos, que só recebe sol por volta das 14h, com outras dezenas – talvez centenas? – de pessoas.

Talvez você queira saber 8 Motivos para NÃO visitar a Costa Amalfitana no Verão

Nas Cinque Terre

  • Faltou uma terra para conhecer, Corniglia, pois da estação de trem até a cidadezinha são 370 degraus. Algo simples, que em outras circunstâncias eu faria sem problemas, mas aquele começo de verão acabou comigo e me roubou também este destino.
  • A famosa Costiera Azurro é um conjunto de trilhas beirando a costa do mar da Ligúria nesta região das Cinque Terre. Infelizmente grandes trachos estão interditados, como o mais bonito que é a Via dell’Amore, devido a desmoronamentos desde 2012. Confira no site Parco Nazionale 5 Terre sobre o andamento do processo de reabertura.
  • Visitar cidades próximas, como Gênova e Portofino.

Nas Montanhas Dolomitas

  • Além do que conheci nesta e na viagem anterior, há ainda muitos lagos para apreciar, como Sorapis, Landro, Tovel e Dobbiaco.
  • Na viagem anterior a esta região, conheci Trento, e deixo de sugestão para você visitar, também. Além das cidades de Bolzano, Ortisei, Dobbiaco e Cortina d’Ampezzo, há vales lindíssimos, como Fiera di Primero e San Martino di Castrozza, Vale de Fiemme e Valle di Fassa. Merano, por exemplo, guarda o Castel Trautmansdorff, antiga residência de inverno da imperatriz da Áustria, a quem pertencia esta região do norte da Itália. Na verdade, quanto mais eu escrevo e consequentemente pesquiso sobre as Dolomitas, mais descubro que é um destino quase ilimitado em atrações.
roteiro itália 15 dias
A Piazza del Duomo, em Trento

Leia O que Fazer em Trento: roteiro de 1 dia

  • Para quem vai fazer uma imersão na natureza, não faltam trilhas. Além da Tre Cime di Lavaredo que fizemos, há outras trilhas famosas e de fácil acesso, como a Adolf Munkel, em Funes, Seceda, em Ortisei, Puez-Odle Altopiano, em Selva di Val Gardena, e a trilha circular de Alpe di Siusi, que pode começar em Ortisei ou Siusi, do outro lado da montanha.

Leia as dicas das cidades, lagos e passos que visitamos e das trilhas que fizemos em Montanhas Dolomitas

Alguns tipos de roteiro pela Itália têm melhor aproveitamento se você alugar um carro, como é o caso das Montanhas Dolomitas. Além das paisagens embasbacantes, de carro podemos fazer inúmeras paradas e chegar onde trens não chegam.

Quer dirigir com tranquilidade na Itália e evitar multas? Não deixe de ler os posts Dirigindo na Itália (em que regiões/roteiros vale a pena; que tipo de carro alugar; informações sobre PID, ZTL, estacionamento, limites de velocidade) e Dirigir na Itália (estradas; pedágio; combustível e como abastecer; sinalização de trânsito).

Alternativamente, você pode contratar um dentre os vários tours oferecidos na plataforma Get your Guide.

Passagem aérea promocional e avaliação do voo São Paulo-Roma pela Alitalia

O roteiro de 15 dias pela Itália precisou ser encaixado numa passagem promocional que comprei da Alitalia com 5 meses de antecedência, pela bagatela de R$1.668, para voar em junho, um achado. Todas tarifas incluídas, inclusive bagagem despachada. Ano passado também comprei em janeiro para voar em setembro para o Canadá e paguei um bom preço. Estou esperando janeiro chegar para programar o que fazer em 2020. Fica a dica: Baixe app do site Melhores Destinos e Passagens Imperdíveis e selecione os alertas por email ou whats app.

Foi a primeira vez que voei Alitalia e tinha expectativas altas, pois nada como chegar ao Estados Unidos de Delta, à Alemanha de Lufthansa, à França de Air France para ir entrando no clima. Mas o voo 675 foi o pior da minha vida! Só aprovei a comida e gostei de ouvir italiano nas mensagens da cabine.

O encosto do assento era tão duro que eu bati nele para ter uma ideia de quanto enchimento tinha – e fez barulho como quando se bate em uma madeira!!!! O espaço para pernas era aceitável, já voei em condições parecidas, mas alguma coisa deu errado quando escolhi meu assento (uso sempre o site Seat Guru) e caí num daqueles que têm uma caixa debaixo do banco dianteiro – no voo de ida e da volta! Ou seja, pouco espaço para os pés. O sistema de som do entretenimento era péssimo e desisti de assistir a qualquer coisa ou ouvir música pra diminuir o barulho da cabine enquanto eu dormia.

Mas poderia ter sido pior: meus vizinhos de assento tinham pago mais que o dobro para viajar nas mesmas condições…

Outros roteiros pela Itália

  • 10 dias – Este é o roteiro de minha primeira viagem à Itália, em grupo e com 10 dias de duração: 1 noite em Milão, 2 noites em Veneza (Mestre), com passagem em Verona e Lago di Garda, 2 noites em Florença, com passagem em Assis, Pádua, Pisa e Siena, 4 noites em Roma com um bate-volta a Capri.
  • 10 dias com Paris – Em minha segunda viagem à Itália eu praticamente repeti os destinos, pois levei meus pais para conhecer a Bota. O voo internacional chegou em Paris, onde ficamos 3 noites. Tomamos um voo low cost até Veneza, onde ficamos 2 noites. De trem fomos até Florença para mais 2 noites, e finalizamos com 3 noites em Roma.
  • 12 dias – Nesta viagem com uma amiga, privilegiamos as cidades pequenas da Toscana, como Montepulciano, Pienza, San Quirico d’Orcia, Montalcino, Cole di Val d’Elsa e San Gimignano. Se quiser, vá direto aos posts destas cidades toscanas. Depois Veneza, Verona, Trento e as Montanhas Dolomitas. Confira em Roteiro de 12 dias pelo Norte da Itália e pela Toscana

Se você estudar direitinho, vai montar um roteiro pela Itália de 15 dias com a sua cara, ou pode copiar um dos propostos aqui. E lembre-se de que blogs de viagem são gratuitos para os leitores, mas têm um custo para quem os escreve, além das horas de dedicação para mantê-lo atualizado. Por isso, se você organizar sua viagem reservando apartamentos, hotéis, carros e passeios com os nossos parceiros (banners ao lado ou abaixo), estará contribuindo com a manutenção do blog e para que mais pessoas se beneficiem das informações de qualidade e gratuitas.

20 COMENTÁRIOS

  1. Eu só fui uma vez pra Itália por enquanto e preferi focar na parte norte (pq a promo de passagem era pra Milão) hehehe nem conheci Florença ou Roma ainda, mas um dia eu chego lá – sem pressa. Quanta coisa fantástica tem na Itália não é? Em 15 dias tem uma infinidade de roteiros possíveis e gostei bastante das suas sugestões!

    • Fez bem em concentrar a viagem numa parte do país. Em geral faço isso, mas na Itália nunca consegui, me dá um apetite fora do normal rsrs

  2. Ah, que sonho a Itália! É um destino tão lindo, fiquei de boca aberta com tanta paisagem de tirar o fôlego. Achei seu roteiro de 15 dias pela Itália incrível.

  3. roteiro bem rapidao ne, facilita se pegar os trens de alta velocidade. eu gostie muito da regiao dos alpes, queria ir de novo no verão para ver bem os lagos azulzinhos!

    • O verão é maravilhoso e, ao contrário do que se pensa, as Dolomitas recebem mais turistas nessa época do que no inverno.

  4. A Itália permite tantos roteiros diferentes e cada um mais incrível que o outro. Amei o seu roteiro e fiquei com muita vontade de fazê-lo, pois é uma região que não visitei ainda. Post super salvo para o futuro!

  5. Muito legal seu roteiro. Quando fui pra Italia fiquei 20 dias e acho que preciso de mais 15 agora para completar om lugares que você visitou, principalmente o Lago de Carezza e Cortina d’Ampezzo, achei lindoooo as fotos desses lugares.

    • Os lagos das Dolomitas são lindos, mesmo, Diego. Imagino que esteja na sua lista o lago di Braies, também.

  6. Gostei bastante desse seu roteiro pela Itália. Ano passado eu fui para lá, mas acabei focando na região da Toscana e dei uma esticada para Cinque Terre. Sou louca para conhecer as Dolomitas. Está na lista para a próxima viagem.

  7. Amo posts de roteiros, acho perfeitos para começar a planejar um viagem mais longa como essa, num país tão cheio de coisas para ver e fazer como a Itália. Adorei e fiquei babando de vontade de pegar um avião pra lá!

  8. Teus roteiros, teus detalhes sobre os lugares visitados são excelentes, Márcia. Ajudam e Muuuiito!!!! Obrigada mais uma vez

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui